.

sábado, 15 de setembro de 2018

#VEM PRÁ URNA: "Confira a ordem dos votos nas eleições 2018"

Nessas eleições o eleitor deverá votar em 06(seis) candidatos: deputado ou deputada federal, deputado ou deputada estadual, dois senadores ou senadora, governador ou governadora e por último presidente.

Confira abaixo a ordem dos votos nessas eleições:




PARELHAS: "Francisco do PT realiza grande plenária com apoiadores"

Candidato a deputado estadual Francisco do PT realizou ontem(14), uma grande plenária com a presença de seus apoiadores em Parelhas.

Com o auditório completamente lotado, o ex-prefeito falou da proximidade das eleições e da oportunidade real que Parelhas tem de eleger um deputado filho da terra, depois de 47 anos.

"Estamos a apenas 23 dias das eleições e é preciso que façamos uma corrente em prol do povo de Parelhas e do Rio Grande do Norte, se aproxima o momento de Parelhas resgatar uma cadeira na Assembleia Legislativa, eu não quero tomar o lugar de ninguém, quero apenas  assumir a vaga de Fernando Mineiro e isso está muito próximo de acontecer, só depende de cada um de nós." Disse Francisco

O médico e ex-prefeito de Parelhas Dr. Antônio, também esteve presente e pediu para a união de todos em torno do nome de Francisco do PT.

"Não vamos dá ouvidos a picuinhas, Francisco terá o nosso voto e será o nosso representante na Assembleia Legislativa. Esse Doutorzinho aqui, já está trabalhando para isso, vamos nos dá as mãos e fazer dele o nosso deputado" Frisou Dr. Antônio Petronilo


POLÍTICA: "Cotado para ser ministro de Bolsonaro, Paulo Guedes é apontado como beneficiário de fraude milionária na Bolsa"

Apresentado pelo candidato Jair Bolsonaro (PSL) como seu ministro da Fazenda no caso de eleição, o economista Paulo Guedes é citado em um processo recém-julgado pela Justiça Federal como beneficiário de um esquema fraudulento que provocou perdas milionárias na Bolsa de Valores à Fapes, fundo de pensão dos funcionários do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES). As informações são da revista digital Crusoé, que teve acesso aos autos e à sentença proferida em 3 de julho pelo juiz Tiago Pereira, da 5ª Vara Criminal do Rio de Janeiro.
Segundo a reportagem de Filipe Coutinho, os documentos reunidos no processo apontam que a GPG Participações, do economista e de seu irmão, faturou R$ 600 mil em apenas dois dias de operação na Bolsa por meio de uma ação fraudulenta, conduzida pela corretora Dimarco. No período investigado, o fundo de pensão, também sob a batuta da corretora carioca, amargou prejuízo de R$ 12 milhões. Os clientes citados como beneficiários do esquema, incluído aí Guedes, ganharam R$ 5 milhões.
Guedes afirmou que vai buscar informações sobre o caso e o associou ao período eleitoral. "Se tem 30 dias que fui citado, vou tomar conhecimento de que citação é essa. Eu sei que assim que comecei a ajudar numa campanha começaram a aparecer citações. E vou lidar com elas, cada uma por vez", declarou à revista digital.
Congresso em Foco tentou, de diversas maneiras, contato com Paulo Guedes. Até o momento o economista não deu retorno à reportagem.
Congresso em Foco


DATAFOLHA: "Haddad sobe 9 pontos, Bolsonaro 4, Ciro se mantém, Mariana e Geraldo caem"

O Datafolha divulgou nesta sexta-feira (14) o resultado da mais recente pesquisa de intenção de voto na eleição presidencial. A pesquisa ouviu 2.820 eleitores entre quinta (13) e sexta-feira (14).
De  acordo com os números, Bolsonaro subiu 4 pontos, Haddad 9 e Ciro, Marina e Geraldo caíram.
O nível de confiança da pesquisa é de 95%. Isso quer dizer que há uma probabilidade de 95% de os resultados retratarem a realidade, considerando a margem de erro, que é de 2 pontos, para mais ou para menos.