.

quarta-feira, 21 de novembro de 2018

SOLIDARIEDADE: "Menina de 06 anos precisa de nossa ajuda"


Esta é Melry, ela tem 6 anos e descobriu que estar com um tumor na face e precisa urgentemente fazer a cirurgia. 
O custo é muito alto a família dela não tem condições de arcar com os custos e por isso pede a nossa ajuda. 

Quem puder ajudar os dados abaixo são da conta que está arrecadando.
      "Cada uma contribua segundo proposto no seu coração"
                                  2 Coríntios 9: 7
                                     
Banco do Brasil 
Ag. 1106-1
C/c: 25.897-0
Erica Fernanda Silva

PARELHAS: "Tarcísio da Costa deverá ser candidato a prefeito"


O ex-secretário de saúde Tarcísio da Costa Clementino, vem expressando o desejo de disputar a cadeira de prefeito nas eleições de 2020.

Ainda sem partido, o ex-vereador, tem colocado a disposição seu nome para ser analisado pela população parelhense.

"Não quero impor nada, não sou nenhum empecilho, quero colocar meu nome, meus serviços prestados e minha experiência, para que passe pelo crivo do eleitor. Sei que tenho muito a contribuir para o desenvolvimento de minha cidade". Disse Tarcísio ao Blog




Discurso anti-corrupção de Bolsonaro cai antes da posse, futuro governo já começa permeado de corruptos

Não foi preciso nem esperar pela posse. Ainda na fase de transição, virou fumaça aquela ideia de que Jair Bolsonaro é intransigente com os malfeitos. Ao contrário do que havia prometido aos seus eleitores, o novo presidente jogou no balcão das barganhas políticas um pedaço do primeiro escalão do governo. Bolsonaro entregou, por ora, três ministérios a deputados federais do DEM. Fez isso à sua maneira.
Em vez de negociar diretamente com o partido, Bolsonaro tirou um ministro do bolso do seu colete e negociou outros dois com as bancadas temáticas da Agricultura e da Saúde. O efeito é o mesmo: os deputados são alçados à Esplanada no pressuposto de que as bancadas supraprartidárias que os apoiam votarão com o governo no Congresso. O capitão diz estar fazendo nomeações técnicas. Pode dar o nome que quiser. Mas será sempre uma nova maneira de batizar o velho costume do toma-lá-dá-cá.
O deputado-ortopedista Luiz Henrique Mandeta, novo ministro da Saúde, é investigado por fraude em licitação, tráfico de influência e caixa dois. Coisas relacionadas à sua passagem pela Secretaria de Saúde de Campo Grande. A deputada-ruralista Tereza Cristina, ministra da Agricultura, deu incentivos fiscais para a JBS como secretária do governo de Mato Grosso do Sul numa época em que fazia negócios com o grupo empresarial. Seu nome consta de documentos entregues à Procuradoria por delatores da JBS. E o deputado Onyx Lorenzoni, chefe da Casa Civil de Bolsonaro, é mencionado em dois enredos de caixa dois —um deles confessado.
Como se fosse pouco, também o Posto Ipiranga Paulo Guedes é investigado pela Procuradoria por suspeita de ilegalidades cometidas em transações financeiras com fundos de pensão de estatais.
Bolsonaro costuma dizer que nenhum dos seus escolhidos é réu. Michel Temer dizia a mesma coisa. Mas certas decisões têm um custo político. Bolsonaro poderia ter optado pelo custo zero. Preferiu adotar uma coreografia que impôs um déficit estético a um governo que ainda nem começou.
Josias de Souza

Tem prefeito do seridó sem dormir pensando em 2020

Se tem uma coisa que vem tirando o sono de um prefeito do Seridó, são as próximas eleições municipais.

O chefe do executivo está no seu primeiro mandato e será candidato a reeleição, mas sente que a as suas bases estão se esfacelando.

Rumores  dão conta de que o atual prefeito aposta no radicalismo político, Vermelho X Verde e Verde X Vermelho.
Porém, entretanto, sobretudo...
Tem muito aliados, que estão mudando de cor, por se sentirem desprestigiados e esquecidos.
Se tem algo tirando o sono desse prefeito é o segundo semestre de 2020, a gestão até que não anda mal, mas em compensação, o lado político é uma tragédia anunciada.


Mineiro lembra que “Kerinho” não prova quitação eleitoral

“Ele (“Kerinho”) não apresentou documento de quitação eleitoral no prazo. Essa é a questão central, de acordo com os advogados. Mas vamos aguardar o julgamento”.
Essa declaração acima é do deputado estadual Fernando Mineiro (PT), eleito à Câmara Federal no último dia 7 de outubro pela Coligação Do lado Certo.
Ouvido pelo Blog Carlos Santos agora à noite sobre relatório técnico da Secretaria de Tecnologia da Informação (STI) do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), relativo à documentação que teria sido entregue pelo candidato Kericlis Alves Ribeiro (PDT), o “Kerinho”, Mineiro deixou claro o “xis” da questão.
“A Secretaria de Informática do TSE informou que o Kerinho entregou alguns documentos, mas da relação não consta a quitação eleitoral. O processo vai ser julgado pelo TSE”, disse.
Na postagem abaixo sob o título TSE tem relatório técnico que pode mudar eleição no RN, esta página esclarece nitidamente que nenhuma decisão foi tomada de forma monocrática (individual) em em acórdão (colegiado) pelo TSE, favorecendo o deputado federal Beto Rosado (PP). Ele pode se reeleger e ocupar vaga do petista, se os 8.990 votos de Kerinho forem computados.
Também nada foi prolatado em desfavor de Mineiro.
Blog do Carlos Santos