.

segunda-feira, 29 de janeiro de 2018

PARELHAS: "Dr. Tiago Almeida garante ao Blog que será candidato a Deputado Estadual"

Nos bastidores políticos aqui da cidade de Parelhas, comentavam-se que o médico ortopedista Dr. Tiago Almeida iria desistir da pré-candidatura a Deputado estadual, para ser pré-candidato a deputado federal.

O Blog resolveu perguntar diretamente ao pré-candidato se havia algum fundo de verdade nos comentários, e Dr. Tiago, como sempre muito atencioso, nos deu a seguinte resposta:

"Não procede meu amigo, eu sou pré-candidato a DEPUTADO ESTADUAL, o que passar disso são apenas boatos de algumas pessoas querendo desestabilizar a nossa pré-candidatura. Tiago Almeida é pré-candidato a Deputado Estadual." Disse


TEMER: "Seria importante que Lula fosse derrotado nas urnas"

O presidente Michel Temer disse nesta segunda-feira(29), em entrevista a Rádio Bandeirantes, que a não participação de Lula nas eleições de outubro, tenciona o quadro político do Brasil e que o importante era derrotar Lula nas Urnas.

"A figura de Lula é de muito carisma, não dá prá dizer que ele está  morto politicamente. O importante era ele ser derrotado nas urnas". Afirmou


RN: "Condenação de Lula não abate planos do PT local, afirmam lideranças"

O PT do Rio Grande do Norte não vai recuar de seu planejamento para as eleições de 2018, mesmo após a condenação do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva ter sido confirmada na segunda instância da Justiça, o que pode retirá-lo do pleito e até levá-lo à prisão. Lideranças do partido ouvidas pela reportagem não só confirmam que a proposta inicial está mantida, como também dizem que as pretensões estão “reforçadas”.
O deputado estadual Fernando Mineiro considera que a condenação de Lula “não terá impacto negativo a nível regional”. Na avaliação do parlamentar, inclusive, a pré-candidatura de Lula à Presidência ganhará intensidade em breve. “Acho mesmo que as intenções de votos nele aumentarão, porque a população percebe que é pura perseguição”, opina. “E acho que os projetos eleitorais locais têm dinâmicas próprias”, acrescenta.
Para a vereadora da capital Natália Bonavides, que é advogada, o processo que resultou na condenação de Lula é uma “farsa jurídica”, o que abre espaço para o debate na opinião pública e indica os caminhos que o PT local deve seguir na eleição.
“A injustiça só reforça que a nossa política para 2018 deve ser uma aliança programática com setores que combateram o golpe e seguem combatendo as medidas golpistas da retirada de direitos, liberdades democráticas e em defesa da soberania nacional”, destaca Natália, que defende candidaturas próprias do partido para a Câmara Federal e a Assembleia Legislativa, além do Governo do Estado, como plataformas de defesa de Lula.
O vereador em Natal Fernando Lucena considera que Lula foi condenado sem provas e que o ex-presidente segue na disputa ao Palácio do Planalto. “Os três desembargadores pau-mandados falaram de tudo, menos do tríplex. Não falaram, porque não tem nenhuma prova. O povo sabe que é golpe. A única chance de o Brasil sair do buraco é com Lula. A guerra ainda nem começou. Lula é candidatíssimo”, afirma.
Quanto aos planos locais, Lucena diz que o planejamento do PT será um reflexo da proposta nacional, que é ampliar a bancada do partido no Congresso Nacional, sobretudo na Câmara. “Vamos eleger 150 deputados federais, essa é a prioridade. Vamos ter essa discussão agora em março”, finaliza.
AgoraRN

AGENDA DA SEMANA NO CENTRO INTEGRADO ECON


PARELHAS: "Prefeitura paga servidores nesta quarta(31)"

A prefeitura Municipal de Parelhas realizará o pagamento dos servidores municipais nesta quarta-feira(31).

"Graças a Deus,  em meio a uma grave crise que se arrasta a muito tempo, os salários dos nossos funcionários estão rigorosamente em dia, isso me deixa muito feliz". Disse o prefeito

POLÍTICA: "Zenaide pode ter o apoio de Garibaldi e Agripino para disputar o Governo"

Com o crescente movimento nacional para viabilizar uma possível candidatura do presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia, do DEM a presidente da República, a deputada federal Zenaide Maia, é apontada como candidata a governadora do RN.
Em troca da desistência, o senadora Garibaldi Alves Filho, do MDB, vai apoiá-la, acabando assim, o sonho do atual prefeito de Natal Carlos Eduardo Alves, de ter o aval do primo na disputa para governador do Estado nas eleições deste ano.
A presença de Zenaide Maia, facilita a reeleição de Garibaldi e de Agripino. Agora, resta o presidente estadual do PR João Maia que quer ganhar foro privilegiado, aceitar esse acordo, mas as conversas estão avançadas. Até agora não tem esse conversa fiada de chapa fechada não.

ATÉ ELE ACHA ESTRANHO: "Sofro uma oposição radical, mas curiosa; não tem gente na rua, diz Temer"

O presidente Michel Temer afirmou que tem sofrido uma “oposição radical”, mas “curiosa”, porque não há manifestações contra ele na rua. Segundo ele, isso ocorre porque a população está notando a diferença entre o que ocorreu “no passado” e o que ocorre em seu governo.
“Todo mundo percebe que eu tenho sofrido uma oposição radical, mas uma oposição curiosa: Não tem gente na rua. Você perceber que, muitas vezes, quando há movimentos contra o presidente a serem examinados pelo Congresso Nacional… Não há uma pessoa em frente ao Congresso Nacional, não há um movimento de rua. O que acontece é que o povo está percebendo o que aconteceu no passado e o que está acontecendo agora”, disse em entrevista ao programa de estreia do apresentador Amaury Jr. na Band na madrugada deste domingo, 28.
A entrevista faz parte de uma ação do Planalto para divulgar e tentar popularizar a reforma da Previdência. Neste domingo, o presidente será entrevistado pelo apresentador e dono do SBT, Silvio Santos. Na segunda-feira, 29, estará no programa do Ratinho, também no SBT. O presidente ainda afirmou que quer ser lembrado como “o sujeito que fez as reformas indispensáveis ao País”. 
As informações são da Agência Estado.

A MÍDIA A FAVOR DE TEMER: "Sem nova Previdência, Brasil será Grécia, diz Temer a Silvio Santos"

O presidente Michel Temer voltou a defender neste domingo (28) a reforma da Previdência e disse que, sem a medida, Brasil poderá chegar à situação da Grécia, em que foi preciso cortar o salário dos funcionários públicos.
A declaração ocorreu em entrevista no “Programa Silvio Santos”, no SBT, um dia após ter participado do novo programa do apresentador Amaury Jr., na Band. Os encontros fazem parte de uma estratégia do Planalto para tentar melhorar a imagem do presidente e tentar explicar ao público a reforma da Previdência.
“Se não houver reformulação da Previdência, vai acontecer daqui a dois ou três anos o que aconteceu em Portugal e na Grécia, em que a dívida da Previdência é tão grande e expressiva que lá foi preciso cortar, 30%, 40% dos vencimentos dos funcionários públicos”, afirmou. As informações são da Folha de São Paulo.