.

sexta-feira, 21 de outubro de 2016

PARELHAS: "Eleição da Mesa Diretora da Câmara ainda é uma incógnita"

A eleição para Mesa Diretora da Câmara Municipal de Parelhas, só deve acontecer no dia 1º de janeiro de 2017, junto com a posse do prefeito eleito, sua vice e os vereadores.
Mas até lá, muita coisa já está acontecendo nos bastidores políticos parelhenses. O certo é que, segundo informações chegadas ao Blog, quem irá comandar o Poder Legislativo no primeiro biênio é o vereador Humberto Gondim, pelo menos é o que ficou combinado. Já no segundo biênio, a Casa deverá ficar sob os cuidados da filha de Formiga Preta, a vereadora reeleita Romisélia Araújo.
Mas...Há quem aposte, em uma grande surpresa. Pessoas ligadas ao grupo de situação, garantem que a carruagem mudou o rumo e que possivelmente, nenhum desses dois nomes serão eleitos em 1º de janeiro.
O fato é que, a oposição fez seis vereadores, enquanto que a situação fez apenas cinco, e não precisa ser muito inteligente, para saber que cinco, jamais ganhará de seis.
Mas,(de novo o mas), como diria a Banda Metrô, "No balanço das horas, tudo pode mudar... Eu acho que ele não vem, ou será que virá? Será?"

CURRAIS NOVOS: "Polícia Militar frustra assalto a comércio e prende quatro pessoas na tarde desta sexta"

Policiais da 3ª Companhia Independente de Polícia Militar (3ª CIPM) prenderam na tarde desta sexta-feira (21) Savio de Araujo Silva, de 19 anos, Flaviano da Silva, de 19 anos, Leonardo Basilo Lourenço, de 20 anos e Samuel Bezerra Alves, de 20 anos, após uma tentativa frustrada de assalto a um estabelecimento comercial na cidade de Currais Novos. O grupo que é suspeito de agir na região estava em um veículo modelo Celta, de cor preta, com placas de Mossoró.
Durante a ação, os infratores reagiram atirando nos policiais que responderam a injusta agressão e alvejaram os quatro. Com eles foram apreendidos três revólveres e duas pistolas de pressão.
O caso será registrado na Delegacia de Caicó que ficará responsável de investigar a participação da quadrilha em outros delitos.




NÃO TEM JEITO: "Lula lidera em todos cenários de 1º turno para 2018"

A 132ª Pesquisa CNT/MDA, divulgada nesta quarta-feira pela Confederação Nacional do Transporte (CNT), mostra a liderança do ex-presidente da República Luiz Inácio Lula da Silva (PT) na intenção de voto para eleição presidencial de 2018, tanto na intenção espontânea quanto na intenção de voto estimulada nos cenários para o primeiro turno.
Na intenção de voto espontânea, Lula é favorito para 11,4% dos entrevistados, seguido por Jair Bolsonaro (PSC), com 3,3%, e Aécio Neves (PSDB), com 3,1%. O atual presidente da República, Michel Temer (PMDB), aparece em quarto lugar, com 3% das intenções espontâneas de voto; e Marina Silva (Rede), em quinto, com 2,4%.
No cenário 1, em que a pesquisa apresentou aos entrevistados como candidatos Lula, Aécio, Marina Silva, Ciro Gomes (PDT), Jair Bolsonaro e Temer, Lula aparece em primeiro, com 24,8% das intenções de voto, seguido por Aécio Neves, com 15,7% e Marina Silva, com 13,3%.
Em um cenário 2, com Lula, Marina, Geraldo Alckmin (PSDB), Ciro Gomes, Jair Bolsonaro e Temer, novamente Lula aparece em primeiro com 25,3% das intenções de voto, seguido por Marina, com 14% e Alckmin, com 13,4%.
No terceiro cenário, que teria como candidatos Lula, Aécio, Marina e Bolsonaro, o petista, mais uma vez, ficou na liderança. O ex-presidente da República teria 27,6%, seguido por Aécio, com 18,9%, Marina com 16,5% e Bolsonaro com 7,9%.
Para 80,3% dos entrevistados, não faz diferença se o presidente da República é homem ou mulher. Já 13% preferem um presidente homem e 5,7%, uma mulher. A pesquisa CNT/MDA foi realizada de 13 a 16 de outubro. Foram ouvidas 2.002 pessoas, em 137 municípios de 25 Unidades Federativas, das cinco regiões. A margem de erro é de 2,2 pontos percentuais com 95% de nível de confiança.

ECON INFORMA: "Dr. Gerson(Cardiologista) é o especialista deste sábado(22)


SANTANA DO SERIDÓ: "Confira a programação da festa de Sant` Ana para hoje 21"

A festa de Nossa Senhora Sant`Ana Padroeira da simpática Santana do Seridó, teve início ontem(20), com procissão saindo da Praça Bernado Argemiro, até a Matriz, onde acontece uma missa em ação de graças, por ocasião do início da festa, celebrada pelo Pároco Everaldo Araújo de Lucena.

