.

quarta-feira, 15 de outubro de 2014

COM A PALAVRA, O IBOPE... Por Túlio Lemos

O Ibope fez uma lambança na eleição do RN no primeiro turno e sequer deu alguma explicação para acusações de manipulação nos números ou erros, deliberados ou não. Agora, anuncia outra pesquisa para o segundo turno.
MANIPULAÇÃO
Segundo pessoas próximas a Wilma de Faria, o Ibope teria manipulado a pesquisa para o Senado no início da semana da eleição, quando apresentou empate literal entre Wilma e Fátima, ambas com 35%. Sherloquinho afirma que Wilma pressionou Henrique para não divulgar a realidade, que acabaria com sua candidatura. Henrique teria acionado seu prestígio e o Ibope divulgou o empate.
DÚVIDA
O questionamento que se faz, diante de tantas dúvidas, suspeitas e silêncio do instituto, é: Se Henrique teve força para mudar os números para o Senado, não teria também para mudar os do Governo, que ele tem muito mais interesse? Com a palavra, o Ibope.

HOMENAGEM DO VEREADOR FRANK PROFESSOR A TODOS OS PROFESSORES


"A gente ouve dizer que a vida do professor é muito sacrificada: muito trabalho, muito estresse, pouco respeito e pouco dinheiro… No entanto, quero que esta mensagem toque o seu coração e a sua mente como uma luzinha no fim do túnel, como uma renovação desta sua esperança latente de que, um dia, finalmente, o mundo saberá reconhecer o valor das suas palavras, da sua abnegada dedicação, do seu árduo, nobre e sagrado trabalho." 
FELIZ DIA DO PROFESSOR!
Uma homenagem do Vereador Frank Professor, SEMPRE PRESENTE!


TÔ FORA: "Contra apoio a Aécio, sete membros da Rede renunciam 

Membros da Rede são contra a decisão de Marina Silva, que vai apoiar o candidato Aécio Neves (PSDB) na corrida presidencial
Em oposição ao apoio declarado pela ex-ministra Marina Silva (PSB) ao candidato do PSDB, Aécio Neves, sete integrantes da Rede Sustentabilidade renunciaram na tarde da segunda (13) a suas funções na executiva paulista do grupo político. São eles Valfredo Pires, Gérson Moura, Washington Carvalho, Emílio Franco Jr., Marcelo Pilon, Renato Ribeiro e Marcelo Saes.
Conforme antecipou na segunda o Broadcast Político, o grupo divulgou um manifesto no qual anunciaram a decisão de pedir o afastamento, motivados pelo gesto de Marina.
“Não responderemos por esse assassinato dos ideais e princípios que nos atraíram à Rede. Acreditamos que nosso discurso, nossa essência, deveria ser representado por uma clara posição de neutralidade em relação às candidaturas de Dilma Rousseff e Aécio Neves, recomendando à sociedade um voto crítico, seja este qual for”, argumentam. “E estes velhos hábitos, por hora tem sido agregados à Rede por membros que não entendem e nunca entenderam realmente, em profundidade, que para mudar é preciso fazer diferente”.
Fonte: Agência Estado

Aécio ocupou cargo na Câmara aos 17 anos mesmo morando no RJ

Assessoria não se manifestou sobre o assunto
Tem circulado na última semana nas redes sociais a informação de que o candidato à presidência Aécio Neves (PSDB) ocupou um cargo de secretário de gabinete parlamentar na Câmara dos Deputados entre 1977 e 1981, portanto, quando o mineiro tinha entre 17 e 21 anos e, segundo sua biografia oficial, morava no Rio de Janeiro.
Em sua biografia, porém, o candidato cita seus primeiros passos na política em 1981, quando foi convidado pelo avô, Tancredo Neves, para trabalhar em sua campanha para governador de Minas Gerais.
Segundo o site de sua campanha, aos 10 anos, Aécio se mudou para o Rio de Janeiro, onde passou a adolescência e o início da vida adulta. Informação conflitante com o site da Câmara dos Deputados, que confirma Aécio como secretário de gabinete parlamentar entre 1977 e 1981, antes de se tornar secretário particular de Tancredo, mesmo não morando em Brasília.
O período conflitante da biografia do candidato coincide com o intervalo de tempo em que o pai de Aécio, Aécio Cunha, atuou como deputado federal pela Arena (1963 – 1979) e pelo PDS (1983-1987), partidos de apoio ao regime militar.
A reportagem entrou em contato com a assessoria de imprensa de Aécio Neves, que não havia se posicionado até a publicação da matéria.
Fonte: Terra