.

sábado, 7 de abril de 2018

LULA: "Sairei dessa mais forte"

Ao som de violão, de cima de um carro de som na porta do Sindicato dos Metalúrgicos, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva disse que o juiz Sergio Moro mentiu ao confirmar a acusação de que o tríplex era dele. Lula foi condenado pelo Tribunal Regional Federal (TRF-4) pelos crimes de corrupção e lavagem de dinheiro. Em um discurso duro, disse que está pronto para atender à determinação da Justiça.
— Eu vou atender ao mandado deles porque quero fazer a transferência de responsabilidade. Eles acham que tudo o que acontece é por minha causa, eu já fui condenado a três anos de cadeia porque um juiz de Manaus entendeu que eu não preciso de armas, mas eu tenho uma língua ferina — disse Lula, complementando: — A morte de um combatente não para a revolução.
— Vou chegar de cabeça erguida, quero chegar lá (na PF de Curitiba) e falar para o delegado: ‘estou à sua disposição’. Mas a história vai provar que quem cometeu o crime foi o delegado que acusou, o juiz que me condenou e o MP que foi leviano comigo — disse ele, para em seguida decretar que “sairá dessa ainda maior”.
— Sairei dessa maior, mais forte, mais verdadeiro e inocente. Quero provar que eles é que cometeram o crime — disse, ressaltando que sairá da prisão de “peito estufado”. 
 O Globo.

Nenhum comentário: