.

segunda-feira, 23 de novembro de 2015

PARELHAS: "Prefeitura ficou em segundo lugar no estado em transparência"

A prefeitura de Parelhas, que é administrada pelo prefeito "CHICO DO PT", ficou em 2º lugar entre todas as cidades do Rio Grande do Norte, de acordo com a Controladoria Geral da União, no quisito TRANSPARÊNCIA.
Isso mostra o compromisso e a competência do Prefeito Francisco(PT), em governar com honestidade e com transparência, zelando sempre do dinheiro público.
Parabéns ao prefeito, pela humildade e honestidade, marcas que lhe acompanha desde seu nascimento.



Município

Nota 
Variação¹ 

Natal
-0,28

Parelhas

Olho-d’Água do Borges

Parnamirim
Passagem
=
0,00

São Vicente

Bodó
Galinhos
Monte das Gameleiras

Florânia

Extremoz
Marcelino Vieira
São Gonçalo do Amarante

Lagoa Nova

Acari


Lula pede à juventude do PT que apoie governo Dilma

Em discurso no 3º Congresso Nacional da Juventude do PT, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva disse que é hora de os jovens lutarem e pediu que apoiem o governo da presidenta Dilma Rousseff.  “Um congresso como esse tem que sair propondo alguma coisa mais forte para o interesse da juventude. Apenas escrever fora Levy [em referência ao ministro da Fazenda, Joaquim Levy], fora PMDB, é muito pouco”, disse a aproximadamente 600 jovens de todo o país, reunidos hoje (20) em Brasília.
Antes da chegada de Lula ao evento, os jovens gritavam pedindo a saída do presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), e de Joaquim Levy. Eles exibiam cartazes também com os dizeres “Nem Meirelles [em alusão ao ex-presidente do Banco Central Henrique Meirelles], nem Levy”, em que defendiam a saída do atual do ministro. Meirelles foi citado em reportagens publicadas na imprensa como nome cotado para substituir Levy no comando da Fazenda.
Ao falar de apoio a Dilma, o ex-presidente disse que a presidenta precisa do apoio para conseguir “sair desta encalacrada que a oposição colocou a gente”. Lula ressaltou que torce para que a presidenta consiga aprovar todas as medidas no Congresso até o final deste ano para que se possa “virar a página do ajuste [fiscal]”.

AQUI NÃO, DIZ SILVIO SANTOS: "Rachel Sheherazade é proibida de falar sobre política"

Em seu programa aos domingos no SBT, o apresentador Silvio Santos disse para a âncora Rachel Sheherazade, conhecida por suas opiniões ácidas, que ela não deve mais falar sobre política na emissora, e que se ela não estiver satisfeita, que se demita e peça emprego na Record ou na Band.
Sem reação, Rachel, que era uma das convidadas do programa de SS, tentou levar na brincadeira o comentário do patrão. Silvio já deixou claro que não quer que nada, nem ninguém, use o SBT como plataforma política, seja de crítica ou para falar bem das gestões dos governantes.
Rachel Sheherazade costumava dar opiniões polêmicas nos noticiários do SBT. Após alguns problemas, a âncora parou de opinar, atendo-se somente ao texto do jornal. Mas, vez ou outra, ainda solta algum pequeno comentário. Silvio não quer mais isso em sua emissora.

BRASIL: "Programa de Proteção ao Emprego é criado e aprovado pela presidente Dilma"

A presidenta Dilma Rousseff sancionou no último dia 19, sem vetos, a lei que institui o Programa de Proteção ao Emprego (PPE). O programa prevê a redução temporária da jornada de trabalho, com diminuição de até 30% do salário. Para isso, o governo arcará com 15% da redução salarial, usando recursos do Fundo de Amparo ao Trabalhador (FAT).
No início de julho, Dilma editou a medida provisória que criou o programa e o Senado aprovou o texto no final de outubro.
Segundo a presidenta, nos quatro meses de vigência da medida provisória foram aprovadas 33 adesões ao PPE, beneficiando 30.368 trabalhadores. Outras 42 solicitações estão em análise envolvendo o emprego de 12.264 trabalhadores. “Agora, a sanção da lei vai permitir que a gente afaste qualquer preocupação com a segurança jurídica do processo, e, portanto, vai permitir que mais empresas possam acessar o programa”.

PSDB quer conter rejeição e imagem de golpista

O PSDB está preocupados com o desgaste da imagem, pois temem que o partido seja associado com palavras como “golpismo” e “autoritarismo”. Para reverter esse quadro, segundo o iG, a legenda pretende divulgar ainda esse ano um documento com proposta para o Brasil que englobe o campo social e econômico.
O texto deve mostrar o atual cenário do país e mostrar quais os caminhos que o PSDB defende que sejam tomados. Além disso, quer retratar como o partido reverteria a crise. A legenda pretende, também, terminar com a ideia de que não aceitou a derrota de Aécio Neves nas eleições de 2014 e que, a partir de então, se dedicaram exclusivamente a conseguir o impeachment de Dilma.

POLÍTICA: "Oposição vai à Justiça para afastar Eduardo Cunha"

Partidos de oposição preparam ofensiva judicial para afastar Eduardo Cunha (PMDB-RJ) da presidência da Câmara Federal, informa o jornal O Estado de São Paulo.
O PPS anunciou que vai encaminhar na terça-feira ao Supremo Tribunal Federal mandado de segurança sob o argumento de que o peemedebista usa prerrogativas do cargo para postergar o andamento de processo no Conselho de Ética.
A deputada Eliziane Gama (Rede-MA) vai protocolar representação na Procuradoria-Geral da República como mesmo objetivo, ainda de acordo com o jornal.
O movimento ganhou força após manobras de aliados de Cunha anteontem na Câmara para evitar a leitura de um relatório no conselho. A ação do PPS pode ganhar apoio de PSDB e DEM.