.

sexta-feira, 22 de julho de 2016

MILAGRE: "Mulher revive após morrer no parto"

A história de Melanie Pritchard é dessas que faz todo mundo pensar — muito — na vida. Afinal, ela pode se considerar uma pessoa que teve sua existência salva por um milagre.
Tudo começou durante a segunda gravidez de Melanie. Ao lado do marido, Doug, ela chegou ao hospital com oito meses e meio, sinais vitais estáveis e a previsão de que poderia entrar em trabalho de parto em breve.
Acontece que a mulher começou a sentir forte tontura, seguida de náusea. O mal estar só piorou e culminou em um desmaio. A equipe médica agiu rapidamente, mas a frequência cardíaca e a pressão arterial só caiam.
O drama só piorou quando os médicos alertaram que seria necessário um parto de emergência, já que a bebê também via seus sinais vitais caírem. Nesse momento, anunciaram que Melanie estava clinicamente morta.
Doug, o marido, conta que só pensou em uma coisa naquele momento: rezar. Afinal, sua mulher estava clinicamente morta, mas haviam chances remotas — milagre! — de ela continuar viva. As palavras, ele lembra até hoje.
“Senhor, eu sei que isso é mais do que eu posso suportar, o que significa que Você tem um plano e um propósito para tudo. Eu confio em Você, mas, por favor, se for da Tua vontade, deixe-me abraçar minha esposa novamente”, afirma ter dito ele.
A oração foi passada para família e amigos, que continuaram repassando-na e criaram uma corrente viral na internet. Em meio a isso, nasceu Gabriella, nome que significa, curiosamente, “mulher forte de Deus”. Junto dela, a boa notícia: Melanie havia sobrevivido. Acontece que, segundo os médicos, ficaria com grave sequelas.
Os médicos contam que, devido às complicações na cesária, Melanie passaria por uma cirurgia complicadíssima e que seria sua única chance. Ao chegar na mesa de operação, apresentava estado preocupante, que foi atenuado quando ela viu uma foto de Gabriella.
Um dia após a cirurgia, Melanie já conseguia respirar melhor e sem aparelhos. Plenamente consciente, conheceu a filha e reviu seu marido e Brady, seu outro filho. Em poucas semanas, ela estava em casa e totalmente curada. Os médicos afirmam não ter explicação científica completamente comprovada para explicar a melhora rápida e inesperada.
Alheia a isso, Melanie, hoje, dois anos após quase morrer, garante: “Rezo todos os dias para agradecer”. 
Fonte: Yahoo Notícias

ECON: "Esses são os especialistas de amanhã 23 de julho"


CARNAÚBA DOS DANTAS: "Locutora Thábatta Pimenta deverá disputar uma vaga na Câmara Municipal"

Em Carnaúba dos Dantas, um nome forte desponta para uma vaga no Poder Legislativo daquela cidade.
Trata-se da extrovertida, carismática e irreverente Thábatta Pimenta, locutora da 93 fm.
Thábatta tem em seu currínculo, sete anos de experiência, além de um belíssimo trabalho voluntário, com crianças portadoras de necessidades especiais.
Atualmente a mesma é filiada ao PSDB carnaubense.

O nome de Thábatta está na boca do povo!!

Ministério Público do RN cobra realização de concurso público para Polícia Civil

Portaria do Ministério Público publicada na edição desta sexta-feira, 22, do Diário Oficial do Estado (DOE) dispõe sobre a instauração de inquérito civil para tratar da realização de concurso público para o preenchimento dos cargos de Delgado, Escrivão e Agente de Polícia Civil.
De acordo com o promotor Vitor Emanuel de Medeiros Azevedo, pelo menos 3.608 cargos estão vagos na Polícia Civil do Rio Grande do Norte. Somente em agosto do ano passado, estavam vagos 185 cargos de delegado, 614 de escrivão e 1.123 de agentes.
O documento ainda estabelece um prazo de dez dias para que o delegado geral da Polícia Civil informe a quantidade de cargos de delegados, escrivães e agentes preenchidos e vagos.

