.

terça-feira, 7 de abril de 2015

PARELHAS: "Com o fim das coligações proporcionais como fica o quadro político?"

O Congresso Nacional está aprovando este ano várias reformas políticas que irão  mudar as regras nas eleições.
O fim das coligações proporcionais, vai causar alguns desconfortos aqui no município de Parelhas, uma vez que sem os chamados "puxadores de votos" alguns nomes ficarão no meio do caminho, ao menos que estourem de votos na próxima eleição o que eu acho muito difícil.
Para a oposição  a situação não deve ser fácil, haja visto que no decorrer das campanhas, o grupo tem se fracionado entre vários partidos e os nomes fortes estão em partidos diferentes.
Já para o PMDB a situação é confortável, uma vez que o partido não tem, aparentemente nenhuma fração.
E o PT? 
Analiso como boa a situação do partido, o PT sempre teve a coragem de enfrentar as campanhas sozinho, exceto as de 2008 e 2012, e não será nenhuma novidade para a militância, que marchará unida em prol do partido e da sociedade parelhense, tendo ao seu favor uma gestão que é referência a nível de Brasil, que é a gestão do bem avaliado prefeito Francisco do PT.
Aguardemos então o desenrolar dos fatos, pois política é como nuvens no céu, mudam a todo momento!


Sesap divulga novos números da dengue no RN

A Secretaria de Estado da Saúde Pública (Sesap), por meio do Programa Estadual de Controle da Dengue, divulgou nesta segunda-feira (6) os novos números da doença no Rio Grande do Norte. As informações são referentes à semana epidemiológica nº 13, com dados coletados até o dia 04 de abril. Ao todo, foram notificados 8.361 casos suspeitos de dengue no estado, o que representa um aumento de 217,06% em comparação ao mesmo período do ano passado. Do total de notificações, 857 casos foram confirmados.
Os cinco municípios que mais notificaram foram Natal (2.094), Currais Novos (529), Parnamirim (457), Parelhas (431) e Mossoró (260). Quanto à incidência em dengue, 38 municípios apresentaram alta, 29 estão com média, 65 estão com baixa e 35 apresentaram incidência silenciosa.
A coordenadora do Programa Estadual de Controle da Dengue, Sílvia Dinara Alves, ressalta a importância dos municípios notificarem os casos suspeitos da doença, para colaborar com o planejamento das ações de combate ao agravo. Segundo ela, a principal arma contra a doença é a prevenção, responsabilidade de todos.

PARELHAS: "Câmara Municipal realiza amanhã audiência com a CAERN"

A Câmara Municipal de Parelhas, realizará amanhã dia (08),  á partir das 09:00hs, uma importante audiência com a CAERN.
Em pauta as obras do Saneamento Básico e o esgotamento sanitário do município e assuntos do interesse da população parelhense.