Hoje(21) prossegue a programação religiosa: 


19h – 1ª Novena – Noite do Apostolado da Oração; Terço dos Homens, Terço da Libertação; Movimentos das Capelinhas e Clube das Mães.

Tema: Jesus Cristo: o rosto misericordioso do Pai (Lc 10, 25 – 37)

Pregador: Pe. Emanuel Medeiros de Araújo – Pároco da Paróquia de Nossa Senhora da Conceição – Jardim do Seridó-RN

Responsáveis: Coordenadores do Departamento de Associações e Movimentos (DAM) e Associação Filantrópica.

VENHAM CELEBRAR CONOSCO ESSE MOMENTO DE FÉ!!

CONGRESSO EM SUSPENSE: "Delação de Cunha pode entregar cerca de 100 deputados"

A tensão tomou conta de Brasília, mais especificamente da Câmara dos Deputados, desde que Eduardo Cunha foi preso, no início da tarde desta quarta-feira (19). O que se comenta nos bastidores da Casa é de que na hipótese de delação, Cunha prejudica mais de uma centena de parlamentares.
“Ele é um arquivo vivo”, afirmou o líder do PR, Aelton de Freitas (MG). Segundo o jornal O Globo, o deputado cassado esteve em cargos de poder que lhe permitiram influenciar em escolhas de relatores de projetos e medidas provisórias estratégicas, além de CPIs.
Aliados e adversários dizem que ele tem na memória e em anotações, informações sobre negociações feitas para a aprovação de propostas na Casa. Além disso, participou ativamente da articulação para a abertura do processo de impeachment.

CEARÁ DE LUTO: "Morre aos 51 anos o apresentador Ênio Carlos, astro da TV cearense"

Morreu, na quinta-feira (20), o apresentador e radialista Ênio Carlos, de 51 anos. Um dos nomes mais queridos da TV cearense, Ênio enfrentava um tumor no cérebro. Quem confirmou a informação foi a TV Diário, que confirmou a morte do profissional em seu Twitter oficial.
A repercussão foi tamanha que a hasthag com o nome de Ênio ficou entre os dez assuntos mais comentados no Brasil via Twitter. Ele, que trabalhava há 18 anos na TV Diário e comandava o Programa Ênio Carlos, estava afastado desde fevereiro por conta da doença. O programa, um hit da telinha, contava com o quadro Glitter – Em Busca de um Sonho, um reality que trazia drag queens.

UTILIDADE PÚBLICA: "A Clínica do Rim funcionará em novo endereço, com as novas instalações em Caicó."

A equipe de médicos nefrologistas, que são proprietários da Clínica do Rim, que fazem hemodiálise em Caicó, cujas dependências funcionam no Hospital Regional estarão inaugurando brevemente suas novas instalações na margem da BR 427 no sentido Caicó – Itans, próximo à AABB, mas sendo do lado oposto da BR.
A equipe fez um grande investimento para melhorar o funcionamento da instituição, proporcionando mais segurança, conforto e modernidade aos pacientes acometidos por doenças renais, em Caicó e região que necessitam e utilizam os serviços da Clínica do Rim.

COLUNA DO BARBOSA: "Acunharam Cunha. E as varandas gourmets vão bater panela, será?"

O termo acunhar é um termo muito usado, sobretudo, no Nordeste para dizer que uma pessoa meteu com força o membro masculino na mulher. Me desculpem os leitores, mas o ex-presidente da Câmara Eduardo Cunha (PMDB-RJ) foi literalmente acunhado pelo juiz "todo poderoso" Sérgio Moro, da Lava Jato. Antes tarde do que nunca.
Pesa contra Cunha requerimentos no TCU e à Câmara sobre a empresa Mitsui para forçar o lobista Julio Camargo a pagar propina; requerimentos contra o grupo Schahin, cujos acionistas se tratavam de inimigos pessoais do ex-deputado e do seu operador, Lucio Bolonha Funaro; convocação pela CPI da Petrobras da advogada Beatriz Catta Preta, que atuou como defensora do lobista Julio Camargo, responsável pelo depoimento que acusou Cunha de ter recebido propina da Petrobras; contratação da KROLL pela CPI da Petrobras para tentar tirar a credibilidade de colaboradores da Operação Lava Jato; pedido de quebra de sigilo de parentes de Alberto Youssef, o primeiro colaborador a delatar Eduardo Cunha; apresentação de projeto de lei que prevê que colaboradores não podem corrigir seus depoimentos, como fez o lobista Julio Camargo, ao delatar Eduardo Cunha (refere-se ao projeto de lei de autoria do deputado Heráclito Fortes (PSB-PI), um dos membros da tropa de choque que o ex-deputado federal Eduardo Cunha liderava).
Além destes fatos, a demissão do servidor de informática da Câmara que forneceu provas que evidenciaram que os requerimentos para pressionar a empresa Mitsui foram elaborados por Cunha, e não pela então deputada “laranja” Solange Almeida; a suspeita do recebimento de vantagem indevida por emendas para bancos e empreiteiras; manobras junto a aliados no Conselho de Ética para enterrar o processo que pedia a cassação do deputado; ameaças relatadas pelo ex-relator do Conselho de Ética, Fausto Pinato (PRB-SP); relato de oferta de propina a Pinatto, ex-relator do processo de Cunha no Conselho de Ética, além da conta mantida na Suíça confirmada pelo Ministério Público daquele país.
Um dos tópicos do pedido de prisão fala sobre um empréstimo que, segundo o MPF, teria sido fraudado entre Claudia Cruz, esposa de Eduardo Cunha, e Francisco Oliveira da Silva, presidente da Igreja Evangélica Cristo.
De acordo com os procuradores, Claudia Cruz declarou empréstimo de R$ 250 mil em 2008. Entretanto, a partir de quebra de sigilo bancários de ambos, não foram identificados relacionamento financeiro.
Portanto, motivos não faltam para que as varandas gourmets do bairro do Morumbi em São Paulo batam panelas hoje. A não ser que acreditem ser injusta a prisão de Eduardo Cunha.
A conferir!

