.

quarta-feira, 5 de julho de 2017

ALERTA: "Gestão de Parelhas ocupa o 9º lugar em gastos com pessoal"

O Tribunal de Contas do Estado (TCE/RN) identificou que 75 municípios no Rio Grande do Norte se encontram acima do limite legal de gastos com pessoal, entre eles está o município de Parelhas ocupando o 9º lugar.
Será necessária uma economia de R$ 187,5 milhões nos próximos meses por parte do gestor do município para que as despesas voltem aos patamares exigidos pela Lei de Responsabilidade Fiscal.
O gasto total dos municípios no RN é de cerca de R$ 14 bilhões. Os dados do levantamento, realizado pela Diretoria de Assuntos Municipais, mostram que cerca de 45% das prefeituras do Estado estão acima do limite legal e que esse excedente totaliza R$ R$ 187.554.420,70.
O Tribunal de Contas abrirá processos individuais para investigar o não envio de dados por parte dos 12 municípios faltosos, além de incluir o dado na análise de contas de governo. Os processos podem ensejar a aplicação de multa. 

DELAÇÃO DO EX-SECRETÁRIO: "Clã dos Alves de cabeça para baixo"

Com a prisão do ex-ministro Henrique Alves, por acusação de corrupção e propina, a situação política da oligarquia Alves, virou de cabeça para baixo. Com o deputado Walter Alves, o bom moço do clã na presidência do PMDB, o partido espera limpar a imagem desgastada e suja no RN após a prisão do principal cacique e amigo de Temer.
Ontem, a Folha de São Paulo, divulgou que Fred Queiroz, ex-secretário de Obras da Prefeitura de Natal comandada por Carlos Eduardo Alves, primo de Henrique Alves, fez delação e detalhou os contratos que fez usando a Pratika em campanhas de Alves e outros políticos realizadas entre 2010 e 2016.
De acordo com a Folha, Fred detalhou como usou contratos fictícios da empresa para irrigar as campanhas de Henrique Alves arcando com custos de mobilizações de militâncias, repasses a assessores e políticos.

RN: "Deputado Dison Lisboa recebe tornozeleira, deixa a prisão e continuará exercendo mandato"

O deputado estadual Dison Lisboa (PSD), líder do Governo Robinson na Assembleia Legislativa, recebeu nesta terça-feira (04) uma tornozeleira e deixou o Quartel da Polícia Militar, onde estava preso desde o último sábado (01), por decisão da justiça.
Dison optou pelo uso da tornozeleira ao invés de diariamente ir dormir no Complexo Penal João Chaves, na Zona Norte de Natal.
Dison foi condenado a cinco anos de reclusão, em regime semiaberto, sob acusação de ter se apropriado de recursos públicos no período em que administrou o município de Goianinha.

APARECEU A MARGARIDA: "Fábio Faria aparece no RN após longa ausência por citação em delação da JBS"

Após um longo período ausente do Rio Grande do Norte, o deputado federal Fábio Faria (PSD) apareceu nesta terça-feira (04) no Estado. Prefeitos e representantes de diferentes municípios do Rio Grande do Norte, como Antônio Martins, Porto do Mangue, São José de Campestre, Serra Caiada, São Pedro e Vila Flor.
O parlamentar estava ausente desde quando seu nome apareceu na delação da JBS, juntamente com seu pai, o governador Robinson Faria, ambos do PSD e acusados pelo executivo Ricardo Saud, de terem recebido R$ 10 milhões em propinas, prometendo a privatização da Companhia de Águas e Esgotos do Rio Grande do Norte (CAERN). Além das declarações sobre acertos feitos com Robinson e Fábio, os empresários da JBS entregaram à Justiça outros tipos de provas, como anotações e planilhas com a relação dos repasses.
Fábio e Robinson negam as acusações e afirmaram por nota que as doações foram oficiais e declaradas na conta da campanha.


