.

sábado, 20 de maio de 2017

BLOG RECOMENDA: "Almoço do domingão é no Recanto Verde. Self Service apenas 10 reais"

O Restaurante Recanto Verde estará aberto normalmente neste domingo(21).
O lugar ideal para o almoço com a família.

Confira nosso cardápio com a melhor comida caseira da região:

Petiscos: 

*Panelada
*Pirão
*Buchada
*Peixe Frito
*Carne de Sol com: Macaxeira, queijo ou fritas
*Galinha caipira
*Bode Torrado
*Piaba assada
*Filé de Peixe com Fritas 

Ainda dispomos de Self Service, ao preço promocional de apenas R$ 10,00.

Só no Restaurante Recanto Verde você encontra a cerveja mais gelada do Seridó e com preços imbatíveis.

ATENÇÃO: "Últimos dias para votar na nossa enquete"


Faltam apenas quatro dias para que o internauta, leitor do Blog, possa dá a sua opinião a respeito da pergunta formulada.

"Se as eleições fossem hoje, em quem você votaria para deputado?"

( ) Francisco Medeiros
( ) Tiago Almeida
( ) Outro

Acesse, dê a sua opinião, a enquete será fechada na próxima terça feira"

PARELHAS: "Central do cidadão deverá ser inaugurada nos próximos dias"

A cidade de Parelhas ganhará em poucos dias, uma unidade da Central do Cidadão, a luta é do grupo de oposição ao prefeito Alexandre Petronilo.
De acordo com informações chegadas ao Blog, o Governador Robinson Faria virá a Parelhas, para entregar a população uma obra tão sonhada e esperada.
A luta, teve o apoio de várias forças políticas, entre elas a do prefeito de Santana do Seridó Hudson Pereira de Brito, que na época que era secretário de governo encabeçou essa ideia, ideia que o vereador Antônio Januário Neto transformou em requerimento.
Neto, sem nenhuma dúvida é o grande "Pai da Obra", haja vista sua luta incansável para que a Central do Cidadão viesse para cidade.
É verdade que a oposição parelhense sempre esteve unida em prol dessa obra, mas todos concordam que Neto Vereador, foi quem puxou todas as discussões.
Além de Parelhas a Central do Cidadão irá beneficiar as cidades de Santana do Seridó, Equador, Carnaúba dos Dantas e Jardim do Seridó, uma vez que essas cidades ficam próximas á cidade de Parelhas.



RN: "Em nota Fátima Bezerra nega ter recebido propina: "Faço política com honradez não a utilizo como moeda de troca"

A senadora Fátima Bezerra emitiu nota negando que tenha recebido propina da JBS.
Eis a nota na íntegra:
Em respeito à população do Rio Grande do Norte, a senadora Fátima Bezerra esclarece e reafirma, mais uma vez, o que se segue:
Eu não fiz contato, não recebi diretores, não conheço os proprietários do grupo JBS. Minha prestação de contas, entregue e devidamente aprovada pela Justiça Eleitoral, é clara:
Nossa campanha recebeu uma doação de R$ 500 mil, via Direção Estadual do PSD do RN (CNPJ 14.862.435/0001-50), em 18/07/2014, cujo doador originário foi a empresa JBS S/A. Ou seja, quem recebeu da empresa foi o PSD e não nossa campanha.
Posteriormente, em 10/09/2014 e 15/09/2014, a Direção Nacional do PT (CNPJ 00.676.262/0001-70) fez duas outras doações à nossa campanha, nos valores de R$ 190 mil e R$ 475 mil respectivamente. Mais uma vez, nosso doador direto foi o PT e não a JBS.
Naquele ano, a legislação vigente permitia o financiamento privado de campanhas e essas doações foram legais, tanto que estão devidamente informadas à Justiça Eleitoral.
Há uma confusão, não sabemos se por desconhecimento ou se de forma proposital, acerca das doações privadas das campanhas passadas no Rio Grande do Norte e no país. A população precisa ser informada sim, mais do que nunca! Mas é necessário responsabilidade com a verdade.
Eu jamais esconderia o nome de qualquer empresário que contribuísse com o financiamento de minhas campanhas, até porque eu faço política com honradez, não a utilizo como moeda de troca.
Para maiores informações, é possível consultar ainda o site do TSE, no link http://www.tse.jus.br/eleicoes/eleicoes-anteriores/eleicoes-2014/prestacao-de-contas-eleicoes-2014/divulgacao-da-prestacao-de-contas-eleicoes-2014

AMARELOU: "Movimento "Vem Pra Rua" cancela ato anti-Temer "

Após a eclosão do escândalo que abalou o governo, comunicados em redes sociais prometiam manifestações contra o presidente Michel Temer em ao menos 20 cidades. Milhares de pessoas confirmaram a presença nos eventos, previstos para ocorrer em pelo menos 11 Estados diferentes no próximo domingo. Mas tudo foi cancelado.
O único motivo, segundo o líder do movimento Vem Pra Rua, Rogério Chequer, é a falta de segurança oferecida pela Polícia Militar de São Paulo.
“Marcamos essa manifestação na quarta-feira, pouco tempo antes da realização. Na quinta-feira, fomos coordenar com a PM, como sempre fizemos em todas as outras manifestações, e eles informaram que não poderiam oferecer o nível de segurança oferecido nas anteriores por causa da Virada Cultural, que está consumindo muitos recursos”, afirmou.
Procurada pela BBC Brasil, a Polícia Militar negou a informação.
“Em nenhum momento, a PM informou que não haveria possibilidade de garantir a segurança de participantes”, disse a Secretaria da Segurança Pública do Estado.
Blog do Primo


