.

terça-feira, 13 de junho de 2017

ECON INFORMA: "Dr Wilker Medeiros(Pediatra) é o especialista desta quarta(14) e quinta(15)"


POLÍTICA: "Fátima Bezerra em Parelhas nesta sexta(16)"

A Senadora Fátima Bezerra visitará a cidade de Parelhas nesta sexta-feira(16).
Fátima vem prestigiar a posse de Gildete e Ailton do PT, como presidente e vice do partido a nível municipal.
A posse está marcada para as 18h no Recanto Verde. O evento contará também com a presença do ex-prefeito Francisco e lideranças políticas do Seridó.


NOTA: "Morre o aposentado que teve mais de 50 filhos com a mulher, cunhada e a sogra em Campo Grande"

Morreu no último domingo, 11, o aposentado Luiz Costa de Oliveira, de 95 anos, mais de 50 filhos, sendo que 35 só com a mulher, a cunhada e a sogra, que residia na zona rural do município de Campo Grande, região do Médio Oeste do Rio Grande do Norte.
Seu Luiz Costa, ficou conhecido após diversas reportagens terem ido ao ar em rede nacional (Globo e Record) contando sua história nos últimos 15 anos.
A reportagem de Francisco José, do Fantástico, mostrou, há 5 anos, que sultão do RN teve 17 filhos com a mulher, mais 15 com a cunhada que foi ajudar a irmã cuidar dos filhos, e mais 1 com a sogra, que foi ajudar as filhas a cuidar dos netos.
Com outras mulheres fora do casamento e de casa, Luiz Costa revela que teve de 25 a 30 filhos. Os filhos e netos fazem fila para pedir a benção.


ELEIÇÕES 2018: "Carlos Eduardo para o Governo e Robinson para o senado"

Não foi apenas para apresentar o projeto da nova Avenida Roberto Freire que ocorreu o encontro entre o governador Robinson Faria e o prefeito de Natal Carlos Eduardo Alves, outros assuntos foram conversados.
Segundo informações, o governador Robinson Faria está inclinado em disputar uma cadeira no Senado fazendo aliança com Carlos Eduardo Alves para o governo do Estado.
Uma fonte do Blog do Primo garantiu que Robinson está propondo essa solução para acomodar os dois..
Neste caso, assume o governo o vice-governador Fábio Dantas que poderá reeleger sua esposa deputada federal.
Com a desincompatibilização  de Robinson, sua esposa Julianne Faria poderá ser candidata a deputada estadual ou vice-governadora.



CADEIA: "Prisão de Aécio Neves será votada na semana que vem"

O ministro Marco Aurélio Mello, do Supremo Tribunal Federal (STF), informou nesta terça-feira (13) que levará o pedido de prisão contra o senador Aécio Neves (PSDB-MG) para julgamento na Primeira Turma da Corte na próxima terça-feira (20).
A prisão foi inicialmente negada pelo relator anterior do caso, ministro Edson Fachin, que decidiu somente afastar Aécio das atividades de senador. A Procuradoria-Geral da República entrou com um agravo contra a decisão, ao mesmo tempo em que a defesa do tucano interpôs um agravo para garantir a liberdade dele.
Ambos os pedidos serão levados à votação na Primeira Turma no mesmo dia, disse hoje o ministro Marco Aurélio, que foi sorteado o novo relator do caso de Aécio após ser acatado um pedido da defesa pela redistribuição do processo. “Serão analisados os extremos”, disse.
O ministro ressaltou que, caso provocado pela PGR, poderá pedir esclarecimento ao Senado sobre o cumprimento da decisão que determinou o afastamento de Aécio das atividades parlamentares. Para Marco Aurélio, não basta que o senador se afaste voluntariamente, mas que o cargo seja considerado vago, sendo convocado um suplente, o que ainda não foi feito.
“Fica uma cadeira vaga. O desejável não isso, é que ela esteja preenchida”, disse Marco Aurélio. “Ao que tudo indica, o episódio de dezembro está fazendo escola. Não me passa pela cabeça que o Senado não cumpra decisão judicial”, acrescentou o ministro, fazendo referência ao caso Renan Calheiros, no fim do ano passado, quando a Mesa Diretora do Senado decidiu não cumprir decisão liminar pelo afastamento do político alagoano da presidência da Casa.
Agência Brasil

UTILIDADE PÚBLICA: "Hemonorte busca doadores para reforçar o estoque de sangue durante o período junino"

O Hemonorte está convocando doadores para reforçar o estoque durante o período junino. A campanha “Neste São João esquente seu coração, doe sangue”, será lançada nesta terça-feira (13) e prossegue até o dia 30 de junho.
Todos os anos, neste período, as necessidades transfusionais aumentam devido a acidentes com fogos de artifícios e de trânsito. Além de outras situações de urgências como os pacientes hematológicos que fazem uso constante de sangue.
Atualmente o Hemonorte conta com pouco mais de 300 bolsas em estoque, número considerado crítico para atender as demandas do período. A meta é ter em estoque mil bolsas/dia.
A Campanha será realizada em todas as unidades da hemorrede estadual, Natal, Mossoró, Pau dos Ferros, Caicó e Currais Novos. O Hemocentro espera aumentar as doações espontâneas em toda rede em mais de 50%.

Critérios
Podem doar sangue pessoas saudáveis entre 16 e 69 anos de idade ( quem for menor de 18 anos precisa de autorização prévia do responsável legal), pesar acima de 50kg, repouso mínimo de 6 horas na noite anterior, evitar alimentos gordurosos antes da doação, não ingerir bebidas alcoólicas nas 12 horas anteriores e portar um documento oficial com foto.



SE A MODA PEGA: "Emissora de rádio e empresário são condenados por ofensa a prefeito"

O juiz de direito substituto, Eduardo Neri Negreiros, da Comarca de Apodi, condenou a Associação Comunitária de Comunicação Cultural de Apodi – Rádio FM Cidade 87,9 e Klinger Péricles Pinto Diniz, solidariamente, no pagamento de R$ 10 mil ao prefeito do município, José Pinheiro Bezerra, à título de danos morais, acrescidos de juros de mora e correção monetária, por terem feito divulgação de informações supostamente ofensivas à honra dele em programa de rádio.
O autor alegou que, na condição de prefeito do Município de Apodi, vem tendo sua honra atacada por acusações infundadas e inverídicas sobre sua pessoa, em decorrência de práticas difamatórias perpetradas por. Klinger Diniz em programa denominado “A Hora do Povo”, da Rádio Cidade de Apodi, apresentado por Fábio Soares.
Argumentou que os réus seriam adversários políticos que se valem da alta audiência do programa para ofender sua honra, atribuindo-lhe falsamente condutas caluniosas e difamatórias que teria ultrapassado os limites da liberdade de expressão. Em virtude disto, buscou a justiça pedindo compensação por danos morais.
Já a Associação Comunitária de Comunicação e Cultura de Apodi (Rádio FM Cidade – 87.9), alegou que o então diretor da emissora, Marcos Robério Morais de Carvalho não seria parte legítima para figurar como réu na ação, e, no mérito, ambos os réus pediram pela improcedência do pedido, vez que as informações divulgadas estariam dentro dos limites do exercício da liberdade de expressão e crítica aos gestores públicos.