.

quarta-feira, 15 de junho de 2016

ATÉ QUE ENFIM: "Conselho de Ética aprova cassação de Eduardo Cunha"

O Conselho de Ética da Câmara dos Deputados aprovou por 11 votos a 9 a cassação do presidente afastado da Casa, Eduardo Cunha (PMDB-RJ). O pedido ainda será analisado pelo plenário, em voto aberto.
Considerada voto decisivo, a deputada Tia Eron (PRB-BA) votou pela cassação. O deputado Wladimir Costa (SD-PA) surpreendeu e também votou por cassar Cunha.
O processo segue agora para a Comissão de Constituição e Justiça (CCJ), onde há prazo de cinco dias para recursos. Se não houver impedimentos, o texto segue para o plenário, onde precisa de 257 votos, em votação aberta, para dar fim definitivo ao mandato do peemedebista.
Réu por corrupção e lavagem de dinheiro no âmbito da Lava Jato, Cunha é acusado de mentir à CPI da Petrobras ao negar ter contas no exterior. As contas foram comprovadas pelas investigações do Ministério Público e da Polícia Federal.

CRISE NAS PREFEITURAS: "Com dificuldades para pagar salário de junho, prefeituras da PB não pagarão parcela do 13º"

Se não bastasse o pagamento da primeira parcela do 13º salário, que poucas prefeituras conseguirão efetuar, a queda no repasse do FPM também deverá prejudicar o pagamento da folha do mês.

As prefeituras paraibanas terão dificuldades para fechar as contas neste mês de junho. Se não bastasse o pagamento da primeira parcela do 13º salário, que poucas prefeituras conseguirão efetuar, a queda no repasse do Fundo de Participação dos Municípios (FPM) também deverá prejudicar o pagamento da folha do mês. De acordo com o secretário Executivo da Federação das Associações de Municípios da Paraíba (Famup), Anderson Pereira Urtiga, 20 municípios já viram o primeiro repasse deste mês de FPM zerado e a queda neste mês será de 24%.

Segundo Anderson Pereira, como o pagamento do 13º salário em duas parcelas, no meio e no final do ano, não é uma obrigação, a maioria das prefeituras paraibanas não efetuará agora o pagamento da primeira parcela em virtude das quedas no repasse que representa a principal fonte que as prefeituras utilizam para pagar a folha de pessoal.

“Começamos a fazer uma pesquisa para saber quantas prefeituras conseguiriam pagar a primeira parcela do 13º salário, mas percebemos que com a queda dos índices de FPM, que este mês chega a 24%, raramente alguém vai pagar. Apenas as grandes prefeituras que já são mais organizadas e tem receitas próprias, como João Pessoa e Campina Grande, por exemplo, terão condições de fazer este pagamento. Com 24% a menos não tem condição”, disse.

O secretário Executivo da Famup explicou que na última sexta-feira (10) quando foi depositada a primeira parcela do FPM referente a este mês, para 20 prefeituras não houve nenhum valor a mais nas contas. Isso aconteceu devido aos descontos das obrigações sociais, entre elas a retenção constitucional do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (Fundeb). “Neste mês 20 municípios deixaram de receber o FPM na primeira cota. Porque como a receita deles já é baixa, foram debitadas na conta as obrigações sociais por lei, para saúde educação, aí ficou zero e o que falta de ser debitado, o Governo Federal ainda tira na segunda parcela”, afirmou.

Anderson Pereira disse ainda que a queda no FPM deste mês impactará no pagamento da folha de junho e no pagamento dos fornecedores. “Os prefeitos dão prioridade ao pagamento dos salários, começando com os aposentados, pensionistas, pessoal da educação, saúde. Mas em um mês que cai 24%, fica muito difícil. Ficam ser receber os fornecedores e algumas categorias”, destacou.

PLANTÃO POLICIAL: "Polícia prende homem acusado de estuprar criança que ia para a escola"

Segundo a polícia, suspeito ameaçou vítima de 10 anos com um facão.

Um homem de 60 anos foi preso nesta terça-feira (14), na cidade Monteiro, no Cariri paraibano, suspeito de estuprar uma criança de 10 anos. O abuso teria ocorrido no último dia 6 de junho, quando a vítima estava indo para a escola e teria sido obrigada a entrar na casa do suspeito. Segundo a investigação da Polícia Civil, o estupro foi confirmado por meio de exames médicos.

O homem foi preso no início da tarde, na casa dele, que fica por trás da escola onde a vítima estuda. De acordo com o delegado Paulo Rabelo, a prisão ocorreu por força de mandado de prisão preventiva expedido pela justiça.


Em depoimento, o suspeito negou o crime, depois da prisão. Na casa do homem, a Polícia Civil também apreendeu um facão que, segundo relato da vítima, foi usado para ameaçar ela no dia do estupro.

“A menina contou que estava indo para escola com algumas amigas e ao passar na frente da casa do suspeito ele agarrou ela e obrigou a entrar na residência. O suspeito estaria armado com um facão e ameaçou as amigas da vítima de morte, mandando elas irem embora”, contou o delegado.

O crime foi descoberto depois que a criança contou o que aconteceu a uma tia, que procurou o Conselho Tutelar da cidade e acionou a Polícia Civil. Na casa do suspeito, os policiais apreenderam ainda filmes eróticos. O homem de 60 anos foi encaminhado na tarde de terça-feira para a cadeia pública de Monteiro.