FORA "Cunha é excluído de grupo do PMDB no WhatsApp"

Logo após a notícia de sua prisão, na tarde da quarta-feira, o ex-deputado Eduardo Cunha (PMDB-RJ) foi excluído do grupo de WhatsApp formado pela bancada do PMDB na Câmara. Apesar de ter tido o mandato cassado há mais de um mês, o peemedebista ainda era membro do grupo no aplicativo.
Segundo relatos de parlamentares do PMDB, o deputado Hildo Rocha (PMDB-MA), administrador do grupo, excluiu Cunha às 13h35, cerca de meia hora depois da prisão e após saber que a PF havia apreendido o celular do ex-deputado. 

Com a exclusão, os investigadores não terão mais acesso às novas conversas da bancada, embora possam ver debates anteriores, de quando Cunha ainda era membro do grupo.

Correligionários do ex-deputado também evitaram comentar a prisão no grupo da bancada no WhatsApp. De acordo com relatos de parlamentares peemedebistas, o assunto foi pouco falado nas conversas do grupo. Os deputados do partido optaram por comentar o tema em conversas reservadas no aplicativo ou em ligações telefônicas.

Eduardo Cunha foi preso preventivamente por volta das 13 horas dessa quarta-feira, no apartamento funcional da Câmara em que morava em Brasília. A ordem de prisão foi dada pelo juiz federal Sérgio Moro, que conduz as investigações da Operação Lava Jato na primeira instância. De Brasília, foi levado para Curitiba, onde Moro atua.

RN: "Lewandovski encaminha inquérito de Henrique e Cunha para Justiça Federal"

O ministro do Supremo Tribunal Federal, Ricardo Lewandowski, determinou o envio para a Justiça Federal do Rio Grande do Norte de inquérito aberto contra o deputado cassado Eduardo Cunha (PMDB-RJ), o ex-deputado Henrique Eduardo Alves (PMDB) e o empreiteiro José Aldemário Pinheiro, o Léo Pinheiro, da OAS.
Todos os documentos que apontam suposta propina disfarçada em doação de campanha eleitoral foram remetidos hoje (20) ao juízo federal no RN.
Segundo a Procuradoria Geral da República, conversas interceptadas no celular de Léo Pinheiro mostraram uma conversa em que Eduardo Cunha e o empresário da OAS falavam sobre votações de interesse da empreiteira. 
Na sequência, o deputado cassado cobra doações oficiais da OAS para campanha eleitoral de Henrique Eduardo Alves ao governo do Rio Grande do Norte, em 2014.
As informações foram enviadas para o Rio Grande do Norte em razão da cassação de Eduardo Cunha, que, com isso, perdeu o foro privilegiado, e porque as suspeitas apontadas na apuração ocorreram no RN.
O material encaminhado ao Rio Grande do Norte não diz respeito aos desvios de recursos da Petrobras, investigados em Curitiba. Portanto, está fora da Lava Jato.
Como ex-deputado federal e ex-ministro de Estado, Henrique Eduardo Alves também não tem direito a foro privilegiado e responderá o inquérito no âmbito da primeira instância da Justiça Federal.
Henrique Alves e Eduardo Cunha são investigados por corrupção passiva e lavagem de dinheiro. Léo Pinheiro por corrupção ativa e lavagem de dinheiro.
Hoje, em nota, o ex-deputado potiguar disse que os valores recebidos da OAS foram legais e declarados à Justiça Eleitoral, e que está à disposição das autoridades para esclarecer todos os fatos.
A defesa de Eduardo Cunha negou as suspeitas e disse que o ex-deputado está à disposição para prestar esclarecimento ao longo das investigações.
A defesa de Léo Pinheiro não quis se manifestar.