.

sexta-feira, 28 de novembro de 2014

QUEM TRAIU QUEM?

Depois da eleição da Mesa Diretora da Câmara Municipal, aconteceu uma enxurrada de comentários nas  redes sociais chamando o Prefeito de traidor, mas como perguntar não ofende: Quem traiu quem?
Ora, sejamos racionais, o Vereador eleito Presidente, Frank Kleber, concorreu a presidência com o direito que lhe assiste, não só a ele, mas qualquer um dos Edis que quisesse ter colocado o nome a disposição, como foi o caso do Vereador Ênio Ângelo, que também colocou seu nome para apreciação dos nobres pares.
Onde está escrito que somente o PMDB deve presidir a Câmara? Em qual Lei ficou estabelecido que o PT não pode concorrer a presidência?
Vamos ser coerentes, o PMDB já presidiu a Câmara por oito anos e com voto do PT, depois a atual presidente Maria da Guia do PSDB, preside a Casa, eleita com dois votos do PT,  e o que há de a mal em votar em Frank Kleber?
Não consigo entender, por mais que procure: Onde está a traição? Ou alguém quer me convencer que se a oposição resolvesse votar no candidato do PMDB, eles iriam rejeitar? Ora não sejamos ingênuos!
Por fim, penso que, Parelhas toda sabe, quem tem o histórico de traição e de tentar queimar aliados.