.

quinta-feira, 2 de junho de 2016

EQUADOR: "PM frustra tentativa de roubo a agência dos Correios do município"

Policiais da 3ª Companhia de Polícia Militar (3ª CIPM) conseguiram na manhã desta quinta-feira (2) frustrar uma tentativa de roubo em uma agencia dos Correios na cidade de Equador, distante 281 quilômetros de Natal. Dois homens foram presos de posse de duas armas de fogo.
Segundo a PM, a dupla entrou na agência e anunciou o assalto, mas militares que faziam o patrulhamento na área foram informados da ação e cercou a dupla que ainda chegou a fazer clientes de reféns. Após o reforço policial chegar à cidade, a dupla acabou se rendendo e sendo conduzida à Polícia Civil. Ninguém ficou ferido.




PARELHAS: "Justiça na Praça acontece nesta sexta(03)"


Acontece neste dia 3 de Junho em Parelhas, O Justiça na Praça, uma mega estrutura será montada em torno da Praça Arnaldo Bezerra, para receber o programa do Tribunal de Justiça do Rio Grande do Norte, que em parceria com a Prefeitura Municipal de Parelhas irá oferecer GRATUITAMENTE vários serviços a população parelhense. 
O Justiça na praça vem passando por vários municípios do RN, e desta vez Parelhas será contemplada com esse verdadeiro mutirão de cidadania. A cidade irá parar para participar deste evento, que tem como carro-chefe o Casamento comunitário, e em Parelhas, 80 casais irão oficializar a união, além do casamento, terá emissão de RG, CPF, assessoria jurídica, audiências judiciais, exposições das secretarias municipais e órgãos públicos do estado.

E O SALÁRIO, Ó!: "Câmara aprova reajustes para PGR, Executivo, Legislativo e Judiciário"

A Câmara aprovou na noite desta quarta-feira (1°) 14 projetos de reajustes salariais para servidores dos poderes Executivo, Legislativo, Judiciário e para a Procuradoria Geral da República, além de militares. As propostas seguem agora para análise do Senado.
A aprovação desses reajustes é resultado de um acordo entre a base governista e a oposição, pelo qual os deputados começaram a votar um pacote de 15 projetos de reajuste para o funcionalismo público federal. O acordo teve o aval do Palácio do Planalto, segundo informou o colunista Gerson Camarotti. Um dos projetos, de reajuste para defensores públicos, deverá ser analisado só na próxima semana.
Só para servidores do Judiciário, o reajuste variará entre 16,5% e 41,47%. Ministros do Supremo Tribunal Federal terão aumento de 16,38%, com o salário passando dos atuais R$ 33.763 para R$ 39.293,38.