BRASÍLIA: "Dilma diz que não autorizou caixa 2 em campanha"


A presidente afastada Dilma Rousseff disse hoje (22), em seu Twitter, que não autorizou pagamento de caixa dois “a ninguém”. “Se houve pagamento, não foi com meu conhecimento”, disse. Ontem (21), o publicitário João Santana e a mulher dele, Mônica Moura, disseram, em depoimento ao juiz federal Sérgio Moro, que receberam pagamento no exterior referente a uma dívida de campanha do PT nas eleições de 2010.

As audiências foram realizadas na ação penal em que os investigados respondem na Operação Lava Jato. Ambos estão presos desde fevereiro em Curitiba.

Durante o depoimento, Mônica Moura, que era responsável pela parte financeira da empresa de marketing do casal, informou que recebeu US$ 4,5 milhões em uma conta off shore na Suíça, controlada pelo empresário Zwi Skornick, acusado de operar os pagamentos ilegais, segundo investigadores da Lava Jato.

Conforme Mônica, o repasse era referente a uma dívida por serviços prestados ao PT durante a campanha da presidente Dilma Rousseff em 2010. A empresa do casal fez o trabalho de marketing político da campanha.

Mônica relatou que, em 2013, passou a pressionar o ex-tesoureiro do partido, João Vaccari Neto, para que o pagamento da dívida, estimada em US$ 10 milhões, fosse feito. A partir daí, segundo ela, foi orientada por Vaccari a procurar Skornick, que seria responsável pelo pagamento de uma parcela.

Questionada pelo juiz Sérgio Moro se os pagamentos foram registrados na Justiça Eleitoral, Mônica Moura respondeu: “Não, não foi. Foi caixa 2 mesmo”.

Impeachment

No Twitter, Dilma afirmou que continua lutando contra o seu impeachment. “O processo só se completa com a votação no Senado. Faltam seis senadores para impedir [o impeachment]”, disse. O processo de afastamento de Dilma está previsto para ser votado no plenário do Senado no fim de agosto.

Após notícias de que estaria começando a levar sua mudança de Brasília para Porto Alegre, Dilma informou que pretende se mudar apenas em janeiro de 2019. “O que eu tenho está no Palácio da Alvorada, pouca coisa está em Porto Alegre. Espero levar minhas coisas para lá em janeiro de 2019”, escreveu. Na capital gaúcha, moram a filha, o genro e os dois netos da presidente afastada.

MARÍLIA MENDONÇA: "Recebi ameaças após cancelamento do show"

Um show cancelado da cantora sertaneja Marília Mendonça na cidade de Floriano, no Piauí, terminou em tumulto na noite da última quarta-feira, dia 20.
Fãs publicaram vídeos do momento em que os organizadores anunciam o cancelamento do show, alegando que a cantora estaria doente e dizendo que uma nova data seria marcada. Em seguida, diversos objetos são arremessados em direção ao palco vindos da plateia. Em outro vídeo, é possível ver parte do público ateando fogo a um estabelecimento próximo ao local.
A assessoria da cantora informou que a cantora apresentou um quadro de suspeita de pneumonia, e foi atendida por um médico na própria cidade de Floriano, tendo que cancelar também o show desta quinta, 21, em Santana do Acaraú, no Ceará, para que ela seja submetida a uma série de exames com intuito de precisar o diagnóstico.
Marília postou um desabafo em sua conta no Instagram, mostrando-se bastante chateada com a situação. Ela revelou ter recebido mensagens de morte, medo de suas escolhas e que pretende assumir o pagamento pelos danos causados.
“Eu tenho medo do que escolhi fazer. Acabei de acordar pra pegar estrada pra Teresina e fazer uma bateria de exames pra se Deus quiser ter a confirmação de que não é pneumonia. Tava dormindo pois o médico da cidade veio me atender no quarto e me deu uma medicação pra diminuir a tosse muito forte. Acordei com os cílios pela metade, a meia-calça do show e uma dor muito grande, só que no coração… Hoje, eu pegaria cada centavo que já ganhei com tudo ISSO que pra algumas pessoas deve ser muito fácil dizer, e pagaria o dano de vocês… O dano que ainda nem foi publicado que irá ser reparado, porque se não for pela empresa, eu mesmo ASSUMO pra não ter que ler pessoas que compraram o ingresso do meu show, que estariam sorrindo pra mim (se tivesse tudo bem) desejando a minha morte hoje porque eu adoeci e não conseguia nem sair da cama”, afirmou.