DENÚNCIA: "Bolsonaro também comeu filé da Friboi, ele recebeu R$ 200 mil da JBS"

O nome do deputado federal Jair Bolsonaro (PP) também pode estar ligado ao escândalo da Lava Jato. No site do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), em “Consulta aos Doadores e Fornecedores de Campanha de Candidatos”, consta que ele recebeu o valor de R$ 200 mil da JBS, durante sua campanha em 2014.
Naquele ano, Bolsonaro foi reeleito deputado federal com o maior número de votos no Rio de Janeiro – recebeu mais de 460 mil votos. O site Vice, trouxe a questão à tona.
O político postou um vídeo em seu canal do YouTube, onde afirma que os R$ 200 mil, metade do valor gasto em sua campanha, foram devolvidos como “doação ao partido”. No entanto, na planilha do TSE, os mesmos R$ 200 mil voltam à conta de Bolsonaro, agora numa doação feita pelo fundo partidário.
Blog do Primo

Partido de Rafael Motta anuncia oposição a Temer e defende renúncia

O presidente nacional do PSB, Carlos Siqueira, e o secretário-geral do partido, José Renato Casagrande, informaram neste sábado (20) que a legenda decidiu fazer oposição ao governo e passará a defender a renúncia do presidente Michel Temer.
Atualmente, a legenda comanda o Ministério de Minas e Energia. Siqueira e Casagrande deram a informação à imprensa após reunião da Executiva Nacional do partido, em Brasília.
Segundo o presidente e o secretário-geral da legenda, o PSB também passará a defender a aprovação de uma Proposta de Emenda à Constituição (PEC) para a realização de eleições diretas no caso de vacância do cargo de presidente da República.


LAVA-JATO: "Robinson e Fábio Faria negam acusação"

Um dos vídeos liberados na delação da JBS, cita o governador do Estado, Robinson Faria e o deputado Fábio Faria, seu filho. O lobista da JBS Ricardo Saud, informou aos investigadores que a JBS teria pago propina aos então candidatos em troca da venda da Companhia de Águas e Esgotos (Caern). Segundo o lobista, o dinheiro foi pago, mas o acordo não foi a termo porque a empresa desistiu, já temendo implicações na Lava Jato. Em nota, o governador negou a afirmação e disse que apenas recebeu doações legais de campanha da empresa.
No vídeio, Ricardo Saud conta que o primeiro contato com os dois foi em um jantar com Joesley Batista. “Não temos nada no RN e nem temos interesse no RN mas a gente estava montando empresa de concessões, queria trabalhar na concessão de águas e esgotos como fizemos em outros estados”, disse, explicando que o grupo teria proposto em troca de apoio financeiro ficar com a Caern.
NOTA DE ESCLARECIMENTO
Sobre a citação do governador do Rio Grande do Norte Robinson Faria e do deputado federal Fábio Faria na delação da JBS, é preciso esclarecer os seguintes pontos:
1 – Ambos informam que conheceram a JBS no período eleitoral e confirmam que receberam doações da empresa citada, somente durante o período de eleições, oficialmente, legalmente, devidamente registradas na Justiça Eleitoral e sem qualquer contrapartida nem ato de ofício;
2 – Não existia, da parte de Robinson e Fábio Faria, qualquer motivo para que houvesse desconfiança em relação à origem da doação feita por meio de contatos do PSD Nacional;
3 – É importante ressaltar que, desde a campanha eleitoral, Robinson Faria tem destacado em inúmeras declarações públicas e entrevistas que não pretende e nem irá privatizar a Companhia de Águas e Esgotos do Rio Grande do Norte (CAERN), o que seria, segundo o delator, a motivação do suposto pagamento irregular;
Por fim, Robinson e Fábio Faria consideram absurdas as declarações do delator que chama de propina contribuições eleitorais lícitas, com o claro objetivo de se livrar de crimes graves praticados.
Robinson Faria, governador do RN
Fábio Faria, deputado federal pelo RN


POLÍTICA: "Dória defende permanência do PSDB no governo Temer, mesmo depois dos escândalos"

O prefeito de São Paulo, João Doria, defendeu na manhã deste sábado (20) a permanência do seu partido, o PSDB, na base de apoio do governo Michel Temer (PMDB) e clamou por “bom senso e equilíbrio” para “proteger o país”.
Sem citar o nome do presidente, envolvido em escândalo de corrupção pelos sócios da JBS, o tucano afirmou que não se pode “jogar tudo para o alto” por conta da nova crise política.
“O PSDB não deve romper com o Brasil. O PSDB deve ter equilíbrio. Numa situação como essa, bom senso, equilíbrio, serenidade, são fundamentais”, disse o prefeito após participar de uma ação de zeladoria da prefeitura na zona sul da capital.