.

quinta-feira, 29 de dezembro de 2016

PARELHAS: "Vereador Frank Professor devolverá R$102.000,00 aos cofres da prefeitura"

O Presidente da Câmara Frank Kleber de Lima, vai devolver á prefeitura R$ 102.000,00.
Em 2015 o vereador Frank devolveu ao cofres  R$ 65.000,00 , que juntando com a devolução deste ano, soma-se R$ 167.000,00.
Mesmo devolvendo todo esse montante, o presidente conseguiu modernizar a Câmara, tanto na parte de móveis, como na de informática.
Com esse dinheiro devolvido o prefeito Francisco Medeiros conseguiu fechar algumas contas da gestão e complementar a folha de pagamento..

POLÍTICA: "Nazilda Tavares não será mais Secretária de Educação"

De acordo com a própria vice-prefeita eleita, Nazilda Tavares, a Secretaria de Educação continuará sob os cuidados  da professora Maria de Lourdes( Mocinha de Babi).
Em um grupo de WatsApp a também professora Nazilda, socializou que não será mais a Secretária de Educação, segundo ela, só assumiria o cargo se Mocinha não quisesse. "Como Mocinha resolveu ficar, eu serei apenas vice-prefeita eleita". Declarou Nazilda

CURRAIS NOVOS: "Chuvas chega á cidade acompanhada de muito vento"

No inicio da tarde desta quarta-feira (28/12), uma pequena chuva veio a cair no solo curraisnovense, antecedida por uma grande ventania, que chegou a derrubar, pelo menos, um muro, o do estacionamento do Mediterrâneo Eventos e Recepções, além de fazer com o que uma grande quantidade de poeira causando uma grande poluição atmosférica. Logo após a grande ventania, veio a água.
Veja acima, foto que chegou até os editores do Blog por meio do WhatsApp e Facebook. Em contato com o amigo "Rádio Globo", que reside na rua Bernadete Xavier, bairro Gilberto Pinheiro, nos foi relatado que no pluviômetro instalado na residência do mesmo, foram medidos 8mm.
Fonte: Edmilson Sousa

BOA NOTÍCIA: "Municípios vão receber recursos da repatriação no dia 30/12, diz Fazenda"

Brasília – Os municípios vão receber os recursos do programa de repatriação na sexta-feira, dia 30 de dezembro. De acordo com o Ministério da Fazenda, as ordens de pagamento serão emitidas nesta quinta-feira, dia 29, para que os municípios possam contabilizar os recursos ainda no ano de 2016. Segundo a pasta, serão depositados R$ 4,449 bilhões.
Os prefeitos estavam receosos de que os recursos só entrassem efetivamente nos cofres municipais em 2017. Isso poderia ocorrer se o Tesouro Nacional autorizasse o pagamento apenas no dia 30 de dezembro, que, para o sistema bancário, é considerado o último dia útil do ano para realização de operações financeiras. De acordo com o Ministério da Fazenda, esse risco não existe.
A Frente Nacional de Municípios (FNP) e o PSB chegaram a entrar com ação no Supremo Tribunal Federal (STF) para antecipar o recebimento desses recursos, mas a corte negou o pedido nesta terça-feira, 27.
O dinheiro da repatriação integrará a terceira parcela mensal de repasses do Fundo de Participação dos Municípios (FPM). Nessa mesma data, o governo também vai depositar o valor devido aos municípios pelo Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação (Fundeb), que somará R$ 1,053 bilhão.
Ao todo, considerando o dinheiro da multa da repatriação e do Fundeb, os municípios vão receber R$ 5,502 bilhões no dia 30 de dezembro.
O governo pretendia repassar os recursos aos municípios apenas em 2017, mas diante da reação dos prefeitos, retificou a Medida Provisória 753, que trata da divisão dos recursos. Pela nova versão, publicada no dia 20 de dezembro, um dia depois da primeira publicação, os efeitos da medida para os municípios passam a valer a partir de 30 de dezembro deste ano.

