.

sexta-feira, 22 de abril de 2016

VÍDEO: "Robinson é vaiado e chamado de golpista em Assu"


Dias após o PT romper com o seu Governo, o governador Robinson Faria (PSD) ainda tenta colher os frutos das ações do Governo Federal.
Nesta quarta-feira (20), Robinson foi à Assú, participar da entrega de 396 casas do Programa Minha Casa Minha Vida, onde recebeu vaias aos gritos de “golpista”.
O fato se referiu ao voto dado pelo deputado federal Fábio Faria (PSD), filho do governador, favorável ao impeachment da Presidente Dillma Rousseff (PT).
O empreendimento recém entregue ajudará a diminuir o déficit habitacional da capital do Vale do Açu, hoje estimado em 1500 moradias.
Também acompanharam o evento, o deputado estadual Ricardo Motta, o superintendente estadual do Banco do Brasil, Ronaldo Alves, o delegado federal do Ministério da Integração Agrária para o Rio Grande do Norte, Caramuru Paiva, e o deputado federal Antônio Jácome.

MAU EXEMPLO: "Golpista Henrique Alves tem Carteira de Motorista apreendida na Blitz do Bafômetro em Natal"

O ex-ministro do Turismo e golpista, Henrique Eduardo Alves  se recusou a fazer um teste de bafômetro ao ser parado em uma blitz realizada pela Polícia Militar e Detran na madrugada da última quinta-feira (21) na Zona Sul de Natal. .Como não soprou o aparelho, a carteira de habilitação dele ficou retida.
Henrique Alves tem até cinco dias úteis para ir ao Detran reaver o documento. Sem o teste do bafômetro não ficou comprovada a ingestão de bebida alcoólica. Assim, ele não vai responder criminalmente. Mas, ele ainda vai responder administrativamente e vai pagar multa de R$ 1.915,40.

REAÇÃO: "Mais de um milhão de internautas pedem a cassação de Cunha"

O Globo
Mais de um milhão de internautas já assinaram uma petição online pedindo a cassação do mandato do presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ). A campanha, hospedada na plataforma global Avaaz, foi criada em outubro do ano passado, mas viu o número de assinaturas explodir após a votação pela abertura do processo de impeachment contra a presidente Dilma Rousseff.
Segundo Diego Casaes, coordenador de campanhas no Brasil e membro da Avaaz há cinco anos, a petição havia conquistado 250 mil apoiadores até o fim do ano passado. Um primeiro boom foi identificado quando as notícias sobre contas na Suíça do deputado foram divulgadas, mas o ritmo de adesões arrefeceu. Até abril deste ano, o site contava 330 mil assinaturas.
Depois que a Câmara votou favoravelmente ao envio do processo de impeachment para julgamento no Senado, o coordenador da Avaaz notou um grande aumento no número de assinaturas — usando o jargão, ela havia se tornado “viral”. Por volta das 14h15m da terça-feira, a petição atingiu o milionésimo apoiador. Na tarde de quarta feira, outras 200 mil pessoas já tinham assinado.




Mineiro acusou Fábio Faria e o governo de traidores

O deputado Fernando Mineiro, do Partido dos Trabalhadores, tem feito desabafos na imprensa e no plenário da assembléia Legislativa, acusando o Governo Robinson Faria e seus seguidores, em especial, seu filho Fábio Faria, de traidores do PT.
Estiveram aliados, PT e PSD, na campanha eleitoral, aliança que possibilitou Robinson chegar ao governo do estado. O RN foi dos poucos estados do Brasil, que contou com a presença de Lula no programa eleitoral de televisão, recomendando a candidatura de Robinson Faria. O deputado Mineiro não se conforma de ver seu partido agora abandonado pelos antigos aliados e dispara: “traidores e golpistas”.
O Diário Oficial dessa quarta feira, dia 20, seguindo orientação do PT que colocou todos os cargos à disposição do governo, traz a exoneração dos cargos indicados pelo partido. Fica decretado assim, o afastamento do PT em definitivo, selando o rompimento. Pessoas ligadas ao Partido dos Trabalhadores, têm feito côro às acusações de Mineiro, revoltadas com o comportamento do governo, em relação ao PT.

BRASIL: "Manifestantes protestam contra Temer em São Paulo"

Manifestantes do movimento Levante Popular da Juventude fizeram um ato na manhã de hoje (21) em frente à residência do presidente em exercício Michel Temer, no Alto de Pinheiros, zona oeste da capital paulista.
Carregando cartazes com imagens de Temer, instrumentos musicais, coreografias e gritos de “Não vai ter golpe”, os manifestantes protestaram entre as 08h e as 09h da manhã. Eles deixaram o local em um ônibus.
Segundo Larissa Sampaio, uma das integrantes do movimento, o ato foi destinado a chamar a atenção para o que chama de golpe contra a presidenta da República, Dilma Rousseff.

ZÉLIA DUNCAN: "Andamos tão enviesados moralmente que, no Brasil, até o diabo pede misericórdia e todos dizem amém!”

A cantora Zélia Duncan fez uma dura crítica ao deputado Jair Bolsonaro, que dedicou seu voto do impeachment a um coronel da ditadura, e disse que ele mantém um ‘pacto sinistro’ com o presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB):
“O rei dos réus presidindo a sessão já deveria ser ilegal, e, eu pergunto: exaltar assassinos confessos na hora de um voto tão importante para todos não seria também algo que precisa de uma consequência? Esse mesmo sujeito, Jair Voldemort Bolsonaro, exalta também Eduardo Cunha, o cínico dos cínicos, esfrega na nossa cara esse poder sombrio que os une, o poder de tirar o pudor do armário. O pudor de ser uma criatura da lama virou orgulho de repente. Andamos tão enviesados moralmente que, no Brasil, até o diabo pede misericórdia e todos dizem amém!”, escreveu ela em artigo.