.

quarta-feira, 25 de março de 2015

POLÍTICA: "E o palhaço quem é?"

Muito se falou da eleição e da reeleição do "palhaço" Tiririca, que diga-se de passagem, foi muito bem votado nas duas vezes que disputou uma cadeira na Câmara Federal pelo estado de São Paulo.
Disseram que o povo era burro, que não sabia votar, que Tiririca era analfabeto e que iria envergonhar o Congresso Nacional.
Falaram também que, era um absurdo  um "palhaço" ser tão bem votado.
Mas como perguntar não ofende: O que dizer dos 37 parlamentares do PP, 7 do PMDB e 7 do PT, que foram pegos na Operação Lava-jato?
O nome de Tiririca até agora, não apareceu em nenhum escândalo de corrupção e até onde se sabe, tem feito um trabalho sério no Congresso, já os que não são palhaços...
E como mais uma vez, perguntar não ofende, vou parafrasear o grande cantor Alceu Valença: "E O PALHAÇO QUEM É?

FIM DAS COLIGAÇÕES PROPOCIONAIS

O Senado aprovou ontem (24), em segundo turno, a Proposta de Emenda à Constituição 40, que acaba com as coligações eleitorais em eleições proporcionais, permitindo que elas ocorram apenas para as majoritárias. A PEC é um dos principais temas da reforma política.
Na prática, a proposta estabelece que os partidos só poderão se coligar em eleições para cargos do Executivo – federal, estadual e municipal – e para o Senado. Portanto, ficam proibidas as coligações para disputas à Câmara dos Deputados, assembleias legislativas, Câmara Legislativa do Distrito Federal e câmaras de Vereadores.
Não será mais possível, por exemplo, que dois partidos que não alcançaram o número necessário de votos para atingir o coeficiente eleitoral se unam para eleger um candidato. A PEC também impede que, durante o afastamento de um parlamentar, o suplente convocado seja de outro partido.
A proposta tinha sido aprovada em primeiro turno no último dia 10. A matéria segue para a Câmara dos Deputados, onde também terá de ser aprovada em dois turnos, com maioria qualificada, ou seja, pelo menos 308 deputados precisam votar a favor. Se o texto sofrer alterações na Câmara, retornará ao Senado para última análise.

JÁ NÃO ERA SEM TEMPO: "Senador potiguar será investigado pelo STF"

A ministra Cármen Lúcia, do Supremo Tribunal Federal (STF), autorizou a abertura de inquérito para investigar se o senador José Agripino Maia (RN), presidente do DEM, cometeu crime de corrupção passiva. A decisão foi tomada na sexta-feira (20), após pedido da Procuradoria Geral da República. O inquérito foi instaurado na segunda (23) e tramita em segredo de Justiça.
Em acordo de delação premiada, o empresário George Olímpio afirmou que pagou R$ 1 milhão ao senador para tentar implantar o sistema de inspeção veicular no estado, governado pelo DEM. As informações foram veiculadas no Fantástico no fim de fevereiro.
Nesta segunda, Agripino divulgou nota na qual afirma desconhecer “as razões que estejam ensejando a reabertura deste assunto”. “Este assunto, tratado em 2012, gerou processo de investigação pela Procuradoria Geral da República que, em 31 de outubro de 2012, o arquivou pela ‘inexistência de indícios, mínimos que sejam, que confirmem a afirmação de que o Senador José Agripino Maia teria recebido doação eleitoral ilícita do grupo investigado na operação Sinal Fechado'”, diz o senador na nota.

Fátima Bezerra solicita a permanência da Força Nacional no Estado

A senadora Fátima Bezerra (PT/RN) e governador Robinson Faria participaram, nesta terça-feira (24), de uma audiência com o ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo, e com a secretária Nacional de Segurança Pública, Regina Miki, para tratar da questão da segurança pública do Estado, em decorrência da série de rebeliões em diversos presídios do estado. Das 33 unidades prisionais do RN, 14 foram alvos de motins na última semana.
De acordo com a senadora Fátima, foi solicitada a permanência da Força Nacional de Segurança Pública no estado, ações de reestruturação do sistema penitenciário e a criação de um pacto entre o governo federal e do Rio Grande do Norte, com vistas a reduzir a violência no estado.
A reunião contou com a presença do secretário-executivo do Ministério da Justiça, Marivaldo Pereira; do diretor-geral do Departamento Penitenciário Nacional, Renato Campos; do secretário estadual de Planejamento e das Finanças, Gustavo Maurício Filgueiras Nogueira; da secretária de Segurança Pública e Defesa Social, Kalina Leite; e dos deputados Fabio Faria (PSD/RN), Betinho Rosado (PP/RN) e Antônio Jácome (PMN / RN).

Dilma assina MP que mantém cálculo de reajuste do mínimo

A presidente Dilma Rousseff assinou a medida provisória que será enviada ao Congresso Nacional e prorroga até 2019 o atual modelo de reajuste do salário mínimo. O texto está em vigor desde 2011 e perde validade no fim deste ano. O objetivo é manter o mecanismo. Nele o valor do mínimo é calculado com a correção da inflação do ano anterior mais a variação do PIB dos últimos dois anos.

CAICÓ: "Adolescente está desaparecida"

A adolescente caicoense Hiorrara Ilana Nascimento da Silva, 14 anos de idade, moradora do bairro João XXIII, zona oeste de Caicó, está desaparecida desde a tarde desta terça-feira (24/03), quando saiu para ir a escola e não mais voltou.
Desesperada, a mãe autorizou a publicação da imagem da adolescente e pede a quem souber ou vier saber do paradeiro da mesma que ajuda a localizá-la para tranquilizar a família.