DITADOR: "Ou o Brasil muda por bem, ou muda por mal." Diz Rogério Marinho

O deputado federal Rogério Marinho (PSDB-RN), relator do projeto da reforma trabalhista na Câmara dos Deputados, demonstrou que o apoio às mudanças nas relações de trabalho entre patrão e empregado não são seus únicos interesses. Muito embora não esteja diretamente ligado a proposta da reforma previdenciária, que também gerando polêmica, graças, principalmente, à mudança da idade de aposentadoria no Brasil, Marinho se disse um entusiasta do projeto, afirmando que ele é muito importante para salvar a economia do país. Em entrevista ao Agora Jornal, o parlamentar disse que acredita que, caso os brasileiros não aceitem mudar a realidade previdenciária agora, mais tarde vão sofrer as consequências de diretrizes defasadas.
“Ou fazemos o redesenho do Brasil de forma consensual ou isso será feito por mal – em algum momento, isso será feito da pior forma possível, como aconteceu em vários lugares do mundo”, disse Marinho, referindo-se a países europeus, como a Grécia, que possuem grandes dificuldades econômicas.
De acordo com ele, a reforma vem enfrentando resistência especialmente por aqueles que mais se beneficiariam da situação como está hoje. “O estado foi assaltado pelas corporações; 70% da previdência do Brasil é paga para menos de 30% dos aposentados. São aqueles que se aposentam com menos de 50 anos de idade; com integralidade de vencimentos; salários acima do teto e que se apropriaram do país – como juízes, membros do Ministério Público, auditores fiscais e Polícia Federal. Eles fazem uma propaganda violenta contra as reformas porque não querem perder privilégios em um país onde a maioria da população é desprivilegiada”, contou.
Rogério Marinho defendeu que a reforma previdenciária precisa ser tratada com a população de maneira transparente. Em um panorama relativamente menor, o deputado lembrou os casos em que a prefeitura de Natal, através de Carlos Eduardo Alves (PDT), precisou sacar recursos do fundo previdenciário dos servidores do município (NatalPrev) – o que causou comoção negativa na população –, e o fato de que o governo do Rio Grande do Norte segue com dificuldades para manter em dia a folha dos servidores estaduais.
“A reforma previdenciária precisa ser enfrentada sem populismo, demagogia e sem discurso fácil. As pessoas têm que dizer o que vai acontecer com o país, com o estado ou com a cidade. A prefeitura de Natal, por exemplo, já se apropriou dos recursos públicos do fundo de pensão. O governo do Rio Grande do Norte fez o mesmo – levantou mais de R$ 1 bilhão e está com dificuldades para pagar seus servidores”.
O parlamentar racionalizou que a previdência deve aliviar os bolsos populares, argumentando que, caso a realidade econômica atual se mantenha, o estado deve quebrar, uma vez que não cessa de criar impostos, para compensar os buracos financeiros. Consequentemente, isto causa os mesmos buracos financeiros no cotidiano dos brasileiros, que são obrigados a desembolsar mais para cobrir os custos do estado.
“A previdência é essencial para o país. Nosso modelo econômico de aumentar impostos para resolver problemas se exauriu. A sociedade não suporta o tamanho que o estado detém. A relação hoje é de 1 para 1. Aqueles que dizem que não há déficit na previdência são irresponsáveis, populistas e absolutamente enganadores da fé pública. Quem ocupa um cargo público não pode abandonar a responsabilidade de ter decisão e convicção de que há uma necessidade de se reestruturar o país e redesenhar as instituições brasileiras. É preciso haver uma reforma previdenciária urgente, bem como uma reforma tributária; uma reforma política e uma reforma do tamanho do estado”, encerrou Rogério Marinho.



SANTANA DO SERIDÓ: "O Blog errou, no horário do atendimento do glaucoma. Confira!"

O Blog do Ivanildo Souza, publicou ontem(04), uma matéria sobre o atendimento da equipe de glaucoma, que vai está está na cidade de Santana do Seridó neste sábado dia 08 de julho.

Na referida matéria, foi dito que o horário de atendimento seria das 08:00h da manhã ás 13:00h da tarde. 
Pois bem, o blog errou na questão do horário e pede desculpas aos amigos internautas.
Na verdade, o atendimento acontecerá no hospital local, mas á partir das 13:00h.

Feito o registro.