.

terça-feira, 20 de março de 2018

PRECONCEITO: "Mesma desembargadora que agrediu Marielle Franco, também agrediu professora natalense com síndrome de down"


Blog da Thaisa Galvão

BLOG DO BG: "Fátima Bezerra lidera pesquisa de intenção de votos com mais de 20% sobre o segundo lugar"

Se a eleição para governador fosse hoje, a senadora Fátima Bezerra seria eleita. Ela tem 29,6% das intenções de votos. O prefeito de Natal, Carlos Eduardo Alves é o segundo colocado, com 8,1%.
O governador Robinson Faria marcou 5,6%, ficando em terceiro lugar. Atrás dele vem Geraldo Melho (3,7%), Kelps Lima (3,1%), General Girão (1,8%), Tião Couto (0,7%), Fábio Dantas (0,6%) e Robério Paulino (0,4%).
Votos declarados para ninugém, branco e nulo somaram 38,6%. Indecisos marcaram 7,8%.
A pesquisa foi realizada de 10 a 13 de março e ouviu 1.100 eleitores em todas as regiões do Rio Grande do Norte. A margem de erro é de 3,5% e o intervalo de confiança é de 95%.

ELEIÇÕES 2018: "Lula lidera pesquisa no RN com quase o triplo de votos do segundo colocado"

O ex-presidente Luis Inácio Lula da Silva aparece na pesquisa estimulada com 43% das intenções de votos dos potiguares, quase o triplo do segundo lugar, Jair Bolsonaro, com 16,7%.
Ciro Gomes (3,3%), Marina Silva (1,6%), Geraldo Alckmin (1%), Rodrigo Maia (0,5%), Álvaro Dias (0,4%), Manuela D’Ávila (0,1%) e Henrique Meirelles (0,1%) completam a lista.
Os votos nulos, brancos ou em ninguém somaram 26,7%, e 6,6% declararam indecisão.
A pesquisa foi realizada de 10 a 13 de março e ouviu 1.100 eleitores em todas as regiões do Rio Grande do Norte. A margem de erro é de 3,5% e o intervalo de confiança é de 95%.
BG

Bolsonaro é o mais rejeitado no RN segundo pesquisa

O deputado federal Jair Bolsonaro marcou 20,6% de rejeição entre os candidatos a presidente, indica levantamento Seta/BlogdoBG.
Também pontuou razoavelmente o ex-presidente Lula, com 12,5%. Ciro Gomes (3%), Alckmin (2,1%), Rodrigo Maia (2,1%) e Henrique Meirelles (0,9%) aparecem logo atrás. Álvaro Dias (0,8%) e Manuela D’Ávila (0,4) completam a lista.
36% dos entrevistados declararam que não votaram em ninguém, branco ou nulo e 19,7% não souberam ou não quiseram responder.
A pesquisa foi realizada de 10 a 13 de março e ouviu 1.100 eleitores em todas as regiões do Rio Grande do Norte. A margem de erro é de 3,5% e o intervalo de confiança é de 95%.
Blog do BG

PESQUISA SETA/BLOG DO BG: "70% dos potiguares rejeitam chapão com Carlos Eduardo, Agripino e Garibalde"

O Instituto Seta perguntou aos eleitores do Rio Grande do Norte como avaliam a composição Carlos Eduardo Alves para o governo e Garibaldi e Agripino para o Senado.
40,7% avaliam a chapa como péssima. Para 23,5%, ela é ruim, enquanto 25,2% consideram regular. Apenas 7,6% julgaram ser boa e só 3% declararam que ela é otima.
Quando questionados sobre intenções de votos, 70,4% disseram que não votariam na chapa ante a 17,3% que afirma que votariam. Outros 12% não souberam ou não quiseram responder.
O principal argumento para a recusa, entre os argumentos listados, é “escândalo/corrupção/ladrão”, que marcou 9,7%. A maioria, no entanto, de 85% não soube ou preferiu não opinar sobre as razões.
A pesquisa foi realizada de 10 a 13 de março e ouviu 1.100 eleitores em todas as regiões do Rio Grande do Norte. A margem de erro é de 3,5% e o intervalo de confiança é de 95%.

PERGUNTAR NÃO OFENDE: "Quem será o vice de Robinson?"

Uma pergunta tem sido feita nos bastidores políticos do Rio Grande do Norte.

Depois de ser "abandonado" pelo seu atual vice-governador Fábio Dantas, Robinson insiste em disputar a reeleição, mas para entrar na disputa ele precisará de um companheiro de chapa.

