.

quarta-feira, 26 de agosto de 2015

Fátima defende mais políticas de enfrentamento às violações dos direitos humanos

Durante a audiência pública da CPI do Assassinato de Jovens, a senadora Fátima Bezerra(PT-RN) defendeu um maior número de políticas públicas de enfrentamento às violações dos direitos humanos. A reunião aconteceu na noite desta segunda-feira (24), no plenário 15, do Senado Federal.
A senadora destacou que o retrato da criminalização no país mostra que as maiores vítimas estão na população pobre e negra, principalmente entre as crianças e jovens. “ O papel principal da CPI é propor alterações para reparar as injustiças e mudar esse quadro”, enfatizou.
Fátima lembrou que lugar de crianças e jovens é na escola, não no tráfico. “Nossos jovens precisam de escolas em tempo integral, de mais ensino técnico e superior e mais oportunidades. Não é prendendo nossos jovens, como prevê o projeto de lei que trata da redução da maioridade penal, que resolveremos o problema da violência no país”, defendeu.