.

quinta-feira, 4 de fevereiro de 2016

POLÍTICA: "Coincidência ou não?"

vice-prefeita de Natal Wilma de Faria anunciou nesta terça-feira (02) que deixaria o Partido Socialista Brasileira (PSB), e coincidência ou não, neste mesmo dia as contas do partido foram reprovadas pelo Tribunal Regional Eleitoral do RN, e com isso, o PSB vai ficar sem receber recursos do fundo partidário.

Wilma sabia dessa decisão do TRE-RN? E mais… Wilma saiu do PSB porque vai perder o comando da legenda ou porque o partido vai ficar sem dinheiro?

DO BLOG: "É a besta"...

POLÍTICA: "PSOL e Rede pedem afastamento de Cunha ao Supremo"

Parlamentares do PSOL e da Rede Sustentabilidade pediram hoje (3) ao Supremo Tribunal Federal (STF) o afastamento do presidente da Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha (PMDB-RJ). O pedido foi recebido como manifestação no Supremo, sem valor jurídico.
Segundo os parlamentares, a manutenção de Cunha no cargo, na condição de investigado na Operação Lava Jato, impede que o “interesse público predomine nos trabalhos da Casa”.
“O número sempre crescente de acusações graves, somado ao grande poder que a função de presidente da Câmara proporciona, mostram que a manutenção de Cunha na presidência e no exercício do mandato, tendo em vista a enorme influência que exerce sobre um grande grupo de parlamentares, impede que o interesse público predomine nos trabalhos daquela Casa”, alegam os deputados.
As boas chuvas ocorridas durante o mês de janeiro, ocasionadas pela presença de um vórtice ciclônico de ar superior de longa duração, fizeram do primeiro mês de 2016 o mais chuvoso desde 2011. A afirmação é da Gerência de Meteorologia da Empresa de Pesquisa Agropecuária do Rio Grande do Norte (Emparn).
Ainda segundo a Emparn, “o monitoramento diário e mensal das principais variáveis oceânicas/atmosféricas que influenciam na ocorrência das chuvas no Nordeste tem mostrado uma evolução favorável. Isso fica evidente no comportamento do Oceano Atlântico, onde as águas superficiais do setor norte tem se apresentado mais frias do que o normal, e o setor sul continua com águas mais aquecidas”.
Também foi observado que no Oceano Pacífico o fenômeno El Niño, que durante os meses de outubro e novembro de 2015 se destacava como um dos mais intensos dos últimos 30 anos (similar ao episódio de 1997/98), atualmente se apresenta na condição de fenômeno moderado, mantendo a tendência de normalidade a partir do próximo mês de maio.