A pergunta é: "Quem será o vice de Robinson? Quem irá se habilitar a compor uma chapa com um governador que está com quase 90% de rejeição popular?"



ELEIÇÕES 2018: "Santana do Seridó poderá também ter mais de dois palanques"

Apesar de pequena, a cidade de Santana do seridó poderá também ter mais de dois palanques nas  eleições de outubro.

Com o rompimento do vice-governador Fábio Dantas, o grupo de situação que comanda a cidade, deverá se dividir em dois.

A oposição que é comandada pelo ex-prefeito Adriano Gomes, tem tudo para caminhar ao lado da Senadora Fátima Bezerra.

Assim sendo a cidade poderá se dividir em três palanques:

SITUAÇÃO: 

Palanque 01- Grupo do prefeito Hudson, deverá, por dever de justiça, apoiar a candidatura do atual governador Robinson Faria, do qual o atual prefeito foi secretário e homem de confiança.

Palanque 02- Um grupo ainda tímido, defende a pré-candidatura do vice-governador Fábio Dantas.

OPOSIÇÃO:

Palanque 03: Comandados do ex-prefeito Dril, e ele próprio, mostram simpatia pela pré-candidatura da Senadora Fátima Bezerra, uma vez que Fátima esteve sempre junta ao governo do ex-prefeito, inclusive sendo parceira da gestão. Mas á quem defenda a pré-candidatura do prefeito de Natal Carlos Eduardo Alves, contudo, a oposição seguirá a decisão de Adriano Gomes.

Do Blog: "A bem da verdade, o que vemos agora, são apenas especulações, mas o Blog está a disposição para qualquer esclarecimento por parte da classe política santanense."

PARELHAS: "Câmara Municipal realizou audiência pública para discutir o Fundo da Infância e Adolescente(FIA)"

Através da proposição 64/2018 do vereador Frank professor foi realizada nesta segunda (19) pela manhã, na Câmara Municipal de Parelhas uma audiência pública para discutir o Fundo da Infância e Adolescente(FIA), no município de Parelhas.

Participaram da audiência a Doutora Ana Maria Marinho de Brito, o Doutor Marcus Vinicius, a vice-prefeita Nazilda, os vereadores Tom, Pepeu,  Rogéria e Dr,Alysson, Maria das Dores, Jucilene, Sargento Santos, Luzitércio, Evaneide Mendonça, representantes do conselho tutelar e da administração do  município.

Para o vereador Frank professor o funcionamento adequado do FIA é fundamental para promover políticas públicas para as crianças e adolescente do nosso município.

APOIO POPULAR: "Grupo de eleitores de Natal abraçam a pré-candidatura de Francisco Medeiros"

Depois de receber declarações de apoio no oeste e no seridó do RN, agora foi a vez de um grupo de eleitores de Natal confirmar o apoio a pré-candidatura de Francisco Medeiros, a deputado estadual. 

A reunião aconteceu no ultimo sábado (17), onde mais de 40 pessoas da família Guimarães estiveram presentes para manifestar o voto ao ex-prefeito de Parelhas e atual chefe de gabinete da prefeitura de Currais Novos.

Durante a reunião, os participantes falaram sobre o motivo de apoiarem o projeto de Francisco. "A política do jeito que está ninguém aguenta mais. É preciso renovar e renovar com pessoas sérias, que têm compromisso com o povo. Eu acredito que Francisco é essa pessoa, que vai fazer a diferença na Assembleia", declarou o senhor Leôncio Guimarães.

"Francisco tem uma história honrada. Sempre exerceu com competência e honestidade todas as vezes em que foi escolhido para um cargo. Além disso é professor, assim como eu, e sei do compromisso dele com a educação", afirmou a professora Juliana Guimarães.

Francisco Medeiros agradeceu o apoio dos participantes da reunião e disse está confiante no projeto. 

"A cada dia que passa, fico mais confiante de que as pessoas estão entendendo a nossa proposta de renovação de verdade e que posso fazer parte dessa mudança tão necessária para o nosso RN", afirmou o pré-candidato.

O evento em Natal foi organizado pelo professor aposentado e ex-dirigente do SINTE-RN, Hudson Guimarães e o professor do IFRN, Leonardo Guimarães. No encontro também foi declarado o apoio a vereadora natalense Natália Bonavides, pré-candidata a deputada federal.


