.

quarta-feira, 29 de junho de 2016

ECON: "Especialistas da semana"


COM AS PRÓPRIAS MÃOS: "População lincha acusado de estupro no interior da Paraíba"

Um homem de 34 anos de idade, foi acusado de tentar estuprar um adolescente de apenas 14 anos de idade. O fato ocorreu na tarde desta sexta-feira(24), no Bairro Alto das Neves, na cidade de Itaporanga, no Sertão da Paraíba.

Após a denúncia, o acusado foi agredido por populares, que ficaram revoltados com a situação. Após levar socos e chutes, algumas pessoas interviram no linchamento até a chegada da polícia.

O acusado foi preso e levado para a delegacia de polícia de Itaporanga.  Após a polícia apurar os fatos, o delegado responsável pelo caso, concluiu que não houve tentativa de estupro, mas um possível envolvimento com drogas entre os envolvidos.

O adolescente de 14 anos tem passagens pela justiça, já o acusado da suposta tentativa de estupro foi liberado. No entanto, a polícia segue apurando o caso.

BOA NOTÍCIA: "Pagamento do estado começa no próximo dia 05"

A Secretaria Estadual de Planejamento (Seplan) anunciou nesta terça-feira (28) que o pagamento dos salários de junho dos servidores do Rio Grande do Norte começa no dia próximo dia 5. O calendário completo de pagamento não foi divulgado. De acordo com a Seplan, o governo aguarda a informação referente aos recursos do Fundo de Participação dos Estados (FPE) para anunciar o calendário completo de pagamento.
As mudanças nos pagamentos dos servidores estaduais começou em dezembro de 2015. De lá pra cá, o governo anuncia as datas de pagamentos nos últimos dias do mês. Os salários de janeiros foram pagos nos dias 4 e 5 de fevereiro. Os vencimentos de fevereiro foram depositados nos dias 3 e 4 de março. E os pagamentos referentes ao mês de março foram realizados nos dias 4 e 5 de abril. Já os salários de abril foram pagos nos dias 6, 9 e 10 de maio. O pagamento de maio foi feito de 6 a 11 de junho.

ACONTECEU NO BRASIL: "Prefeito aciona justiça para convocar sessão extraordinária"

O prefeito Derivaldo Romão, da cidade de Pedras de Fogo, emitiu nota, nesta terça-feira (28), onde informa que deve recorrer à Justiça para que seja convocada uma sessão extraordinária na Câmara de Vereadores, para que possa ser votada uma suplementação orçamentária para o município.


Na nota, o prefeito informa que convocou a Procuradoria e nesta quarta-feira (29) deve protocolar o pedido de convocação extraordinária. 


Veja a nota na íntegra:


O prefeito da cidade de Pedras de Fogo, Derivaldo Romão, informa que irá recorrer na Justiça a realização de sessão extraordinária na Câmara dos vereadores do município para que seja votada a suplementação orçamentária, requerida pelo Poder Executivo, que deveria ter sido apreciada nesta terça-feira (28) e não pôde assim o ser, haja vista os vereadores que compõem a bancada de oposição esvaziaram a sessão.


O gestor esclarece que a suplementação será utilizada para o pagamento do funcionalismo público e que tal ação meramente politiqueira por parte da oposição só traz prejuízos para a população de Pedras de Fogo.


Com isso, irá protocolar nesta quarta-feira (29) pedido de convocação extraordinária dos vereadores, para que a sessão seja realizada e a suplementação devidamente votada.


Ele ainda declara que a Prefeitura Municipal vem pagando em dia o funcionalismo, além de fornecedores, assim como as parcelas do 13º salário e não há motivos para a prática realizada na sessão desta terça, onde os sete vereadores contrários à gestão esvaziaram a Casa em uma atitude completamente contrária aos interesses do povo.


"Gostaria de pedir a sensibilidade dos vereadores para que compareçam à sessão e possam votar esta suplementação que é para o povo de Pedras de Fogo. Por termos minoria na Câmara de Vereadores temos sofrido retaliação por parte da oposição, mas isso não pode nem deve acontecer, haja vista todos devemos trabalhar em prol da nossa população".


Pedras de Fogo, PB, 28 de junho de 2016


Prefeito Derivaldo Romão

Ministro do STF manda soltar Paulo Bernado

O ministro do STF (Superior Tribunal Federal) Dias Toffoli revogou nesta quarta-feira (29) a prisão do ex-ministro Paulo Bernardo, detido na última quinta-feira (23) na Operação Custo Brasil, que investiga desvios do Ministério do Planejamento.
A decisão foi uma resposta da reclamação feita pelo advogado dele, Juliano Breda, junto ao tribunal.
Na decisão, Toffoli que houve “flagrante e constrangimento ilegal, passível de correção por habeas corpus de ofício, determina-se cautelarmente a revogação da prisão preventiva”.
O juiz determina o cumprimento de medidas cautelares alternativas.
Na reclamação, a defesa pedia a nulidade da ação envolvendo Paulo Bernardo e que o caso fosse julgado no Supremo.
HISTÓRICO
Ex-ministro dos governos Lula e Dilma, Paulo Bernardo foi preso na quinta na Operação Custo Brasil, um desdobramento da Lava Jato. O petista é acusado de ter se beneficiado de propina de contratos do Ministério do Planejamento que perduraram de 2010 a 2015.


Folha Press




UTILIDADE PÚBLICA: "Marinha abre concurso para formação de oficiais"

A Marinha abriu concurso com 44 vagas disponíveis para o ingresso dos quadros complementares de oficiais em 2016. Os candidatos devem ter menos de 29 anos de idade no primeiro dia do mês de janeiro de 2017, tendo concluído o curso superior relativo à profissão que concorre. No total, 20% das vagas são reservadas para negros.
Há vagas para várias áreas do ensino superior e as inscrições devem ser feitas até o dia 29 de julho pelos siteswww.ensino.mar.mil.br e www.ingressonamarinha.mar.mil.br. A taxa é de R$ 70. Os candidatos também podem se inscrever nas organizações militares da Marinha.
O candidato aprovado e classificado na Seleção Inicial fará o Curso de Formação de Oficiais (CFO), realizado no Centro de Instrução Almirante Wandenkolk (CIAW), no Rio de Janeiro. O curso terá a duração de, aproximadamente, 36 semanas.

NO TOPO: "Natal é a quarta capital do Nordeste a cobrar mais caro pela gasolina"

Um levantamento feito pelo jornal Diário do Nordeste, da cidade de Fortaleza, apontou Natal como a quarta capital nordestina a cobrar mais caro pela gasolina. A Cidade do Sol, que nos anos de 2013, 2014 e 2015 foi segundo lugar neste ranking, agora perde para Fortaleza, Recife e Maceió. O preço médio da gasolina na capital do RN é de R$ 3, 77.