.

sábado, 14 de abril de 2018

ELEIÇÕES 2018: "PT de Santana do Seridó fecha apoio a pré candidatura de Francisco Medeiros"

O pré-candidato a deputado estadual Francisco Medeiros disse hoje no Programa Mesa Redonda, que o PT da cidade de Santana do Seridó, está fechado com seu projeto político.

Segundo Francisco, em conversa recente com o ex-vereador Tiago Cabral e o atual vereador Elvis Cabral, foi fechado o apoio do PT daquela cidade, em torno de sua pré-candidatura.

"Tenho conversado com várias lideranças e tenho recebido delas o apoio a nossa pré-candidatura. Esta semana conversei com os companheiros de Santana do Seridó, o vereador Elvis e o ex-vereador Tiago e ambos me disseram que  que estão comigo nesta luta." Destacou Francisco

Quase que na mesma hora, o vereador Elvis Cabral no Programa Conversando Com
Santana do Seridó, na Rádio Cabugi, disse com todas as letras que está no projeto do ex-prefeito Francisco.

"Estou com Francisco e não abro". Disse Elvis.




JANELA PARTIDÁRIA: "MDB foi o partido que mais perdeu parlamentares"


MAIS UM: "Bolsonaro é denunciado por crime de racismo"

A Procuradoria-Geral da República (PGR) denunciou ontem (13) o deputado federal Jair Bolsonaro (PSL-RJ) ao Supremo Tribunal Federal (STF) por crime de racismo.  Além da condenação, a procuradoria pede que o deputado seja obrigado a pagar R$ 400 mil por danos morais coletivos.
De acordo com a denúncia, durante uma palestra no Clube Hebraica, em abril do ano passado, Bolsonaro usou expressões discriminatórias contra quilombolas, indígenas, refugiados, mulheres e homossexuais.
O filho de Bolsonaro, deputado Eduardo Bolsonaro (PSL-SP) também foi denunciado, mas pela suposta agressão a uma jornalista. No entanto, a PGR ofereceu a este parlamentar proposta de transação penal, na qual ele se comprometeria a indenizar a vítima em 40 salários mínimos e a pagar pensão mensal a uma entidade de combate à violência doméstica, além de prestar serviços à comunidade.

CASO MARIELLE: "Um mês e nenhuma resposta"

Um mês depois do assassinato da vereadora Marielle Franco (PSOL-RJ) e do motorista Anderson Gomes, ninguém foi identificado como mandante ou mesmo executor do crime. Poucas informações foram divulgadas até o momento e as autoridades continuam investigando o caso.
Nesta semana, o ministro interino da Defesa, general Joaquim Silva e Luna, afirmou que a investigação “está avançando", mas essas informações estão todas restritas à polícia que está fazendo a investigação”.
Gláucia Lima






CURIOSO: "Carlos Eduardo não prestigiou a posse de Álvaro Dias"

Um fato curioso foi notado pelos politiqueiros de plantão.

O agora ex-prefeito de Natal, Carlos Eduardo Alves, foi ausência sentida na pose de seu ex-vice Álvaro Dias na última terça-feira.

Além de não prestigiar o momento, Carlos Eduardo ignorou por completo seu sucessor nas redes social.

Nem um "boa sorte"...