.

quarta-feira, 18 de outubro de 2017

INUSITADO: "Vereador de Currais Novos inaugura Praça feita pelo prefeito, convida o mesmo e dá dois nomes a obra"


Um fato inusitado aconteceu na cidade de Currais Novos.

O vereador Wilton da Pax(PSDB), inaugurou uma Praça construída pelo prefeito Odon Jr. e ainda por cima enviou convite ao mesmo.

Segundo contam na Terra da Chelita, Wilton foi o autor da preposição que pediu a construção da Praça e que, talvez por isso, se achou no direito de inaugura-la e ainda por cima nomear a obra com dois nomes, isso mesmo, DOIS NOMES, sendo que um dos nomes, não foi nem aprovado pela Câmara Municipal.

O fato vem sendo muito comentado na cidade, uma vez que inaugurar obras é prerrogativa do executivo e não do legislativo, assim como  dá nome a prédios, ruas e obras públicas é do Legislativo, e isso com a aprovação da maioria dos edis.

EM TEMPO:  Wilton da Pax é vereador pelo PSDB e faz oposição ferrenha ao prefeito Odon Jr.

Cada uma que acontece...


SUCESSO TOTAL: "1º lote de abadás do Bode Elétrico 2018 está quase se esgotando"


COM O TEMA: "Carregando o Progresso" vem aí a 6ª edição da FENEPAR

A FENEPAR – Feira de Negócios de Parelhas chega a sua 6ª edição abordando o tema “Carregando o Progresso”. O evento, que é organizado pela ACAMPAR – Associação dos Caminhoneiros Parelhenses será realizada  entre os dias 14 e 16 de novembro, abrindo as festividades da 37ª Festa dos Caminhoneiros de Parelhas, que acontece de 17 a 19 de novembro.
Em suas edições anteriores, a FENEPAR superou todas as expectativas de públicos, de resultados e de prospecção de negócios. “As empresas expositoras que realizaram um trabalho interativo e impactante obtiveram um retorno significativo em seus investimentos”, afirmou Rejane Assis, coordenadora do evento.
A coordenação do evento aguarda a visita de mais de 30 mil visitantes, que terão a oportunidade de conhecer lançamentos e tendências dos segmentos que estão expostos, entre os quais: transporte de cargas, mineração, cerâmica, turismo, moda e varejo competitivo.
Para este ano, a FENEPAR seguirá uma tendência de mercado chamada de “coworking”, onde empresas compartilham recursos e interesses semelhantes, como a mesma estrutura e o mesmo público, mas atuam em segmentos diferentes.
Nesta empreitada, formam-se as Ilhas Temáticas, sendo elas: Ilha do Caminhoneiro, do Varejo, do Turismo, da Mineração e Cerâmica, da Moda e Eventos, dentre outras que possam surgir de acordo com a procura de novos segmentos. Os interessados em estandes podem entrar em contato com o Clube Acampar pelo telefone: (84) 99905-7700.
Robson Pires



ATUAÇÃO: "Nelter apela para que Governo isente ICMS de cerâmicas do RN"

Em pronunciamento durante a sessão plenária desta quarta-feira (18), o deputado Nelter Queiroz (PMDB) defendeu que o Governo Estadual socorra o setor ceramista, que passa por crise, e promova isenção de ICMS. O parlamentar chegou a afirmar que somente votará projetos oriundos do Executivo com essa condição.
“Estive pessoalmente visitando alguns municípios e a situação é de extrema dificuldade. Em Parelhas, mais de 20 cerâmicas fecharam suas portas, agravando a situação que já está difícil por conta da seca. São muitos pais de famílias desempregados”, alertou o parlamentar.
Nelter Queiroz disse que irá se reunir com o governador Robinson Faria (PSD) para relatar os problemas por que passa o setor. “Vou procurar o governador e exigir dele urgência num projeto para dispensar por pelo menos um ano o ICMS dos ceramistas. O governador precisa ter esse gesto de forma imediata”, afirmou.

RICARDO COUTINHO: “Paraíba está fazendo inveja a muita gente”

O presidente nacional do PSB, Carlos Siqueira, revelou em entrevista que quer o governador Ricardo Coutinho à disposição do partido para se colocar como candidato ao Senado ou até mesmo à Presidência da República, nas eleições 2018.
Por sua vez, o governador disse que o foco dele é “ver o estado no caminho que conseguiu se situar”.
– Não podemos perder o foco. Eu não preciso de um mandato, de um cargo para poder pensar, fazer e sentir política. Hoje, graças a Deus, a Paraíba está, no melhor sentido, fazendo uma boa inveja a muita gente, inclusive mais rica que a Paraíba – respondeu Ricardo.
Blog do Primo

MAIS UMA MALDADE DO ROGÉRIO: "Agora ele propõe aumentar os planos de saúde dos idosos que hoje é proibido"

BRASÍLIA – O projeto que pretende alterar a lei que rege os planos de saúde quer modificar a forma como os reajustes são aplicados aos consumidores. O relatório foi lido agora na Câmara dos Deputados e deve ser votado dia 8 de novembro.
O parecer apresentado nesta quarta-feira pelo relator, Rogério Marinho (PSDB/RN), altera o mecanismo como o aumento é aplicado às mensalidades de idosos. Hoje, a lei proíbe que qualquer reajuste por idade seja dado após os 60 anos. O relatório muda essa dinâmica.
Como tramita em regime de urgência, o relatório poderia ir direto ao plenário. Ao GLOBO, no entanto, Marinho afirmou que faz questão de que o parecer seja discutido e votação antes na comissão. O presidente da comissão, deputado Iran Gonçalves, marcou a votação para o dia 8 de novembro. A urgência também impede que sejam apresentadas vistas ao texto. Ou seja, possíveis mudanças terão que ser negociadas com Marinho para serem incluídas por ele ao texto.
Na legislação atual, o aumento é proibido levando em consideração uma compensação de quando o usuário do plano se saúde é jovem e não utilizou os serviços médicos e tratamentos.
Blog do Primo

COMO MANDA O FIGURINO: "Por 39 votos a 26, CCJ livra cara de Temer mais uma vez"

A Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Câmara aprovou nesta quarta-feira 18 o relatório do deputado Bonifácio de Andrada (PSDB-MG) e rejeitou a segunda denúncia contra o presidente da República, Michel Temer (PMDB-SP), que desta vez incluía também os ministros Eliseu Padilha (Casa Civil) e Moreira Franco (Secretaria-Geral). Foram 39 votos a favor do relatório – e contra o prosseguimento da denúncia – e 26 contra, com uma abstenção.
O resultado é uma sinalização de como os deputados estão encarando a questão. A palavra final sobre o prosseguimento ou não da denúncia caberá ao plenário da Câmara. Lá, a ação aberta pela Procuradoria-Geral da República ainda sob o comando de Rodrigo Janot precisaria de ao menos 342 votos, o que corresponde a dois terços dos 513 deputados, quórum exigido pela Constituição para que denúncias contra um presidente da República sejam encaminhadas ao Supremo Tribunal Federal (STF).
A previsão do presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), é de que a votação da denúncia se encerre até o fim de outubro. Se for aprovada e aceita pelo STF, Temer é afastado da Presidência por até 180 dias. Ninguém considera este cenário possível, no entanto.

VÍDEO QUE CIRCULA NOS GRUPOS DE WHATSAPP: "Matuto revoltado com Agripino e Garibalde"