.

sábado, 22 de abril de 2017

BLOG INFORMA: "Restaurante Recanto Verde aberto neste domingo(23). Self-service apenas 10 reais"


VÍDEO: "Contrastes entre RN e PB". Por Wanderley Filho

O Jornalista parelhense Wanderley Filho, fez uma pequena comparação com os estados do Rio Grande do Norte e da Paraíba. O contraste é gigantesco, confira o vídeo:






ELEIÇÕES 2018: "Exército teme "Trump brasileiro" e diz que não apoia Bolsonaro"

O Exército brasileiro não apoia o deputado Jair Bolsonaro como candidato à presidência da República em 2018.
“Não. Nós não temos ligação institucional com o Bolsonaro. Ele é um ex-integrante das Forças Armadas, tem muita relação com o pessoal do círculo dele e tem todo o direito de se candidatar, mas quem vai julgá-lo é a população, por intermédio do voto”, disse o comandante do Exército, general Eduardo Dias da Costa Villas Bôas, em entrevista à revista Veja.
Antes, ele havia demonstrado um temor em relação ao que seria um Trump brasileiro. “Nitidamente, há um cansaço em relação ao politicamente correto. O perigo é quando surge um líder falando coisas politicamente incorretíssimas, mas que correspondem ao inconformismo das pessoas”, declarou. “Tivemos Donald Trump nos Estados Unidos e temos alguns aqui no nosso país”, acrescentou.
O Natalense

TOPA TUDO POR DINHEIRO: "Após reunião entre Silvio e Temer, SBT faz campanha pela Reforma da Previdência"

O Governo Federal está tentando aprovar no Congresso o texto da Reforma da Previdência. Entre as mudanças que estão sendo propostas pelo governo está a implantação de uma idade mínima para a aposentadoria.
O argumento é de que o setor previdenciário está em déficit, e que nos próximos não haverá como pagar os aposentados caso a reforma não seja aprovada.
Esse é o teor dos comerciais que o SBT passou a exibir a partir dessa sexta-feira (21) em sua programação. Em anúncios curtos, de 10 segundos, a emissora está literalmente fazendo campanha pela reforma de Michel Temer.
Você sabe que se não for feita a reforma da Previdência, você pode deixar de receber o seu salário?”, diz o locutor do canal em um dos anúncios. Em outra versão, a emissora sugere que, caso não seja aprovada a reforma, o Brasil “quebra”.
A medida foi posta em prática um dia depois de um encontro entre Silvio Santos, dono do SBT, com o Presidente da República, Michel Temer.
O político pediu a ajuda do dono do baú para dizer aos brasileiros que a reforma é necessária para o país. Parece que deu bastante certo.

NATAL: “100 dias de gestão Carlos Eduardo deveriam ser apagados da história”, diz vereador

Para o vereador Sandro Pimentel (PSOL), os cem primeiros dias da nova gestão do prefeito Carlos Eduardo Alves (PDT) “deveriam ser apagados da história de Natal”. A crítica contundente do socialista se fundamenta em aspectos da administração que, para ele, são “piores” do que os constatados durante a gestão de Micarla de Sousa (2009-2012).
Para Sandro, a atual administração negligencia na oferta de serviços e no quesito transparência. “O prefeito não respeita os servidores e faz pedaladas fiscais horríveis, mais graves do que as que resultaram no impeachment de Dilma”, frisa Sandro, em referência às irregularidades observadas na Previdência dos servidores municipais.
Em planilhas divulgadas pelo NatalPrev (Instituto de Previdência Municipal) em março, os vereadores detectaram que a Prefeitura deixou de repassar, por aproximadamente um ano, as contribuições patronais e de servidores descontadas em folha. O déficit, com a ausência dos repasses, alcançou cerca de R$ 78 milhões. Parte do débito já foi quitado pelo município e o restante foi negociado. Apesar disso, o município solicitou autorização da Câmara para retirar R$ 204 milhões, neste caso para complementar a folha de pagamentos de inativos. O TCE já se manifestou contra a medida.
Segundo o vereador oposicionista, a gestão Carlos Eduardo peca também no quesito mobilidade urbana. Ele critica, por exemplo, o novo aumento na tarifa do transporte público, que saltou dos atuais R$ 2,90 para R$ 3,35. O reajuste passa a vigorar na próxima segunda-feira 24. Sandro destaca, ainda, que a licitação do setor não evolui.
Outro aspecto criticado pelo socialista diz respeito à “ausência de políticas públicas para animais”. Ele denuncia que animais vêm morrendo no Curral Municipal devido à falta de alimentação e cuidados médicos. “Comprei R$ 391 nesta quarta-feira de milho e ração do meu próprio bolso para levar para lá, pois não tinha alimento”, ressalta Sandro.
Sandro destaca ainda problemas na rede municipal de saúde. “Falta o básico necessário nas unidades de saúde e há filas imensas para marcar consultas e exames”, assinala o vereador.
O oposicionista lamenta o fato de, mesmo assim, o prefeito ter maioria na Câmara Municipal. Atualmente, dos 29 vereadores, Carlos Eduardo tem 24 parlamentares em sua base de sustentação. “Nada funciona em Natal. Parece uma cidade que não tem prefeito. Mesmo assim, ele consegue ter uma ampla bancada de situação à base de negócios. É uma jogatina política que garante a ele maioria na Câmara”, assinala o vereador.