MALDADE: "Vira-lata sobrevive após sofrer golpe de facão na cabeça"

A Polícia Civil de Estância Velha, na região do Vale dos Sinos, no Rio Grande do Sul, investiga quem atingiu um cão com um golpe de facão.

Guri, de 1 ano e meio, como é conhecido o pequeno vira-lata, foi encontrado na tarde da última sexta-feira (10) por guardas municipais em uma praça da cidade. Ele tinha um facão cravado na cabeça.

Os agentes municipais tentaram resgatar o cão, que acabou fugindo do local e se escondendo em uma residência nas proximidades da praça. Os guardas municipais conversaram, então, com a dona do cachorro, que o levou imediatamente ao veterinário. Guri foi anestesiado e o facão, retirado de sua cabeça.


Nesta terça-feira (14), o animal deve passar por um procedimento cirúrgico no olho. Seu estado de saúde é estável e inspira cuidados.

Ainda não há suspeito de quem possa ter agredido o animal. Segundo a Polícia Civil, ferir ou mutilar animais domésticos ou domesticados, nativos ou exóticos é crime, conforme lei federal, e o agressor pode cumprir pena de três meses a um ano de detenção, além de multa.

Preços do feijão dispara após clima afetar safra

De acordo com o IBGE, que mede a variação nas capitais, o preço do feijão subiu 33,49% no ano até maio e 41,62% em 12 meses; importação da China não chegaria a tempo de conter a alta.

Pressionados por problemas climáticos, os preços do prato típico do brasileiro, o feijão com arroz, dispararam neste ano. Isso dificulta a vida do consumidor, especialmente o de baixa renda, que, acuado pela recessão e pelo desemprego, cortou a compra de itens supérfluos no supermercado.

Só o feijão subiu 28%, em média, até maio, segundo pesquisa de auditoria de varejo da GfK, que coleta preços em pequenos e médios supermercados instalados em 21 regiões do país, entre capitais e cidades do interior. O mesmo levantamento aponta que o arroz ficou 5% mais caro no período. De acordo com o IBGE, que mede a variação nas capitais, o preço do feijão subiu 33,49% no ano até maio e 41,62% em 12 meses.

Mas já existe uma alta de preço do arroz no varejo encomendada. É que a cotação do saco de 50k do arroz tipo 1, em casca, atingiu R$ 44,52 na sexta, dia 10, o maior valor registrado no Rio Grande do Sul em quase 20 anos, segundo o Instituto Rio Grandense do Arroz (Irga). E parte do repasse acaba sendo inevitável, principalmente, porque ser um alimento básico.

CUNHA E DILMA SEGUEM O MESMO CAMINHO

Quando percebeu que seria implodido pelos desdobramentos da Operação Lava Jato, Eduardo Cunha buscou uma aliança com Dilma Rousseff. Conversaram. Chegaram a um pré-entendimento. Ela lhe forneceria os três votos do PT no Conselho de Ética. E ele manteria na gaveta o pedido de impeachment. Súbito, o PT decidiu roer a corda. E Cunha avisou aos aliados que explodiria o governo. Imaginava-se portador de um destino. Acabou virando uma fatalidade.
Suprema ironia: Cunha percorre o mesmo caminho que havia traçado para Dilma. Com os seus empurrões, ela foi afastada da Presidência da República. Mas o STF também o expurgou da presidência da Câmara. Ela está exilada no Alvorada. Ele, desfruta das mordomias da residência oficial. Ela foi traída por aliados. Ele, que esperava prevalecer no Conselho de Ética por 11 votos a 9, foi derrotado pelo mesmo placar graças a duas defecções: Tia Eron (PRB-BA) e, surpresa (!), espanto (!!), estupefação (!!!), até Wladimir Costa (Solidariedade-PA).
Dilma será julgada pelo plenário do Senado. Cunha, pelo plenário da Câmara. Ambos devem ser enviados para casa mais cedo. O nome do jogo mudou. Chama-se agora Opinião Pública. É mais um feito da Lava Jato: a Opinião Pública passou a ter alguma importância no Brasil. Mas convém adiar o estouro dos fogos. Vem aí a disputa pela cadeira de Cunha.
Antes mesmo da palavra final do plenário, os aliados de Cunha, já meio cansados de tanta lealdade, se equipam para eleger um substituto. Essa tribo é conhecida. É gente que não adiaria ou cancelaria nenhuma nova mumunha, nenhum novo conluio em nome do prestígio tardio da Opinião Pública. Vêm aí fortes emoções. Convém retirar as crianças da sala.
Josias de Souza




 

Leilão da PF tem BMW a partir de R$ 7.000

A Polícia Federal vai leiloar uma frota com 83 veículos nesta quarta-feira (23). Será o 1º leilão de carros que eram usados para trabalhos na instituição. O valor mínimo para levar um exemplar para casa é de R$ 600, preço de uma sucata. Mas há à disposição dos motoristas brasileiros carrões como BMW, Mercedes-Benz, Ômega, além de carros populares
São veículos de pequeno e grande porte, com valores mínimos de arremate a partir de R$ 600. Se tiver interesse, o leilão ocorre nesta manhã em Brasília, na superintendência da Polícia Federal. O endereço é: Setor Policial Sul, Quadra 7, Lote 9.