.

domingo, 9 de agosto de 2015

PARELHAS: "Acompanhado do prefeito Vereador Frank Professor recebe Governador do Estado"

O vereador Frank professor Participou nesta sexta  (08/08) da visita do Governador Robinson Faria a cidade de Parelhas, na parte da manhã o vereador  Frank, o prefeito Francisco e o governador Robinson participaram da inauguração da empresa  Thor mineração, uma importante empresa que vai beneficiar os blocos de granito explorados em Parelhas, gerando  vários empregos, depois a comitiva visitou  a cerâmica de Dario e na tarde a facção de Eva, no final da tarde  na Câmara municipal de Parelhas o governador Robinson Faria assinou a concessão de terrenos para criação de um polo para as facções de Parelhas, para construção de casas populares, para a atividade cultural dos Jipeiros e para construção de quadras de esportes.
Durante a visita o vereador Frank Professor e o prefeito Francisco, cobraram do Governador investimento no nosso município, como a operação tampa buraco, a instalação de poços do programa água para todos e investimentos para o hospital do município de Parelhas.

UTILIDADE PÚBLICA: "Campanha de vacinação contra a paralisia infantil começa em 15 de agosto‏"

De 15 a 31 de agosto o Rio Grande do Norte participa da Campanha Nacional de Vacinação contra a Poliomielite do ano de 2015 e da Campanha Nacional de Multivacinação para Atualização de Caderneta de Vacinação, sendo 15 de agosto, o dia de divulgação e mobilização nacional (Dia “D”).
 
A ação é desenvolvida pelo Ministério da Saúde, integrada e articulada às Secretarias Estaduais e Municipais de Saúde. Esta será a 36ª Campanha Nacional de Vacinação contra a Poliomielite e neste ano comemora-se o 26º ano sem a doença no país, estando livre do poliovírus desde 1990.
 
O grupo alvo da campanha contra a poliomielite são as crianças de seis meses à menores de cinco anos (04 anos, 11 meses e 29 dias), independentemente de terem sido vacinadas em outra situação. A expectativa é vacinar 95% deste público, o que corresponde a 203.065 crianças em todo o RN.

PARELHAS: "Governador visita a Thor Mineração, cerâmica, facção têxtil

O governador Robinson Faria visitou a Fazenda Maracujá, onde é instalada uma das maiores fábricas de cerâmica de Parelhas. Na ocasião, conversou com os trabalhadores e posou para fotos ao lado do empresário Dário Soares e seus funcionários. Em seguida, Robinson Faria visitou a facção têxtil JIJ Confecções, uma das diversas facções do ramo naquela cidade e que emprega quase 90 pessoas.
 
A doação do Governo de um terreno para a Associação dos Faccionistas do Seridó  (Afase) vai possibilitar que cerca de 15 facções construam seus barracões e consolidem o Polo têxtil em Parelhas. "Até Dezembro esperamos já estar instalados", disse Eva Vilma Panício, presidente da Afase. "Nós queremos o fortalecimento também das pequenas fábricas e facções têxteis no nosso Estado. O Pró-Sertão é uma importante ferramenta para que sejamos cada vez mais competitivos", enfatizou Robinson Faria.

DILMA: “Ninguém vai tirar a legitimidade que voto me deu”

A presidente Dilma Rousseff (PT) afirmou na tarde da última sexta-feira (7) que “ninguém vai tirar a legitimidade que o voto me deu”, em resposta às manifestações a favor do impeachment e pela realização de novas eleições.
“Esse país é uma democracia, e uma democracia respeita sobretudo a eleição direta pelo voto popular. Eu respeito a democracia do meu país, respeito o voto”, declarou durante cerimônia de entrega de moradias do programa Minha Casa, Minha Vida em Boa Vista. “Podem ter certeza que, além de respeitar, eu honrarei o voto que me deram.”
“Quero dizer que ao longo da vida eu passei por muitos momentos difíceis. Eu sou uma pessoa que aguenta pressão, aguenta ameaça.

NATAL: "Ex-prefeita e ex-deputado do RN viram réus em ação de peculato"

A Justiça do Rio Grande do Norte recebeu nesta sexta-feira (7) a denúncia do Ministério Público Estadual contra a ex-prefeita Micarla de Sousa, o ex-deputado estadual Gílson Moura e mais sete pessoas por desvio de recursos públicos. Agora réus no processo de peculato, os acusados foram denunciados por irregularidades em convênios na Secretaria Municipal de Trabalho e Assistência Social (Semtas) e a   Associação de Atividades de Valorização Social (Ativa) entre junho e dezembro de 2010.
Na denúncia aceita pelo juiz Raimundo Carlyle de Olveira Costa, da 4ª Vara Criminal, além de Micarla de Sousa e Gílson Moura, viraram réus no processo o ex-secretário da Semtas, Aldedo Borges, Alan Cândido de Oliveira, João Valentim da Costa Neto, João Indaleto Guimarães Neto, Jefferson de Souza Bezerra, Orlando Francisco de Queiroz Júnior e Bruno Rocha de Souza.