´Pílula do câncer´ será testada em humanos a partir de segunda

A fosfoetanolamina sintética, conhecida como pílula do câncer, começará a ser testada em humanos a partir da próxima segunda-feira (25), em São Paulo. Essa fase da pesquisa clínica está sendo conduzida pelo Icesp (Instituto do Câncer do Estado de São Paulo), que já recebeu do laboratório oficial da Secretaria de Estado da Saúde de São Paulo, cápsulas suficientes da substância para a realização da pesquisa.
É a primeira vez na história que a fosfoetanolamina sintética será testada em humanos, com o objetivo de analisar a eficácia da substância no combate ao câncer. Em estudos feitos com animais e em laboratório para o Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovação e Comunicações, a substância apresentou pouco ou nenhum efeito contra o câncer.
O estudo prevê uma primeira fase, em que serão avaliados 10 pacientes para determinar a segurança da dose que vem sendo utilizada na comunidade. Após essa primeira etapa, caso a droga não apresente efeitos colaterais graves, a pesquisa prosseguirá.
Os interessados em participar das próximas fases passarão por triagem e deverão preencher os critérios de elegibilidade para determinar a segurança da droga.

MAIS MÉDICOS: "1,5 mil profissionais vão ocupar vagas em aberto em todo o país"

Cerca de 1,5 mil profissionais cubanos e brasileiros formados no exterior devem chegar ao país até o fim de agosto para ocupar vagas em aberto do Programa Mais Médicos. O anúncio foi feito hoje (22) pelo Ministério da Saúde.
Desse total, em torno de 600 profissionais já estão no Brasil, participando do acolhimento e regularizando a documentação antes de se deslocarem aos municípios onde vão atuar. Entre os que já chegaram, 300 são de Cuba. A previsão é que mais 250 desembarquem ainda esta semana, de um total de 1,2 mil médicos cubanos.

ECON: "Esses são os especialistas de amanhã 23 de julho"


PARELHAS: "Para onde vão os votos do PSOL?"

Pelo andar da carruagem o PSOL(Partido Socialismo e Liberdade), não terá candidatura a prefeito na eleição de outubro deste ano. Pelo menos é o que se comenta nas rodas políticas.
Se confirmado, a não candidatura do PSOL a prefeitura parelhense, para onde migrarão os votos obtidos pelo partido nas eleições de 2012?
Vão para o projeto do pré-candidato Alexandre Petronilo(PMDB) que terá como companheira de chapa Nazilda Tavares(PT), ou para o projeto do pré- candidato Dr. Tiago Almeida(DEM)?
Como pregará o voto o PSOL?

Com a palavra o diretório municipal do partido.

DO MARQUETEIRO JOÃO SANTANA: "Ou faz a campanha desta forma, ou não faz."

O marqueteiro político João Santana em depoimento ao juiz Sérgio Moro, soltou essa sobre o caixa dois: "Ou faz a campanha desta forma, ou não faz".

E agora, teremos campanha esse ano?

NATAL: "Início das convenções movimentam partidos políticos"

As convenções partidárias para a escolha dos candidatos e a deliberação sobre coligações vai do período de 20 de julho a 5 de agosto. Em Natal, até o momento há 11 pré-candidatos a prefeitos, a maioria sem seus vices definidos.
O prefeito Carlos Eduardo Alves (PDT) disputa a reeleição, e pode ter como principais adversários, Fernando Mineiro (PT), Márcia Maia (PSDB), Kelps Lima (Solidariedade) e Robério Paulino (PSOL).
O presidente do diretório municipal do Psol, Danniel Morais, disse que o partido tem algo em torno de 40 nomes para as disputas de vereador, e que pretende renovar o mandato dos três que já representam o partido: Maurício Gurgel, Márcio Antonio e Sandro Pimentel. “A perspectiva é manter as cadeiras”, frisou.
Em relação a disputa pelo executivo, o nome de Robério Paulino está definido, no entanto, o do vice-prefeito ainda não. Segundo Danniel, a perspectiva é a melhor possível e as pesquisas colocam Robério na segunda colocação. Ele lembrou que na disputa para governador em 2014 o candidato levou 22% dos votos em Natal. “Estamos muito confiantes em levar essas eleições para o segundo turno”, lembra. 

