.

domingo, 25 de janeiro de 2015

MANDATO POPULAR: "Vereador Frank Professor faz balanço de suas ações desenvolvidas no ano de 2014"

O vereador Frank Professor fez um balanço de seu mandato, relativo às suas ações no ano de 2014, a entrevista foi concedida a jornalista Joelma de Souza, no dia (22/01) na Revista da Rural, na oportunidade o vereador fez um resumo dos principais projetos e requerimentos apresentados em 2014, como também falou de sua parceria com a senadora Fátima Bezerra e com o Prefeito Francisco Medeiros.
Veja a entrevista pelo link:

PARELHAS: "Oposição deve se reunir na próxima terça-feira"

A informação é do Vereador e Secretário da Mesa Diretora, Aurélio Buriti, que em contato com o Blog afirmou que na próxima terça-feira os vereadores que fazem oposição, juntamente com o médico Dr. Tiago Almeida, irão se reunir para traçarem metas de atuação na Câmara nos últimos dois anos da gestão.
O vereador informou também que tratarão de assuntos referente as demandas do município, que levarão ao Governador do estado, em audiência prevista para o mês de fevereiro.

E HAJA CRIATIVIDADE: "Mulher é presa em Alcaçuz com droga e chips dentro de pomada para coceira"

Uma jovem de 20 anos foi presa na manhã deste sábado (24) ao tentar entrar com maconha e quatro chips de celular na Penitenciária Estadual de Alcaçuz, maior unidade prisional do Rio Grande do Norte. A droga e os chips estavam escondidos dentro da bisnaga de uma pomada dermatológica usada em casos de coceira na pele.
Diretora da penitenciária, Dinorá Simas explicou ao G1 que o material apreendido seria entregue ao companheiro da suspeita. O preso, que cumpre pena por arrombamento de um residência no bairro de Ponta Negra, na Zona Sul de Natal, foi identificado como Jonatha Paulo França de Souza, de 22 anos.
 
“A moça foi presa em flagrante. Ela ficou muito nervosa durante a revista e os agentes acabaram desconfiando de que havia algo errado. Ela gora vai responder pela tentativa de entrar com o material proibido na penitenciária e o namorado dela também será autuado”, afirmou Dinorá.
 
A Penitenciária Estadual de Alcaçuz fica na cidade de Nísia Floresta, na região Metropolitana da capital potiguar. Em média, recebe aproximadamente 200 mulheres durante os finais de semana, quando acontecem as visitas sociais. Atualmente, a unidade possui aproximadamente 900 detentos. 

Deputados não reeleitos aumentaram gastos com publicidade e consultoria em Brasília

