.

terça-feira, 6 de junho de 2017

DE OLHO NA EDUCAÇÃO: "Informativo do mandato popular do Vereador Frank Professor"

Estudantes da cidade de Parelhas e de todo o RN, que queiram participar da lista de espera da segunda edição de 2017 do Sistema de Seleção Unificada (Sisu), fiquem ligados, o prazo de inscrição começou ontem(05/06) e termina no dia 19/06. 

Para isso, basta acessar a página eletrônica do programa, o candidato deve ter em mãos o número de inscrição e senha do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) de 2016. 

As inscrições para a lista de espera têm início no mesmo dia em que será divulgado o resultado da chamada regular, a matrícula deverá ser efetuada entre os dias 9 e 13 de junho para os aprovados na chamada regular. 

No caso da lista de espera, os candidatos devem procurar as instituições de educação superior a partir do próximo dia 26 para acompanhar a convocação de matrículas.

Maiores informações:Acesse a página eletrônica do programa! Aqui: http://sisu.mec.gov.br/

Vereador Frank Professor
Sempre Presente

FOTO NOTÍCIA: "Sede do PMDB/RN também é alvo de mandado de busca e apreensão"

FOTOS: Blog do BG

UMA MÃO LAVA A OUTRA: "Operação que prendeu Henrique Alves está cumprindo 33 mandados"

Estão cumpridos, 33 mandados, sendo cinco mandados de prisão preventiva (sem prazo), seis de condução coercitiva, quando alguém é levado a depor, e 22 de busca e apreensão nos no Rio Grande do Norte e no Paraná.
A investigação realizada se iniciou após a análise das provas coletadas em várias das etapas da Operação Lava Jato que apontavam solicitação e o efetivo recebimento de vantagens indevidas por dois ex-parlamentares cujas atuações políticas favoreceriam duas grandes construtoras envolvidas na construção do estádio.
A partir das delações premiadas em inquéritos que tramitam no STF, e por meio de afastamento de sigilos fiscal, bancário e telefônico dos envolvidos, foram identificados diversos valores recebidos como doação eleitoral oficial, entre os anos de 2012 e 2014, que na verdade consistiram em pagamento de propina. Identificou-se também que os valores supostamente doados para a campanha eleitoral em 2014 de um dos investigados foram desviados em benefício pessoal.
Blog do Primo

CENTRO INTEGRADO ECON: "Especialistas de hoje(06), Dr. Elizeu(Urologista e Geriatra) e Dr. Wilker Medeiros(Pediatra)"


Suíça repassou dados bancários de Henrique Alves ao Brasil

GENEBRA – A Suíça repassou aos procuradores brasileiros detalhes das transações de Henrique Alves, o ex-ministro do Turismo do governo de Michel Temer, há um ano. Ele era investigado em Berna desde fevereiro de 2016 por crimes de lavagem de dinheiro e corrupção passiva. Mas, antes de ter seu dinheiro bloqueado, ele pode ter conseguido transferir grande parte dele para o Uruguai e Dubai.
Na Europa, fontes próximas ao caso confirmaram com exclusividade ao Estado que Alves, num primeiro momento, foi descoberto com uma conta com depósitos que variavam entre US$ 700 mil e US$ 1 milhão.
Blog do Primo

URGENTE: "Henrique Alves é preso em Natal"

O ex-ministro do Turismo Henrique Eduardo Alves é alvo de um mandado de prisão preventiva em um desdobramento da Operação Lava Jato deflagrado nesta terça-feira (6). O ex-deputado Eduardo Cunha também é investigado. Ambos são do PMDB e foram presidentes da Câmara dos Deputados.
Batizada de Manus, a operação investiga corrupção ativa e passiva e lavagem de dinheiro na construção da Arena das Dunas, em Natal/RN. O sobrepreço identificado chega a R$ 77 milhões.
São cumpridos, 33 mandados, sendo cinco mandados de prisão preventiva (sem prazo), seis de condução coercitiva, quando alguém é levado a depor, e 22 de busca e apreensão nos no Rio Grande do Norte e no Paraná.
A investigação realizada se iniciou após a análise das provas coletadas em várias das etapas da Operação Lava Jato que apontavam solicitação e o efetivo recebimento de vantagens indevidas por dois ex-parlamentares cujas atuações políticas favoreceriam duas grandes construtoras envolvidas na construção do estádio.
A partir das delações premiadas em inquéritos que tramitam no STF, e por meio de afastamento de sigilos fiscal, bancário e telefônico dos envolvidos, foram identificados diversos valores recebidos como doação eleitoral oficial, entre os anos de 2012 e 2014, que na verdade consistiram em pagamento de propina. Identificou-se também que os valores supostamente doados para a campanha eleitoral em 2014 de um dos investigados foram desviados em benefício pessoal.
Os investigados responderão, na medida de suas participações, pelos crimes de corrupção ativa e passiva, além de lavagem de dinheiro.
Sobre o nome da operação, é referência ao provérbio latino “Manus Manum Fricat, Et Manus Manus Lavat”, cujo significado é: uma mão esfrega a outra; uma mão lava a outra.A Polícia Federal cumpre mandados nesta terça-feira (6) em um desdobramento da Operação Lava Jato. Mais informações em instantes.
G1