ELEIÇÕES 2016: "PMDB é o partido com maior tempo de rádio e TV"

As regras eleitorais mudaram muita coisa, inclusive a forma de veiculação da propaganda eleitoral gratuita na TV e no rádio. Devido à Lei nº 13.165/2015 – que trata de mudanças na legislação eleitoral –, o tempo dos programas foi reduzido para apenas dez minutos, duas vezes por dia, nos dois tipos de meio. Alguns partidos perderam muito com as modificações, enquanto que outros devem valorizar cada segundo como ouro.
Na atual conjuntura política do país, levando-se em consideração o número de deputados federais de cada partido, o PMDB terá o maior tempo de propaganda no rádio e TV, seguido pelo PT, PSDB, PP, PSD, PR, PSB, PMB, PRB, DEM, PRB, PDT, SD, PSC, PPS, dentre outros. 

MOSSORÓ: "PP aciona Justiça Eleitoral para investigar panfletos apócrifos contra Rosalba"

O Partido Progressista de Mossoró entrou com uma notícia crime na Justiça Eleitoral pedindo a abertura de investigação para apurar a distribuição de panfletos apócrifos com a intenção de denegrir a imagem da pré-candidata do partido à prefeitura, Rosalba Ciarlini. Na tentativa de ofender Rosalba, além de apresentar informações inverídicas, o material atribui ao jornal Tribuna do Norte uma matéria que ele não publicou.
O PP entrou com a ação depois que foram identificadas algumas das pessoas que estavam distribuindo os panfletos. Segundo os advogados do partido, a intenção não é prejudicar aqueles que estavam distribuindo, mas a partir deles chegar aos responsáveis pela produção do material.

VOLTOU ATRÁS: "Robinson engata Marcha à Ré e recria a Secretaria da Juventude"

Semana passada o governador Robinson Faria (PSD) anunciou a fusão da Secretaria da Juventude com a Secretaria de Políticas para às Mulheres. 
Nesta quinta (21), o governador engatou uma nova Marcha à Ré e recriou a Secretaria da Juventude. 

DILMA SOBRE DATA FOLHA: “Diferença de 3% para 62% não é trivial”

A presidente eleita Dilma Rousseff comentou na manhã desta quinta-feira 21, em entrevista à Rádio Pampa, do Rio Grande do Sul, a fraude na elaboração da pesquisa Datafolha e principalmente na divulgação dos resultados no fim de semana.
De acordo com reportagem do jornal sobre a pesquisa, 50% da população brasileira defende a permanência do presidente interino, Michel Temer, no poder, o que ficou provado ser falso com a publicação da pesquisa detalhada, na última terça-feira.
“Não costumo comentar pesquisa, mas um fato deve ser olhado. Uma diferença de 3% pra 62% em relação ao que quer a população não é trivial”, disse Dilma, sobre o percentual dos brasileiros que defendem novas eleições.
A pesquisa identificou que 62% dos entrevistados querem um novo pleito, mas o percentual divulgado pelo jornal foi de 3%. O número real só foi divulgado após uma série de questionamentos feitos por jornalistas ao jornal e ao instituto, entre eles o 247 e o site The Intercept, do jornalista Glenn Greenwald.
“Não é um descuido, o que é lamentável, porque todo mundo tinha em alta conta esse instituto de pesquisa”, comentou ainda a presidente, sugerindo que a elaboração da pesquisa, da forma como foi feita, e a divulgação dos dados foram uma opção da empresa.