.

segunda-feira, 8 de agosto de 2016

CENTRO INTEGRADO ECON INFORMA:


ACONTECEU NO BRASIL: "Ex-deputado é preso ao chegar à convenção que lançou seu nome à prefeitura"

O ex-deputado federal Fernando Chiarelli (PTdoB) foi preso nesta terça-feira (2) pela Polícia Federal ao chegar à Câmara Municipal de Ribeirão Preto (SP) para participar da convenção partidária que ratificou sua candidatura à prefeitura do município do interior paulista. Ele foi levado por dois agentes à sede da PF na cidade e, depois, segundo seu advogado Alexandre Sousa, encaminhado a um presídio da região.
Chiarelli foi condenado em outubro de 2015 a um ano e nove meses de prisão em regime semiaberto e multa de 20 salários mínimos pelo juiz eleitoral Luís Augusto Freire Teotônio. A condenação ocorreu por calúnia, injúria e difamação contra a prefeita de Ribeirão Preto, Dárcy Vera (PSD), durante a campanha que a reelegeu, em 2012. A ação contra o ex-deputado foi feita pelo Ministério Público Eleitoral (MPE).
Os advogados de Chiarelli recorreram, mas pena foi ratificada pelo Tribunal Regional Eleitoral (TRE) em maio deste ano, levando-o a ser preso na manhã de hoje antes da convenção do PTdoB, que definiu a candidatura do ex-deputado a prefeito. “Chiarelli continua candidato a prefeito e estamos empenhados em tentar um habeas corpus junto ao TRE para reverter essa decisão”, disse Sousa, lembrando que o ex-parlamentar tem até 48 horas para assinar a ata da convenção partidária.
O ribeirão-pretano tem um passado de polêmicas e de inimizades na cidade, entre eles vários políticos locais, como o ex-prefeito e ex-ministro Antonio Palocci, o ex-deputado e ex-ministro da Agricultura Wagner Rossi e seu filho, atual líder do PMDB na Câmara dos Deputados Baleia Rossi (PMDB-SP). Eleito vereador em 1992 pelo PDS, Chiarelli foi cassado e por falta decoro em 1994 após chamar o ex-vereador Antonio Lorenzato, deficiente físico, de “aleijadinho”, se tornando inelegível por oito anos. Curiosamente, quem assumiu a vaga de Chiarelli foi a então suplente e atual prefeita Dárcy Vera, pivô da prisão do ex-deputado.
Chiarelli tentou a candidatura a prefeito em 2004, mas seu registro foi cassado e ainda disputou a eleição municipal em 2012 e ficou na quarta colocação com 5,56% dos votos válidos. Em 2009, pelo PDT, como suplente de deputado federal assumiu a vaga de João Herrmann Neto, morto em 12 de outubro daquele ano, e permaneceu até o fim do mandato, em 2010.

RIO 2016: "Confira o quadro de medalhas dos Jogos Olímpicos"

No terceiro dia dos Jogos Olímpicos, os Estados Unidos consolidam a liderança no quadro de medalhas com 12 medalhas até o momento, sendo três ouros, cinco pratas e quatro bronzes.

Em segundo, a China demonstra força com oito medalhas (três ouros, duas pratas e três bronzes). Logo em seguida, a Austrália segue em terceiro no ranking, com três conquistas de ouro e três de bronze.

O Brasil aparece somente em 20º colocado, com apenas uma medalha de prata, conquistada por Felipe Wu, no tiro esportivo.
Nesta segunda-feira (8), oito modalidades - esgrima, ginástica artística, judô, levantamento de peso, natação, rugby de 7, salto ornamental e tiro esportivo - terão decisões pelo pódio
CONFIRA:

CRUZETA: "Senadora Fátima Bezerra confirma apoio a Elismária, pré-candidata pelo PMDB"

Após participar de evento político em Caicó, a senadora Fátima Bezerra visitou Cruzeta, onde confirmou apoio à coligação formada por PMDB, PT, PP e PV. A parlamentar não chegou a tempo de participar da convenção mas fez questão de cumprimentar os pré-candidatos Elismária Catarina (prefeita) e Joabel Medeiros (vice).
A senadora tinha sido lembrada no discurso do prefeito Nena Dantas, durante a convenção. Ele citou o apoio que a parlamentar tem dado ao município, com a destinação de emendas para construção de passagem molhada (R$ 237.000,00), aquisição de trator (R$ 144.000,00), para a pasta de saúde (R$ 100.000,00) e para construção de um pórtico (R$ 250.000,00), essa última já empenhada.
“Voltaremos na campanha para reforçar o nosso apoio aos candidatos. O povo quer Cruzeta em boas mãos e Elismária e Joabel cumprirão essa missão de fazer uma gestão de avanços”, observou Fátima Bezerra.

