.

quinta-feira, 23 de outubro de 2014

Sociedade potiguar repudia baixaria na TV: “Nunca houve campanha tão suja”

Alex Viana
Repórter de Política
Mentiras, desrespeito, sujeira. Vale tudo para tentar convencer o eleitor a deixar de votar no adversário? Para setores sociais ligados à Igreja, ao meio empresarial e mesmo ao marketing político, a resposta é um sonoro não. “Nunca vi uma campanha tão suja”, afirma a empresária Daniele Fonseca. “Acho que o desespero tem levado os candidatos a plantar mentiras como verdades. E esquecem que os adversários têm família e vida social”, diz. Para o pároco da cidade de Parnamirim, Padre Murilo, o nível da campanha eleitoral para governador do Rio Grande do Norte “poderia ser muito melhor, discutir mais as alternativas para o RN, de pé no chão”, afirmou. Profissionais do marketing e da propaganda, como José Ivan e Jenner Tinoco, concordam. “A baixaria está sendo total e isso é falta de respeito com o eleitor cidadão”, diz Ivan. “Essa campanha é a mais radical, desrespeitosa, mentirosa e indigna que eu já vi na história política do Rio Grande do Norte. Admira o Tribunal Regional Eleitoral não ter tomado nenhuma decisão, para resguardar a sociedade desse mar de lama”, complementa Tinoco.
Na visão de analistas, embalado pelos números desfavoráveis do Ibope e por um marketing importado da Bahia, o candidato do PMDB a governador, Henrique Alves, tenta desqualificar o adversário, o candidato do PSD, Robinson Faria, usando, para tanto, o chamado marketing da desconstrução. Nesse sentido, Henrique se faz valer de acusações contra Robinson com forte tom sensacionalista, afirmando, por exemplo, que Robinson fará governo igual ao de Rosalba, “ou coisa pior”. Até mesmo questões da vida privada do candidato, como uma suposta permuta de terreno por apartamentos, têm sido usadas pela campanha de Henrique, enquanto que Robinson, por sua vez, rebate citando os diversos escândalos nos quais Henrique se envolveu ao longo da vida pública e também questiona a quantidade de projetos apresentados pelo peemedebista ao longo de 44 anos de mandato: apenas cinco.
“Nunca vi uma campanha tão suja. Tenho comentado com amigos que a verdade tem que ser esclarecida e divulgada. Mas, cabe à imprensa, e não aos candidatos. Acho que o desespero tem levado os candidatos a plantarem mentiras como verdades. E esquecem que os candidatos adversários têm família, têm nome, foram empresários, têm empregados, e, simplesmente, começam a sujar o nome”, diz a empresária Daniele Fonseca. Para ela, entretanto, tudo se vira contra o ofensor, que perde com isso, porque, quem está assistindo, começa a não admirar quem ofende, fazendo com que o agressor perca a credibilidade. “Imagine como vai ser o governo de uma pessoa dessas? Jogando tantas mentiras? Até o marketing político fica desacreditado. Na hora que joga para a população ‘olhem, vocês são burros, vão engolir qualquer mentira’. Nunca vi uma campanha tão baixa, tanto a nível estadual como federal”, completa.

HENRIQUE ALVES LIDERA PESQUISA NO QUESITO REJEIÇÃO


Henrique Alves procurou Rosalba num "encontro secreto"

Segundo o jornalista e professor universitário e membro da Academia Norte-Riograndense de Letras, Vicente Serejo, o candidato a governador, Henrique Alves procurou um encontro secreto com o esposo da governadora Rosalba. Depois de tentar colar o governo Rosalba à candidatura de Robinson, Henrique Alves foi pedir o apoio de Rosalba. Veja o que disse Vicente Serejo em sua coluna no O Jornal de Hoje: Um velho prócer mossoroense passou o final de semana dedicado a decifrar aquele que vem sendo o maior segredo da campanha política: o encontro Henrique Alves com Carlos Augusto Rosado. Há duas versões: a) o encontro foi pessoal, mas de forma rigorosamente discreta; b) a conversa foi triangular e a distância, intermediada por um amigo comum. Pauta: uma trégua no segundo turno.


INIMIGOS ATÉ O PRÓXIMO ACORDO POLÍTICO...

A quatro dias da eleição para escolha do governador do Rio Grande do Norte, uma constatação.
Amigos de infância, os candidatos Henrique Alves e Robinson Faria terminam a campanha como inimigos pessoais.
Basta ouvir o que cada um disse do outro.
O que cada um levou à justiça, sobre o outro.
Nada de amigos, amigos, política à parte.
Serão inimigos…até que um acordo político possa os unir.
Lá na frente.