ELEIÇÕES 2018: "Vice-prefeito de Currais Novos é lançado pré-candidato a deputado federal"

Em meio às comemorações dos 96 anos do Partido, na noite da última sexta o vice-prefeito de Currais Novos teve sua pré-candidatura lançada entre familiares, amigos e correligionários. 
O encontro contou com a presença da Direção Estadual do PCdoB, além de dirigentes de Campo Grande, Lagoa Nova e Jardim do Seridó.
Outros partidos também prestigiaram o encontro, como representantes do PHS, PDT, e do PT, do Prefeito Odon Júnior.
Em discurso emocionado, Anderson fez um panorama das dificuldades atuais do Brasil e projetou mudanças para o futuro na perspectiva de um Novo Projeto Nacional de Desenvolvimento.
Roberto Flávio

NATAL: "Fábio Faria não poupa críticas a Carlos Eduardo Alves"

O deputado federal Fábio Faria, do PSD, afirmou nesta segunda-feira, 19, que espera e defende a candidatura do prefeito de Natal, Carlos Eduardo Alves, do PDT, ao Governo do Estado neste ano. E o motivo dessa defesa é para que o prefeito explique o que fez nesses 10 anos em que esteve na chefia do Executivo e o porquê de estar deixando o cargo para alguém que não foi eleito pelo povo e que não tem identificação política com Natal.
“Acho importante, muito importante, que o prefeito de Natal renuncie para ser candidato, para que a gente possa saber quais foram as realizações dele nesses 10 anos como prefeito. Saber, porque se ele tinha interesse em ser candidato, ele não avisou e prometeu, como ele prometeu, cumprir o mandato até o final”, defendeu Fábio Faria em entrevista a jornalista Anna Ruth Dantas, da 94fm, acrescentando, em seguida, um novo questionamento ao prefeito, desta vez, sobre a escolha do vice-prefeito Álvaro Dias, que assumirá o cargo numa eventual renúncia.
“E se ele (Carlos Eduardo) tinha interesse de sair, porque ele escolheu um vice de Caicó. Porque se ele foi eleito prefeito de Natal e tinha na mente dele a possibilidade de renunciar após um ano, e deixar em Natal, um prefeito, 3 anos sem ter sido eleito pelo povo. No mínimo, era para escolher um prefeito que tivesse sido vereador de Natal, ou que tivesse uma grande experiência na gestão na cidade. Não desmerecendo o ex-deputado Álvaro Dias, mas ele não tem identificação com Natal”, acrescentou Fábio Faria.
Com relação ao julgamento das contas do governador Robinson Faria no TCE, que resultou na formulação de um parecer pela reprovação delas no final do ano passado (caso ainda será votado na Assembleia, que dará a palavra final sobre o assunto), Fábio Faria afirmou: “Nunca teve até hoje no RN um governador com uma conta rejeitada. Não entendi muito movimento no final do ano, até porque as contas do prefeito Carlos Eduardo 2014, 2015, 2016 não foram votadas. Votaram a aprovação de contas do governo 2017 (2016, na verdade), e o prefeito da capital desde 2014 que não votam. É obvio que isso é um movimento hoje, existe um movimento político…”
Em seguida, interrompido para um questionamento se o “movimento político” era dentro do Tribunal de Contas do Estado, Fabio afirmou: “não estou falando no TCE, porque confio plenamente no Tribunal, como eu confio na Assembleia Legislativa. O governador não está preocupado com essa votação, porque ele tem uma equipe muito técnica que cuida dessa gestão da lei de responsabilidade fiscal”.
Fabio Faria também afirmou que parte da rejeição atribuída hoje ao governador é consequência da “mídia negativa”, comandada pelo grupo político que já está há muito tempo governando o Estado. “Se você olhar a história recente, em 2014, a governadora Rosalba estava isolada desse grupo no ano eleitoral, esse grupo todo se aliou a Henrique Alves, que governou o RN nos últimos 30 anos, e não deram sequer a legenda a ela para ela poder concorrer”, avaliou Fábio, acrescentando que a possibilidade de renúncia de Robinson Faria, veiculada no início deste ano, teria sido obra do tal grupo: “esse mesmo grupo tentou que acontecesse WO em 2018. Não quero nominar ninguém, mas isso fica muito transparente com o tempo”.
Com relação ao vice-governador Fabio Dantas, a quem ainda considera um “amigo”, Fabio Faria afirmou que espera para ver como vai ser o discurso dele durante a campanha, uma vez que ele passou esses três anos de gestão ao lado do governador Robinson Faria, sugerindo, inclusive, parte dos projetos que foram encaminhados para a Assembleia Legislativa no pacote fiscal “RN Urgente”.
“Não sei como ele vai se portar para o povo. Um rompimento num ano eleitoral, então… um pouco mais difícil de explicar. Até porque com o deputado Ricardo Motta, que ele foi para o partido dele, o PSB, Fábio Dantas tinha uma certa divergência. Tanto que apoiou fortemente Ezequiel Ferreira contra Ricardo Motta 4 anos atrás (na disputa pela presidência da Assembleia, quando Ezequiel venceu), por questões de quando ele foi candidato ao TCE, ele culpava Ricardo por não o ter ajudado”, afirmou.
Rede News