VOX POPULI: "Lula lidera 1º turno de 2018 em todos os cenários"

Pesquisa Vox Populi/CartaCapital aponta que, se a eleição presidencial de 2018 fosse hoje, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) seria o candidato mais votado no primeiro turno nos três cenários pesquisados. Além de Lula, todas as simulações incluem como candidatos Marina Silva (Rede), Ciro Gomes (PDT) e Jair Bolsonaro (PSC) – o que muda em cada uma delas é o representante do PSDB. A margem de erro é sempre de dois pontos percentuais, para cima ou para baixo.
No primeiro cenário, Lula aparece com 28% dos votos, seguido por Aécio Neves (PSDB), com 18%. Na sequência estão Marina (15%), Ciro Gomes (6%) e Bolsonaro (7%). Brancos e nulos somam 20%, e outros 7% não sabem ou não responderam.
Na simulação na qual o candidato tucano é Geraldo Alckmin, o resultado não leva o PSDB para o segundo turno. Enquanto Lula tem 29% das intenções de voto e Marina aparece com 18%, Alckmin acumula apenas 11%, o que lhe rende o terceiro lugar, seguido por Bolsonaro (7%) e Ciro Gomes (6%). Brancos e nulos somam 21%, e 8% não sabem ou não responderam.

Chefão da F-1 diz que “nunca pagaria um centavo pela sogra”

O CEO da Fórmula-1 Bernie Ecclestone revelou detalhes tensos do sequestro da sogra Aparecida Palmeira, mãe da brasileira Fabiana Flosi, 38, com quem o bilionário é casado. Segundo o “Daily Mail”, os sequestradores ameaçaram cortar a cabeça de Aparecida e enviar para a família embalada numa sacola plástica.
Segundo o jornal Extra, a mensagem chegou aos familiares através de um e-mail enviado com um pedido de resgate de £ 28 milhões, o equivalente a mais de R$ 117 milhões de reais. “Eu nunca pagaria um centavo”, disse Ecclestone, para depois brincar: “Todos os meus amigos sabem que eu não pagaria um centavo pela minha sogra”.
Aparecida Schunck Flosi Palmeira, de 67 anos, foi libertada de um cativeiro no município de Cotia, na Grande São Paulo, no dia 28 de julho. Ela havia sido sequestrada de dentro de casa no dia 22 de julho no bairro de Interlagos, em São Paulo.

Em vídeo, Feliciano nega tentativa de estupro de jornalista

O deputado Marco Feliciano (PSC-SP) usou as redes sociais neste sábado (6) para se defender das acusações de tentativa de estupro, assédio sexual e agressão feitas pela jornalista Patrícia Lélis, de 22 anos, ex-militante do PSC Jovem. Em vídeo publicado no início da tarde em sua página no Facebook, o ex-presidente da Comissão de Direitos Humanos da Câmara diz ser alvo de ataques à sua moral, promete apresentar provas de sua inocência e defende que Patrícia seja responsabilizada por falsa comunicação de crime.
“Quero dizer que embora esteja com o coração machucado, com minha família toda sofrendo, não vou julgar essa moça. Espero que Deus perdoe ela (sic) embora espere que ela seja responsabilizada pela falsa comunicação do crime”, disse Feliciano.
Na sexta-feira Patrícia registrou queixa contra o deputado no 3o Distrito Policial de São Paulo (Campos Elíseos). Ela diz que foi atraída até o apartamento funcional de Feliciano, em Brasília, no dia 15 de junho. “Ele falou que tinha uma reunião do PSC Jovem mas quando cheguei lá tinha só ele”, disse a jornalista.

Receita abre consulta a terceiro lote de restituição do Imposto de Renda

A Receita Federal abre hoje (8), a partir das 9h, a consulta ao terceiro lote de restituição do Imposto Renda Pessoa Física de 2016. Foram liberadas também restituições dos exercícios de 2008 a 2015. O crédito bancário será feito no próximo dia 15.
Para saber se teve a declaração liberada, o contribuinte deverá acessar a página da Receita na Internet ou ligar para o Receitafone 146. A Receita disponibiliza ainda aplicativo para tablets e smartphones que facilita a consulta às declarações e à situação cadastral no CPF.
Na consulta à página da Receita, serviço e-CAC, é possível acessar o extrato da declaração e ver se há inconsistências de dados identificadas pelo processamento. Nessa hipótese, o contribuinte pode avaliar as inconsistências e fazer a autorregularização, mediante entrega de declaração retificadora.

Maioria do Senado deve votar pela continuidade do impeachment

A votação para decidir sobre o processo de impeachment de Dilma Rousseff está marcada para terça-feira (9). Segundo um levantamento do jornal O Globo, a próxima etapa do processo deve deixar a petista mais próxima do afastamento definitivo. A fase da pronúncia, que acontece na terça (9), irá definir se o processo é arquivo ou segue para o Plenário.
A decisão final deve ser votada ainda em agosto e a expectativa é que esses senadores repitam o voto pela saída de Dilma. A pesquisa também indica que 18 senadores votarão a favor de Dilma na fase de pronúncia. Outros 16 não declararam o voto e três não foram encontrados pela reportagem.
Amanhã (9), o senado vota o relatório de Antonio Anastasia (PSDB-MG) e serão necessários os votos da metade mais um dos presentes maioria simples , desde que haja o quórum de 41 senadores. Na votação final do processo, será preciso contabilizar o voto de ao menos 48 senadores para sacramentar a saída de Dilma. O número representa três quintos da Casa.