Ciro Marques
Repórter de Política
No aspecto financeiro, as saídas de Betinho Rosado (PP), João Maia (PR), Paulo Wagner (PV) e Sandra Rosado (PSB), não foram das melhores para a Câmara Federal, em Brasília. Isso porque o trio aumento em mais de R$ 80 mil os gastos da cota indenizatória no segundo semestre deste ano se comparado com o mesmo período do ano anterior. Detalhe que em 2014, o segundo semestre quase não teve sessões plenárias e trabalho legislativo, devido às eleições e o recesso parlamentar.
A cota indenizatória é um valor disponibilizado pela Câmara Federal para que os deputados não tirem dos seus bolsos os gastos inerentes a atividade parlamentar. Dessa forma, é somada à utilização da cota os gastos com aluguel de veículos, gasolina, passagem de avião, manutenção de escritórios, consultoria, alimentação e, até, divulgação da atividade parlamentar.
Geralmente, essas despesas somam, todo mês, cerca de R$ 30 mil. Por isso, chamou a atenção o mês de dezembro, quando o deputado João Maia gastou quase R$ 124 mil da cota indenizatória, tendo uma despesa com divulgação parlamentar que se aproximou dos R$ 80 mil. E não foi só. Durante todo o segundo semestre, o presidente estadual do PR gastou R$ 240 mil da cota indenizatória, mesmo tendo comparecido a poucas sessões plenárias (foi apenas uma em dezembro). No ano passado, apesar da atividade parlamentar ter sido bem mais “intensa”, João Maia gastou “apenas” R$ 218 mil.
SANDRA ROSADO
Apesar das despesas elevadas, o deputado federal do PR, que tentou ser vice-governador do RN na chapa de Henrique e não conseguiu, não foi o que teve a maior diferença entre despesas de 2013 e 2014. A campeã nisso foi Sandra Rosado, que tentou se reeleger para a Câmara Federal, mas não conseguiu, com uma diferença de quase R$ 50 mil de um ano para o outro.
No segundo semestre de 2013, a deputada federal do PSB gastou R$ 212 mil da cota indenizatória somando todos os meses. Em 2014, a quantia pública utilizada pela parlamentar para trabalhar aumentou para R$ 261 mil. Foram R$ 42 mil em julho, quando começou a campanha eleitoral, R$ 36 mil em agosto; R$ 17 mil em setembro e surpreendentes R$ 87 mil em outubro, mês que ela perdeu a eleição.
Desse montante gasto em outubro, Sandra Rosado gastou R$ 55 mil divulgação da atividade parlamentar, tendo imprimido 100 mil “informativos sobre o trabalho legislativo”, o que até levanta suspeitas sobre a utilização de dinheiro público para custear gastos da campanha. A nota fiscal da despesa assinada no dia 24 de outubro, 20 dias após a derrota eleitoral de Sandra Rosado.
Em novembro e dezembro, já derrotada na disputa eleitoral, Sandra Rosado não reduziu as despesas públicas da Câmara Federal com seu mandato. Gastou mais R$ 57 mil em novembro, com o pagamento de R$ 50 mil a Associação Nacional da Gestão Pública (Angesp), que tem como secretário-geral o ex-prefeito de Bento Fernandes, Robenilson Ferreira – condenado recentemente na Justiça Eleitoral e com processos também no Ministério Público do RN. A Angesp elaborou para Sandra dois trabalhos de consultoria que resultaria em dois artigos de 10 páginas. Cada um, então, custou R$ 25 mil.
PAULO WAGNER
Aposentado por invalidez, o deputado Paulo Wagner também aumentou consideravelmente seus gastos da cota indenizatória no segundo semestre de 2014, principalmente, em outubro e novembro, dois últimos meses antes de conseguir a aposentadoria. No ano passado, gastou R$ 219 mil, contra apenas R$ 205 mil do ano anterior – detalhe que, em dezembro, o parlamentar foi substituído por Rose de Souza, então, praticamente, não gastou nessa data.
Detalhe que, assim como Sandra Rosado, Paulo Wagner também contratou a Angesp para fazer serviços de consultoria. O problema é que, para o parlamentar do PV, foram bem mais gastos com isso. Foram, simplesmente, quatro contratos. Um de R$ 15 mil, um de R$ 20 mil e dois de R$ 25 mil em apenas dois meses, o que resultou em R$ 95 mil pagos pela Câmara Federal por consultoria a um deputado que estava prestes a se aposentar.
BETINHO ROSADO
Betinho Rosado, líder do PP no Rio Grande do Norte, também aumentou suas despesas com a cota indenizatória neste ano, mesmo não tendo sido candidato a reeleição – apoiou a vitória do filho, Beto Segundo, também pepista. Betinho gastou R$ 226 mil no segundo semestre de 2014, contra R$ 212 no mesmo período de 2013.
Henrique Eduardo Alves (PMDB) e Fátima Bezerra (PT) fogem a regra dos que não renovaram seus mandatos, mas também não aumentaram os gastos da cota indenizatória na bancada potiguar na Câmara Federal. Henrique reduziu de R$ 244 mil gastos em 2013 para apenas R$ 114 mil em 2014. Fátima Bezerra chegou aos R$ 107 mil no ano passado e foi de R$ 202 mil no ano anterior.
ROSE
Irmã de Micarla de Sousa, ex-prefeita de Natal, a deputada federal Rose de Freitas assumiu o lugar de Paulo Wagner (aposentado por invalidez) em novembro e, em apenas dois meses, já gastou quase R$ 40 mil em verba indenizatória da Câmara. Em dezembro, foi mais de R$ 26 mil, sendo R$ 15 mil, destinado a divulgação da atividade parlamentar, com a contratação da agência de Notícias Congresso.

CRISE NO PSB DO RN

O Partido Socialista Brasileiro poderá sofrer alterações em seu comando no Rio Grande do Norte. De acordo com informações obtidas pela editoria de Política da GAZETA DO OESTE, a vice-prefeita de Natal, Wilma de Faria está na iminência de ser destituída do cargo de dirigente da legenda.
A crise enfrentada na legenda socialista teve início no ano passado, com o insucesso eleitoral do PSB que perdeu a disputa pelo Senado da República, com a própria Wilma de Faria, além de perder a cadeira que ocupava na Câmara dos Deputados, ocupada pela deputada federal Sandra Rosado e reduzir de três para apenas duas cadeiras na Assembleia Legislativa, com a derrota da deputada estadual Larissa Rosado.
* Gazeta do Oeste

UTILIDADE PÚBLICA: "INSS começa pagamentos dos aposentados amanhã"

Os aposentados que recebem até um salário mínimo começam a receber o benefício referente a janeiro amanhã já com o novo salário mínimo de R$ 788,00.
O pagamento dos beneficiários que têm o cartão com o final 1, desconsiderando o dígito, continua até o dia 6 de fevereiro. Os segurados que recebem acima do salário.