AgoraRN


E NO SILÊNCIO DA PANELAS: "Odebrecht apresenta extratos de propina negociada com Temer. 40 milhões de dólares"

A empreiteira Odebrecht entregou à força-tarefa da Operação Lava Jato extratos que comprovariam pagamento de propina negociada em uma reunião com o presidente Michel Temer em 2010.
De acordo com informações do jornal Folha de S. Paulo, os valores superar os US$ 40 milhões citados anteriormente por delatores. Segundo depoimento dos ex-executivos, o encontro em que foi firmado o pagamento aconteceu no escritório do peemedebista em São Paulo.
O dinheiro seria ligado a um contrato internacional da Petrobras, o PAC-SMS, relacionado a certificados de segurança, saúde e meio ambiente em nove países onde a estatal atua. O valor inicial era de US$ 825 milhões.
Os repasses teriam sido realizados entre julho de 2010 e dezembro de 2011. Os extratos apresentados pela empreiteira chegam a US$ 54 milhões, mas a soma de planilhas anexadas atinge US$ 65 milhões. Parte do montante teria sido pago em espécie no Brasil, enquanto a maioria foi distribuída a contas de operadores no exterior.
Segundo o ex-presidente da Odebrecht Engenharia Márcio Faria, no encontro com Temer não se falou em valores, “mas ficou claro que se tratava de propina” relacionada ao contrato, e não contribuição de campanha. O presidente teria acertado 5% de propina do contrato, correspondente a US$ 40 milhões.
A assessoria de Michel Temer diz que o presidente “jamais tratou de valores com o senhor Márcio Faria” e que “a narrativa divulgada não corresponde aos fatos e está baseada em uma mentira absoluta”.
O peemedebista “contesta de forma categórica” o envolvimento de seu nome em negócios escusos e diz que nunca defendeu interesses particulares na Petrobras, nem apoiou pagamento de valores indevidos a terceiros.

AgoraRN


CONSTRANGEDOR : "Dória demite Soninha via Youtube. Confira o vídeo."



Conhecido pelo uso recorrente das redes sociais para propagar suas ações, o prefeito de São Paulo, João Doria (PSDB), divulgou um vídeo em seu canal no Youtube para anunciar a demissão da secretária de Assistência e Desenvolvimento Social, Soninha Francine (PPS). Na gravação, Doria aparece sorridente ao lado de Soninha, que mantém a expressão fechada durante todo o tempo e demonstra constrangimento com a situação, sem dar qualquer declaração.
Ele afirma que precisa dar uma “força maior” à pasta e que Soninha não tem o perfil adequado para o cargo e, por isso, será substituída pelo seu adjunto, Filipe Sabará. O tucano diz que pretende dar ritmo mais intenso, com a execução de obras, às ações da secretaria. “Tudo isso exige uma demanda que não está dentro do espírito da Soninha”, declara. “Não tive nenhuma decepção, ela continua a mesma Soninha que eu sempre gostei”, acrescenta.
De acordo com o prefeito, a ex-secretária fará parte do Conselho de Gestão da Secretaria e voltará à Câmara Municipal. No início do ano, Doria repreendeu publicamente a auxiliar depois que ela se atrasou para um evento com ele.
Vereadora pelo PT entre 2005 e 2007, Soninha se filiou ao PPS em 2007. Desde então, participou de governos de Gilberto Kassab (PSD) e Geraldo Alckmin (PSDB) e editou o site oficial do então candidato à Presidência José Serra (PSDB) em 2010.

Congresso em Foco


BRASÍLIA: "Documentos da Odebrecht guardados na Suíça chegam ao Brasil"

Uma cópia do servidor com 2 milhões de páginas de documentos, e-mails e provas de transações bancárias das atividades suspeitas da Odebrecht já está em Brasília. Os dados guardados pela construtora na Suíça passam atualmente por uma “preparação” para que possam ser usados pelos procuradores da Operação Lava Jato e pelo procurador-geral da República, Rodrigo Janot.
O conteúdo é tratado pelos procuradores da força-tarefa como uma espécie de “caixa-preta da República” de todos os pagamentos de propinas pela construtora pelo mundo. Entre as informações contidas no servidor estão, segundo os delatores e investigadores, os registros de pagamentos para a campanha de Dilma Rousseff e Michel Temer, em 2010.
Os dados vão ajudar no cruzamento de informações com os inquéritos abertos pelo Supremo Tribunal Federal (STF) relacionados às delações premiadas de executivos e ex-executivos da Odebrecht.
Comprovantes
A expectativa da Procuradoria-Geral da República (PGR) é de obter comprovantes de pagamentos, tabelas de transferências e extratos bancários. As defesas de políticos investigados têm minimizado o conteúdo das acusações.

Até agora, há registro de mil relações bancárias ligadas à Odebrecht em contas na Suíça, com o bloqueio de US$ 1 bilhão. Pelas movimentações da construtora, US$ 635 milhões passaram pelas contas secretas.
(Com Estadão Conteúdo)



Blog do BG