LULA: "Estou na fronteira, não fujo porque sou inocente"

Nesta segunda-feira (19), durante a caravana de Lula pelo Sul do país, o ex-presidente brasileiro se encontrou com o ex-presidente uruguaio José Pepe Mujica, na Praça Internacional, na Fronteira da Paz. O trecho abrange as cidades uruguaia de Rivera e brasileira de Santana do Livramento.
O primeiro dia da viagem terminou em torno de uma conversa que passou pela integração da América Latina e pelo desenvolvimento do continente e do Mercosul. Lula também falou sobre a possibilidade de ser preso, após condenação em segunda instância.
“Caro Mujica, você sabe que estou sendo ameaçado de prisão. Estou aqui na fronteira, poderia dar um pulinho ali no Uruguai, mas não vou. Sabe por quê? Porque estou tranquilo com minha inocência e quem terá de sair do país um dia são eles”, disse Lula, durante a conversa.
A quarta caravana do presidente começou em Bagé e enfrentou protesto de um grupo de ruralistas e simpatizantes do deputado federal Jair Bolsonaro, que usaram caminhões e tratores para bloquear o acesso da comitiva de Lula à Universidade Federal dos Pampas (Unipampa).
A viagem do ex-presidente Lula pelo Sul percorrerá os três estados da região – Rio Grande do Sul, Paraná e Santa Catarina – e durará nove dias. O percurso, que será todo feito de ônibus, passará por pelo menos 14 cidades e se encerra no dia 28 de março, em Curitiba.
A caravana, inicialmente marcada para fevereiro, foi adiada para ajustar o roteiro ao calendário das universidades que receberão o ex-presidente, de acordo com o coordenador das caravanas, Márcio Macedo.
AgoraRN

POLÍTICA: "Carlos Eduardo Alves fez exigências ao vice-prefeito Álvaro Dias para renunciar à Prefeitura de Natal"

Candidatíssimo a governador, o prefeito de Natal Carlos Eduardo Alves conversou demoradamente com o vice-prefeito Álvaro Dias.
Carlos Eduardo Alves fez algumas exigências ao comunicar que renunciará à Prefeitura.
Segundo uma fonte do Blog do Primo, o prefeito Carlos Alves exigiu que Álvaro Dias mantenha todo seu secretariado, destacando Elequicina Santos na Secretaria de Mobilidade, Cláudio Porpino na URBANA, Jonny Costa na SEMSUR e Virgínia Ferreira no Planejamento e Finanças..
Carlos Eduardo Alves também informou e exigiu o apoio de Álvaro Dias em Natal e Caicó à candidatura de sua mulher Andreia Ramalho que disputará uma cadeira na Assembleia Legislativa.
A eleição de Andreia Ramalho é uma carta de seguro para o casal não ficar sem renda, caso Carlos Eduardo Alves não se eleja governador.
Atendendo o prefeito de Natal, Álvaro Dias terá que sacrificar à candidatura do seu filho Adjuto Neto a deputado estadual para votar na mulher de Carlos Eduardo Alves.
Blog do Primo


O VICE DA VEZ...

Figura decorativa em uma gestão, o vice tem virado protagonista no decorrer da história recente do Brasil e do Rio Grande do Norte.
No País, o vice Michel Temer (MDB) assumiu o comando após o impeachment de Dilma Rousseff (PT).
Em Natal, Micarla de Sousa, que foi vice de Carlos Eduardo, rompeu com ele e se tornou prefeita.
No RN, Robinson Faria (PSD), que foi vice de Rosalba, ascendeu ao Governo do Estado.
O vice da vez é Fábio Dantas (PSB), que almeja seguir o mesmo caminho. Vamos ver se seguirá o mesmo caminho ou a história será diferente.
Robson Pires