.

quinta-feira, 18 de agosto de 2016

O SUCESSO DE SUA CAMPANHA ESTÁ NA GRÁFICA VILAR


SANTANA DO SERIDÓ: "Ex-prefeito Iranildo Pereira é a aposta do PR para Câmara Municipal"

Com a frase: "O que ele diz, ele faz", o ex-prefeito Iranildo Pereira registrou a sua candidatura a vereador  de Santana do Seridó, cidade onde administrou por duas vezes, fazendo seu sucessor e deixando a prefeitura, muito bem avaliado.
Agora como vereador, Iranildo pretende na Câmara Municipal, ajudar a Hudson Pereira, seu candidato a prefeito, recolocar Santana no caminho do desenvolvimento.

DO BLOG: "Serviço prestado ele tem demais"

ACARÍ: "Segundo pesquisa Isaias Cabral do PMDB seria reeleito com folga se as eleições fossem hoje"

Pesquisa encomendada pela Rádio Cabugi do Seridó e realizada pelo Instituto Agorasei, no município de Acari, aponta que o atual prefeito Isaias Cabral (PMDB) detém mais de 28 pontos percentuais de vantagem sobre Vijânio Filho (PR), adversário que tenta barrar a reeleição do peemedebista.
Na questão estimulada, foi perguntado ao eleitor acariense em qual dos dois nomes ele votaria para prefeito se as eleições fossem hoje. A pesquisa mostra que 56,5%preferem Isaias; 27,8% dizem que votam em Vijânio; 9,8% votam em branco/nulo e 5,9% são indecisos.
A pesquisa foi realizada no dia 11 de agosto de 2016 e ouviu 400 eleitores nas zonas urbana e rural do município de Acari. O intervalo de confiança estimado é de 95% e a margem de erro máxima estimada é de 4.8 pontos percentuais, para mais ou para menos sobre os resultados totais da amostra. O trabalho está registrado no Tribunal Superior Eleitoral com a identificação RN-06658/2016

Robson Pires

CURRAIS NOVOS: "Em nota presidende da Câmara ne empréstimo"



Para tribunais de contas, decisão do STF sobre Lei da Ficha Limpa é retrocesso

O presidente da Associação dos Membros dos Tribunais de Contas do Brasil (Atricon), Valdecir Pascoal, classificou como “retrocesso” a decisão de ontem (17) do Supremo Tribunal Federal (STF), segundo a qual candidatos a prefeito que tiveram contas rejeitadas apenas pelos tribunais de contas estaduais podem concorrer ao pleito de outubro.
De acordo com a Corte Suprema, para o candidato ser enquadrado na Lei da Ficha Limpa ele teria de ser condenado também pela Assembleia Legislativa local.
Durante a sessão de ontem, o ministro Gilmar Mendes chegou a dizer que a lei “é mal feita” e que “parece ter sido feita por bêbados”. A declaração foi feita durante sessão da Corte que analisou decisão sobre contas rejeitadas de prefeitos candidatos às eleições de outubro.
“[A palavra 'bêbados' usada pelo ministro Gilmar Mendes] é que nos surpreende, porque pensamos exatamente o contrário. A Lei da Ficha Limpa é cidadã, fruto da iniciativa popular. É uma das leis mais importantes para a República Federativa do Brasil, depois da Constituição Federal de 1988 e da Lei de Responsabilidade Fiscal”, disse Valdecir Pascoal hoje (18), após encontro com o presidente interino Michel Temer.
“Na nossa opinião, [essa decisão do STF] foi um retrocesso em matéria de controle público no Brasil”, disse o presidente da Atricon, que também é presidente do Tribunal de Contas de Pernambuco. “A causa mais efetiva da Lei da Ficha Limpa, em matéria de impugnação de candidatos, era justamente as contas rejeitada pelos tribunais de contas, já que são contas técnicas”.
Diante da decisão do STF, Pascoal afirmou que a associação por ele preside se juntará a outras entidades na tentativa de sensibilizar a Corte. “Vamos fazer um movimento nacional – junto com MCCE [Movimento de Combate à Corrupção Eleitoral], OAB, CNBB e todas entidades de controle – para tentar sensibilizar o STF a rever [essa decisão], por meio de embargos declaratórios.
O procurador-geral da República possivelmente vai interpor na próxima semana [algo relativo a isso também]”, informou o presidente da entidade que agrega membros dos tribunais de contas do país.
Pascoal destacou que, segundo dados consolidados pela Atricon, "aproximadamente seis mil candidaturas a prefeitos serão imunizadas por essa decisão do STF, e mais de R$ 4 bilhões que os tribunais de contas determinaram para fins de ressarcimento serão de recuperação duvidosa, já que tira da gente [tribunais de contas] a possibilidade de decidir”.
“Então, me parece que é um grande retrocesso. Respeitamos a decisão, mas somos contra e vamos sensibilizar o STF por meio de ações próprias com vistas a ele avaliar”, acrescentou o presidente da associação.
“Não dá para comparar [com as câmaras legislativas] a estrutura dos tribunais de contas, atualmente com mais de 16 mil auditores e membros especializados em contas públicas. E não dá para passar esse juízo de valores às câmaras de vereadores. Elas não estão estruturadas. São muitos os casos em que essas câmaras já demonstraram que não estão aptas para analisar as contas de governo. É uma decisão que vai na contramão daquilo que o cidadão espera do STF”, argumentou.
Apesar de o assunto não constar da pauta da reunião que teve com o presidente interino, Pascoal disse ter falado sobre “esse incômodo dos tribunais de contas” em relação à decisão do STF. “Em um momento oportuno solicitaremos de forma mais especial o apoio do presidente Temer no sentido de nos ajudar a fortalecer o controle. Vivemos hoje uma quadra da história importante, em que os controles têm de ser fortalecidos para atuar em rede, porque a corrupção é sistêmica no país”.
Na avaliação da Atricon, não há como a decisão do STF ser aplicada já nas eleições de outubro. “Para essa eleição não tem volta, porque o MPE [Ministério Público Estadual] fez uma recomendação para os promotores não impugnarem [as candidaturas] com base na decisão do acórdão do STF, que ainda não foi publicado. Para essas eleições, portanto, não será aplicada essa regra”.

