.

quinta-feira, 3 de agosto de 2017

MANDATO POPULAR INFORMA: "IFRN anuncia período de inscrições para Concursos"

Se você tem nível fundamental, médio ou superior e deseja participar destes Concursos, inscreva-se entre os dias 14 de agosto de 2017 a 04 de setembro de 2017, no site da COMPERVE: www.comperve.ufrn.br.

Serão realizadas Provas Escritas e Práticas, ambas de caráter eliminatório e classificatório. Estas etapas devem ocorrer nos municípios da região metropolitana de Natal - RN e com validade de dois anos, estes Concursos podem ser prorrogados por igual período. Acesse os editais em nosso site e obtenha mais informações.

Serão contratados profissionais para as funções de Auxiliar em Administração (9), Auxiliar em Assuntos Educacionais (5), Técnico em Higiene Dental (1), Administrador (2), Médico/área: Clínico Geral (3), Médico-veterinário (1), e Revisor de Texto (1),Tradutor e intérprete de linguagem e sinais (5), Técnico de laboratório nas áreas: Audiovisual (1), Biologia (1), Ciências (1), e Eletroeletrônica (1).

A atuação dos novos servidores deve ocorrer em jornadas de 20h ou 40h semanais, com salários que variam de R$ 1.945,07 a R$ 4.180,66

Vereador Frank Professor
      Sempre Presente


VERGONHA: "Câmara arquiva denuncia de corrupção contra Temer"

A Câmara dos Deputados rejeitou há pouco a denúncia contra o presidente Michel Temer. O voto de número 172 foi da deputada Rosângela Gomes (PRB-RJ). Mas antes do voto da parlamentar, o governo já tinha conseguido matematicamente barrar a denúncia, considerando a soma dos votos a favor do parecer da Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) contrário à admissibilidade da denúncia, ausências (13) e abstenções (1).
Isso porque eram necessários o mínimo de 342 votos contra o parecer do deputado Paulo Abi-Ackel (PSDB-MG) e, com isso, autorizar o Supremo Tribunal Federal (STF) a investigar o presidente. A vitória do governo foi conquistada durante a votação da bancada do Rio de Janeiro.
Com o resultado, a Câmara não aprova a admissibilidade para que o Supremo Tribunal Federal (STF) investigue Temer.

Janot pede ao STF inclusão de Temer em inquérito do ‘quadrilhão’ do PMDB

O procurador-geral da República, Rodrigo Janot, pediu ao Supremo Tribunal Federal (STF) que o presidente Michel Temer e os ministros Eliseu Padilha (Casa Civil) e Moreira Franco (Secretaria-Geral da Presidência) sejam incluídos no rol de investigados de um inquérito já instaurado contra membros do PMDB na Câmara dos Deputados no âmbito da Operação Lava Jato. Janot afirma que a organização criminosa investigada a partir da delação da JBS é apenas um “desdobramento” da que já era investigada no inquérito que engloba 15 parlamentares, ex-parlamentares e assessores do PMDB.
A reportagem procurou as assessorias da Presidência da República, de Padilha e Moreira Franco para se manifestarem sobre o pedido de Janot e ainda aguarda resposta.
No caso de Temer, que já era alvo de inquérito no STF sob a suspeita de participação em organização criminosa, Janot esclareceu que “não se trata de uma nova investigação contra o presidente da República, mas de uma readequação daquela já autorizada no que concerne ao crime de organização criminosa”. De acordo com o que foi pedido pela PGR, a outra linha de investigação que existe contra o presidente, pelo suposto crime de obstrução à investigação de organização criminosa, seguirá tramitando em um outro inquérito, separadamente. As informações são de O Estado de São Paulo.