Certus: pesquisa aponta Robinson com vantagem de 3,12% sobre Henrique

Pesquisa de intenção de votos para o Governo do RN, feita pelo instituto Certus foi divulgada agora pelo blog do BG e os números, considerando os votos válidos, são os seguintes:
Robinson Faria (PSD) – 51,56%
Henrique Alves (PMDB) – 48,44%
A margem de erro é de 3 pontos.
Considerando todas as opções os números são os seguintes:
Robinson – 43,84%
Henrique – 41,19%
Brancos/Nulos – 11,26%
Indecisos – 3,71%

Aécio responderá a três investigações

O Conversa Afiada deu divulgação a documento que descreve a montagem de um consórcio (sic) que teria levantado a bagatela de R$ 166 milhões para financiar atividades eleitorais de Aécio Neves em 2012 e 2014.
Então, o Conversa Afiada revelou que o documento tinha sido enviado pelo MPF-MG à Procuradoria Geral da República, já que envolvia personagens com privilégio de foro.
Nesta quarta-feira (22/10), o Conversa Afiada informa a seus amigos navegantes que, de fato, a investigação já corre na Procuradoria Geral da República, sob sigilo.
Ou seja, por admitir que há fumos de verdade, o Ministério Público Federal passou a examinar o impressionante documento.
O amigo navegante se lembra de, num ímpeto de ódio, o Machista do Leblon, no debate no SBT – quando assustou evangélicas e mulheres das Classes C e D – anunciar que, no dia 1º de janeiro de 2015, a Presidenta da República ia ter que procurar emprego.
Segundo o Datafalha, que deu para plagiar o DataCaf, quem terá o prazer de voltar a trabalhar (sic) no Senado será ele.
Só que agora, diante do dissabor de acompanhar três investigações.
Essa, na Procuradoria Geral da República – onde já não trabalha o saudoso Gurgel… -, acima mencionada.
E outras duas.
A do MP-MG que investiga por que ele desviou dinheiro da Saúde quando Governador e considerou vacina para cavalo como gasto de Saúde.
E outra do MPF-MG que investiga se ele cometeu improbidade administrativa ao construir um aeroporto em Claudio e dar chave só para o Titio.
A R$ 56 mil o parecer, Ayres Britto, o Big-Ben de Propriá, vai ficar rico.
Fonte; Paulo Henrique Amorim

Datafolha: Maioria afirma que Dilma é candidata dos pobres, e Aécio, dos ricos

Pesquisa Datafolha mostra que a maioria dos eleitores brasileiros acredita que Dilma Rousseff (PT) é quem mais defenderá os mais pobres, e Aécio Neves (PSDB), os mais ricos.
Segundo levantamento divulgado na segunda-feira (20), 57% dizem que Dilma é quem mais defenderá os mais pobres, contra 26% que apontam Aécio. Outros 3% acreditam que os dois defenderão os mais pobres, e 8% afirmam que nenhum dos dois. Além disso, 6% dizem que não sabem.
A pesquisa mostra ainda que 56% dos entrevistados acreditam que o candidato do PSDB é quem mais defenderá os mais ricos se for eleito, contra 17% que citam a candidata do PT. Outros 7% afirmam que os dois defenderão os mais ricos, e 7% que nenhum dos dois. Além disso, 12% não sabem.

DNOCS garante obras de convivência com a seca em Acari e Currais Novos

O prefeito Vilton Cunha e o coordenador estadual do Departamento Nacional de Obras Contra as Secas – DNOCS José Eduardo Alves anunciaram no início da tarde desta quarta-feira (22) no “Palácio Raul Macedo” a perfuração e instalação de 46 poços que irão beneficiar as zonas urbana e rural de Currais Novos.
Enfrentando a pior seca da história e o baixo nível dos reservatórios, Currais Novos e Acari solicitaram ao DNOCS RN ações importantes para a convivência com a seca, e o órgão prontamente atendeu as reivindicações e irá realizar a perfuração e instalação de 46 poços em Currais Novos e 15 em Acari (número proporcional ao de habitantes, segundo o coordenador), que atenderá as populações urbanas e rurais.
“Temos um trabalho árduo em buscar soluções que amenizem a falta d’água, sempre buscando ações como a perfuração e instalação de poços no município”, disse Vilton, que agradeceu ao coordenador pela perfuração de 12 poços no município em 2013.
Além dos 46 poços que serão perfurados e instalados, o DNOCS atendeu o pedido do Prefeito Vilton Cunha e irá instalar 09 pequenos sistemas de distribuição de água na zona rural, que beneficiará mais de 150 famílias. As comunidades beneficiadas serão: Pedra Preta, Maxinaré, Maniçoba, São Rafael, Malhada de Dentro, PA. Alagoinha, PA Trangola, Malhada da Areia e Namorados.