ECON: "Confira os especialistas deste sábado dia 20 de agosto"


PARELHAS: "Material gráfico de Alexandre e Nazilda já está pronto"

Com o trecho da música de campanha, "Um novo sol do boqueirão acaba de nascer", a coligação "É Daqui Prá Melhor", deu o ponta-pé inicial na campanha.
Ontem o primeiro ato foi na residência de Conca Som, no Conjunto Promorar.

CONFIRA O VÍDEO:

VÍDEO: "Defensora dos direitos humanos, deputada Maria do Rosário é expulsa de velório de médica morta por bandidos"

Defensora dos “direitos” de quem faz vítimas, a deputada Maria do Rosário, quis faturar prestígio, em Porto Alegre, no protesto contra a morte de uma médica. Foi enxotada aos gritos de “cúmplice dos bandidos”.
A deputada é uma das vozes mais fortes do congresso nacional em defesa dos direitos humanos.
Confira o vídeo:




COLUNA DO BARBOSA: "Agosto, as aves de rapina e a Carta-Testemunho de Vargas"

Agosto sempre foi um mês sombrio na política brasileira. Ao longo de seus 31 dias, agosto entrou para a história do Brasil marcado por tragédias, suicídios e renúncia de presidentes da República, até mortes de ícones da política nacional, como o ex-presidente JK e Miguel Arraes, ex- governador de Pernambuco e símbolo da esquerda do país, cujo neto, Eduardo Campos, veio a falecer na mesma data que seu avô. Claro, e óbviamente, o suicídio de Getúlio Vargas, está neste rol de tragédias na política nacional.
Me reporto a isso pois que a Carta Maior é enfática ao dizer que "o Brasil enfrenta um momento histórico de extrema gravidade. Um golpe de estado institucional está prestes a ser consumado, afastando definitivamente uma presidenta da República eleita com mais de 54 milhões de votos.
E muito do que está em jogo hoje guarda semelhanças profundas com outra conjuntura trágica ocorrida há sessenta e dois anos, quando forças anti-democráticas com idênticos interesses anti-povo e anti-nacionais levaram o presidente Getúlio Vargas a dar um tiro no próprio peito.
Esse gesto político extremo barrou a tentativa de golpe e levantou grande parte do povo contra líderes de direita, partidos e mídia golpistas de então, derrotando-os fragorosamente. Venceu a democracia e venceram os interesses maiores do povo brasileiro.
A Carta Testamento que Getúlio nos deixou é um dos mais importantes documentos de referência política e ideológica em defesa da democracia e dos interesses nacionais da história do Brasil".
E tem razão: a forma como estão tentando tirar Dilma do poder tem o mesmo script de anos atrás. As aves de rapina agem nos bastidores do poder.
E como afirma a Carta Maior "o modo como as forças democráticas irão vencer ou perder a batalha nesta reta final do golpe fará toda a diferença para os passos seguintes da história".
Tudo o que eles querem - políticos de direita, dirigentes da FIESP e de várias organizações empresariais, banqueiros, donos da grande mídia, entre outros - é que a grande maioria da sociedade aceite a "normalização" do processo, sob essa espúria máscara de legalidade, diz a Carta Maior.
Fato é que a reeleição de Dilma Ruosseff e a perspectiva de ela ser substituída no poder pelo Lula em 2018 tornaram mais urgente a necessidade de frear, ou ferrar, o PT.
A conferir!

