.

segunda-feira, 18 de setembro de 2017

SANTANA DO SERIDÓ: "Cidade recebe hoje(18) o Programa Amigos do Peito. Participe, previna-se!


Atendimentos acontecem á partir das 08:00hs da manhã, no Centro Cultural.

BLOG RECOMENDA: "Economia de verdade é na Mercearia do Cotôco, o LÍDER em preços baixos"


PARELHAS: "Moradora de "Detrás da Serra" denunciam que os filhos estão perdendo aula por falta de transporte escolar"

Alunos das comunidades que ficam por detrás da serra da Barragem Boqueirão, estão a mais de oito dias sem frequentarem uma sala de aula, por falta de transporte escolar.

Uma moradora,  usou a sua página no facebook para pedir explicações ao poder público municipal. 

Ela que saber o porque de o ônibus "amarelinho" simplesmente não passar nas comunidades a mais de oito dias e com isso os alunos estão sendo prejudicados, porque não tem como chegar a sala de aula.
A preocupação da moradora, faz muito sentido, uma vez que o referido ônibus deixou de passar pelas comunidades Barra e Carnaúba dos Bezerras, sem nenhuma explicação por parte da prefeitura, ou da Secretaria Municipal de Educação. Simplesmente, deixou de passar e pronto!

Nunca é demais lembrar aos nossos gestores, que a educação é a base de tudo.

Com a palavra o órgão competente...



INACREDITÁVEL: "Temer será homenageado pelo Congresso Nacional"

O PMDB está tão certo de que o presidente Michel Temer não será afastado que fez dele um dos principais homenageados de seu congresso nacional, dia 4 de outubro.
No ato, a história da sigla será apresentada em fases.
Ulysses Guimarães será o ícone da resistência democrática, José Sarney aparecerá como o agente que consolidou a democracia e Temer como o que liderou a reconstrução do país pós-Dilma. (Painel – Folha de S.Paulo)
O PMDB colocou na conta do governador Geraldo Alckmin o fato de a bancada do PSDB de São Paulo ter votado praticamente inteira contra o governo. Recentemente, o tucano negou ter sido o responsável pelo resultado.
Alckmin disse que, com a sigla dividida, aconselhou o líder, que é paulista, a liberar a bancada para votar como julgasse melhor. Tenta diminuir a antipatia do PMDB às suas pretensões presidenciais para 2018.
O governador reforçou que, se tivesse endossado a ofensiva da ala anti-Temer — que se mostrou menos numerosa –, transmitiria o sinal de que não consegue liderar os deputados.
Robson Pires

Desembargador Cláudio Santos sai em defesa das facções de costura

O desembargador Cláudio Santos foi a primeira voz a defender um debate em torno da ação do Ministério Público do Trabalho envolvendo as facções de costura do Seridó e também a Guararapes.
Ao participar da audiência pública neste sábado (16), em São José do Seridó, Cláudio Santos criticou a postura do Ministério Público do Trabalho.
“Acima de qualquer lei, portaria ou norma jurídica está o princípio do direito ao trabalho, principalmente numa região (Seridó) que não tem riquezas e um exemplo isolado não serve de regra geral para todos. O Ministério Público do Trabalho está sendo contra o trabalhador e não a favor”, afirmou.
Heitor Gregório

XADREZ: "Mais da metade do ‘quadrilhão’ do PMDB já está presa"

Quatro dos sete acusados pelo procurador-geral da República Rodrigo Janot de integrarem o ‘quadrilhão’ do PMDB – supostamente liderado pelo presidente da República – já estão atrás das grades. São eles: os ex-presidentes da Câmara Eduardo Cunha e Henrique Eduardo Alves, o ex-ministro Geddel Vieira Lima (pela segunda vez) e o ex-assessor especial de Michel Temer, Rodrigo Rocha Loures, o ‘homem da mala da JBS’.
Houve um tempo em que os quatro desfrutaram de poder e prestígio político em Brasília até que, ao longo do último ano, foram tirados de circulação pela PF no bojo de operações distintas, todas deflagradas para combater corrupção e lavagem de dinheiro – Lava Jato, Manus, Pátmos e Tesouro Perdido.
Na denúncia que levou ao Supremo Tribunal Federal na quinta-feira, 14, contra Temer e seus aliados históricos, Janot afirma que a liderança do ‘quadrilhão’ era exercida pelo presidente. Também fazem parte do grupo, segundo a acusação, os ministros Eliseu Padilha (Casa Civil) e Moreira Franco (Chefe da Secretaria-Geral da Presidência da República).
Todo o ‘quadrilhão’ foi denunciado por organização criminosa na última flechada de Janot, que encerra seu segundo mandato neste domingo, 17. As informações são de Julia Affonso e Luiz Vassallo, O Estado de São Paulo.


INTERVENÇÃO MILITAR: "General do Exército ameaça ‘impor solução’ para crise política no país"

Um general da ativa no Exército, Antonio Hamilton Mourão, secretário de economia e finanças da Força, afirmou, em palestra promovida pela maçonaria em Brasília na última sexta-feira (15), que seus “companheiros do Alto Comando do Exército” entendem que uma “intervenção militar” poderá ser adotada se o Judiciário “não solucionar o problema político”, em referência à corrupção de políticos.
Mourão disse que poderá chegar um momento em que os militares terão que “impor isso” [ação militar] e que essa “imposição não será fácil”. Segundo ele, seus “companheiros” do Alto Comando do Exército avaliam que ainda não é o momento para a ação, mas ela poderá ocorrer após “aproximações sucessivas”.
“Até chegar o momento em que ou as instituições solucionam o problema político, pela ação do Judiciário, retirando da vida pública esses elementos envolvidos em todos os ilícitos, ou então nós teremos que impor isso.”
O general afirmou ainda: “Então, se tiver que haver, haverá [ação militar]. Mas hoje nós consideramos que as aproximações sucessivas terão que ser feitas”. Segundo o general, o Exército teria “planejamentos muito bem feitos” sobre o assunto, mas não os detalhou. As informações são de RUBENS VALENTE, Folha de São Paulo.