Blog do Primo

RN: "Igarn divulga último relatório da situação volumétrica dos reservatórios do estado"

O Instituto de Gestão das Águas do RN (Igarn) monitora 47 reservatórios, com capacidade superior a cinco milhões de metros cúbicos, em todo o Estado do Rio Grande do Norte. O último relatório da situação volumétrica de 2016, divulgado nesta quarta-feira (28), registra redução no volume dos reservatórios por todo o Estado, apesar das boas perspectivas de chuva para o próximo ano.
Dos 47 reservatórios do estado monitorados pelo Igarn, 12 já estão em volume morto, o que corresponde a 25% do total. Outros 21 estão secos, em porcentagem, 44%. Somando-se os números, 69% dos açudes estão em estado crítico.
Maior reservatório do estado, a Barragem Armando Ribeiro Gonçalves, com uma capacidade de 2,4 bilhões de metros cúbicos, atualmente possui 365,57 milhões de metros cúbicos, 15,23% do seu volume total. A barragem Santa Cruz do Apodi, com capacidade total de 600 milhões de metros cúbicos, está com 115,46 milhões de metros cúbicos, 20% do seu volume total, que é de 600 milhões.  Já Barragem de Umarí, em Upanema, com capacidade total de 292,8 milhões de metros cúbicos, está com 27,76, 9,48% do seu volume.
Pelos dados atuais, o açude Zangalheiras, situado em Jardim do Seridó, deverá secar nos próximos dias. Caso as previsões climáticas não se confirmem e não exista uma recarga considerável, até dezembro de 2017 outros nove reservatórios deverão chegar ao seu volume morto.
Sobre a disponibilidade hídrica do Estado
A disponibilidade hídrica total do Rio Grande do Norte é de 4.411.787.259 metros cúbicos, em 2010 o Estado estava com 73,30% de sua capacidade hídrica, em 2011, devido ao bom período chuvoso o índice chegou a 89,52%. Nos anos posteriores, devido à estiagem os percentuais baixaram, em 2012 para 60,80%; 2013 para 42,39%; 2014 chegando a 37,39%; 2015 com 23,79%; e em 2016 com chegando a 12,75% registrados neste último relatório.

PODER: "Temer libera R$ 1,2 bi para construção de presídios e modernizar sistema penal"

O governo federal vai liberar R$ 1,2 bilhão do Fundo Penitenciário Nacional (Funpen) para investimentos na construção de presídios e modernizações do sistema penal. O repasse será feito aos estados nesta quinta-feira (29) e representa, de acordo com o porta-voz da Presidência, Alexandre Parola, o "maior investimento jamais realizado no sistema penitenciário no Brasil".
O anúncio dos recursos foi possível, segundo o governo, depois que o presidente Michel Temer editou a Medida Provisória (MP) 755 na semana passada, permitindo a transferência direta de recursos do Funpen aos fundos estaduais e do Distrito Federal. Alexandre Parola informou que esta será a primeira liberação das verbas, após a edição da MP. Segundo ele, R$ 799 milhões serão destinados à construção de penitenciárias. O porta-voz destacou que o objetivo é diminuir a superlotação dos presídios.
Outros R$ 321 milhões serão utilizados em projetos de cidadania e na qualificação dos serviços penais. "Nessa categoria, contempla-se ainda a aquisição de novos equipamentos, como por exemplo os scanners que substituirão as revistas físicas das pessoas que visitam os presos", afirmou Parola a jornalistas, no Palácio do Planalto.
De acordo com o porta-voz, a autorização de Temer para os repasses permite a aceleração dos investimentos em uma área com "carência histórica". "A liberação desses recursos deve permitir que se coloquem em marcha o mais brevemente possível as medidas e os investimentos não somente para modernizar, mas também para humanizar as condições do sistema prisional em nosso país", disse.
Ao editar a MP 755 – que já tem força de lei, mas precisa ser aprovada pelo Congresso Nacional –, o governo colocou como justificativas a urgência de se liberar os recursos do Funpen, que antes ficavam presos por causa da burocracia, para a superação de um déficit de mais de 249 mil vagas no sistema carcerário brasileiro.