INFLAÇÃO: "Feijão carioca puxa e o índice no Nordeste supera o nacional"


O grupo Alimentos e Bebidas puxou a inflação no Nordeste em julho, que ficou acima do índice nacional. O crescimento dos preços na região atingiu 0,82%, superior ao patamar de 0,52%, verificado em todo o Brasil. O feijão carioca foi um dos itens que mais aumentou de preço, com altas no mês em Salvador (38,5%), Recife (28,5%) e Fortaleza (23,3%). 


Além de impulsionar a inflação em julho, o grupo Alimentos e Bebidas, de maior importância na composição da inflação nacional e regional, também foi o que mais pesou no acumulado da inflação nos últimos 12 meses e atingiu 14,0%, ante 13,6% no índice nacional.
Saúde e Cuidados Pessoais também ficaram mais caros ao longo dos últimos 12 meses e apresentaram elevação de 12,1% nos preços no Nordeste contra 11,5% na média do país. O terceiro item que ficou mais caro para o período, no Nordeste, foi Despesas Pessoais, onde verificou-se um aumento de 8,0%, ligeiramente inferior ao índice nacional (8,2%). 
O índice regional de inflação é composto por nove grupos de preços. Entram ainda no cálculo: Habitação, Artigos de Residência, Vestuário, Transportes, Educação e Comunicação.
Inflação Acumulada
A inflação do Nordeste, acumulada nos últimos doze meses (9,5%), também registrou índice superior ao nacional (8,7%). No período, a região metropolitana que apontou maior inflação foi a de Fortaleza, que apontou crescimento nos preços de 10,8%.
Na mesma base de comparação, Salvador, que possui o maior peso no cálculo realizado pelo Escritório Técnico de Estudos Econômicos do Nordeste (Etene) para a região, assinalou índice de 9,4%. Recife teve elevação de 8,6% nos preços.
O índice regional de inflação é monitorado periodicamente pelo Etene, órgão de estudos regionais do Banco do Nordeste. A avaliação é realizada a partir de metodologia própria e utiliza dados oficiais para construir base de análise ampla, válida para toda o Nordeste.

Maior hospital público do RN suspende parte dos atendimentos

O maior hospital público do Rio Grande do Norte suspendeu parte dos atendimentos nesta quarta-feira (17) após médicos cooperados anunciarem a paralisação das atividades. De acordo com a Cooperativa Médica do Rio Grande do Norte (Coopmed/RN), o governo deve R$ 1,6 milhão referente a dois meses de trabalho.
De acordo com a direção do Hospital Walfredo Gurgel, está mantido apenas o atendimento aos pacientes com politraumas, removidos pelas ambulâncias ‘UTIs’ do Samu. Segundo a Coopmed, 70% da escala do Hospital Walfredo Gurgel é de médicos cooperados.
A Secretaria de Estado e da Saúde Pública (Sesap) informou que negociou com médicos estatutários e montou um plantão em situação emergencial para que, diante da paralisação das atividades dos profissionais da Coopmed que atuam no Hospital Walfredo Gurgel e no Pronto-Socorro Clóvis Sarinho, os serviços prestados à população não fossem prejudicados