.

quarta-feira, 9 de maio de 2018

22º SANTO ANTÔNIO DO POVO: "Prefeito Hudson recebe representantes da cervejaria Itaipava"

O Prefeito Hudson Pereira de Brito recebeu hoje, dia 09/05/18, a visita dos representantes da cervejaria Itaipava, o senhor Marcos (supervisor), Rafael e Leonardo (vendedores), que vieram reforçar o apoio e a parceria para o 22° Santo Antônio do Povo; além dos amigos Ricardo Medeiros e Zeca de Chico Américo, que são incentivadores do evento.

Desde do ano passado (2017) que a cervejaria Itaipava é patrocinadora e uma das grandes parceiras do Santo Antônio do Povo, fortalecendo o comércio local, atraindo visitantes de todo o Brasil e reduzindo os gastos que o município tem com os festejos.


PERGUNTAR NÃO OFENDE: "Quem vai recepcionar o vice-governador em Parelhas?"

O vice-governador Fábio Dantas vai começar uma visita por 40 cidades do Rio Grande do Norte, com um projeto chamado "Ouvir para Realizar", que visa através disso construir seu plano de governo.

Na agenda de Fábio Dantas consta o nome  de Parelhas.

A oposição da cidade já está quase toda fechada  com a reeleição do  atual governador Robinson Faria, já a situação, fechou questão ao nome de Carlos Eduardo e da Senadora Fátima Bezerra.

Como perguntar não ofende: "Qual político ou liderança da cidade vai recepcionar o vice-governador do estado?"






VÍDEO: "Prefeitura do Natal não cumpre compromissos e abandona abrigos da cidade"



ELEIÇÕES 2018: "Geraldo Melo poderá ser candidato a governador pelo PSDB"

O ex-governador Geraldo Melo já admite ser candidato a governador nas eleições de outubro. Pressionado pelo seu partido, o PSDB, o tamborete disse que rezou muito para conseguir viabilizar sua pré-candidatura ao senado, mas que agora está sendo convocado para uma missão.

Geraldo Melo, que foi escanteado pelo MDB, vem pontuando acentuadamente desde que colocou seu nome no rol dos prováveis candidatos ao senado.

Agora, os tucanos negociam fortemente para ter o apoio do PSB do vice-governador Fábio Dantas e do Solidariedade, comandado no estado pelo deputado estadual Kelps Lima.

Para o partido, as pesquisas que já foram registradas e divulgadas, demostra claramente que a sucessão está em aberto, tanto para o senado, quanto para o governo.

As informações são do Portal Nominuto.com/Coluna Pinga Fogo


PT quer eleição popular no Judiciário e referendo para revogar todas as medidas de Temer

Um referendo para que a população decida se quer revogar as medidas aprovadas pelo Congresso durante o Governo Temer, como o teto de gastos públicos e a reforma trabalhista. A “democratização” do processo de escolha dos ministros do Supremo e eleição popular para a escolha dos presidentes de todos os tribunais.
Essas são algumas das propostas contidas nas mais de 300 páginas do plano de governo do PT. Ao longo do texto, 75 menções ao golpe e nenhuma sobre a descriminalização do aborto. O plano acaba de ser lançado a despeito de o partido ter a mais frágil candidatura dentre os pré-candidatos: Lula pode ser barrado pelo Tribunal Superior Eleitoral enquadrado na Lei da Ficha Limpa e está preso em Curitiba.
Intitulado O Brasil que o povo quer, o programa faz vista grossa sobre o papel das gestões petistas no agravamento de uma série de questões, como a guerra às drogas, o fortalecimento das bancadas evangélica e ruralista no Congresso e a criminalização dos movimentos sociais. Com um tom saudosista (o verbo retomar é repetido 62 vezes) o documento dá um tom idílico aos governos petistas de 2003 a 2016.
Já corrupção e Operação Lava Jato são assuntos que ficaram em segundo plano. No entanto, comparado aos dois últimos planos de governo apresentados pelo partido nas eleições de 2014 e 2010, com respectivamente, 42 e 24 páginas, trata-se de um documento robusto.

FATO: "Segundo a última pesquisa mais de 2 milhões de potiguares não sabem em quem votar para governo"

Caro leitor, você já sabe em quem vai votar na eleição deste ano para o Governo do Estado? Se a sua resposta é “não”, você não está sozinho. Faz parte de um grupo que corresponde a quase 84% do eleitorado potiguar. O dado foi apresentado em pesquisa divulgada no fim de semana, elaborada pela Certus em parceria com a Federação da Indústria do RN (Fiern). E faltando pouco mais de seis meses para o dia da votação, o percentual já começa a causar preocupação de estudiosos e a previsão de uma verdadeira enxurrada de votos brancos ou nulos.
Para se ter uma ideia de quão significativo é esse número, considerando o levantamento espontâneo da pesquisa Certus (quando não são ditos os nomes dos pré-candidatos), 61,5% disseram não saber em quem votar e 22,3% disseram não votar. Baseado no número de eleitores potiguares, que é de pouco mais de 2,4 milhões de pessoas, isso significa dizer que mais de 2 milhões de votantes ainda não sabem ou não querem votar.
Se comparado apenas os que disseram “não saber”, o número de eleitores em dúvida seria de, aproximadamente, 1,5 milhão de pessoas. Outros 530 mil “não votariam”. Curiosamente, com base na mesma pesquisa, quando os nomes dos pré-candidatos são apresentados ao eleitor, esse percentual de “não vota” cresce quase 10 pontos percentuais, saindo de 22,3% para mais de 31% – mesmo que dizer que saiu de 530 mil para 745 mil pessoas.
Comparando com os números de 2014, o número é quase igual ao de votos válidos registrados no segundo turno, que foi de 1,6 milhão, tendo 877 mil ido para o atual governador Robinson Faria (PSD), vitorioso naquela disputa eleitoral. Naquela oportunidade, “apenas” 58 mil votaram em branco e outros 245 mil anularam seus “sufrágios”.
“Apenas” porque, com os números que estão sendo divulgados hoje nas pesquisas, a relação de votos anulados poderá ser muito maior no pleito deste ano. “Com esse percentual, é possível estimar um elevado número de alienação política, ou seja, elevado número de votos brancos e nulos”, avaliou o cientista político Daniel Menezes.
Para ele, apesar de ainda faltar seis meses para o dia da votação, essa indecisão e rejeição do eleitor demonstra um dado preocupante que não deveria ser mais sentido neste momento. “Esse dado fica ainda mais significativo e, de certa forma, preocupante porque tem se mantido quase estável pesquisa após pesquisa. Além disso, a pré-campanha de hoje já permite uma divulgação maior dos candidatos. Eles podem promover postagens nas redes sociais e se apresentar como pré-candidatos, por exemplo. Mesmo assim, o número continua grande”, analisou o especialista.

Agora RN


DR. ALYSON: "É inegável o avanço de nossa cidade no governo de Francisco"

Em entrevista a Rádio Rural AM de Parelhas, o vereador Dr. Alyson Wagner ressaltou a importância do voto para mudança que o Brasil precisa nas próximas eleições.

De acordo com o vereador, somente através da soberania do voto é que o povo pode decidir os destino de sua cidade, estado ou país.

Perguntado sobre a pré-candidatura do ex-prefeito Francisco Medeiros a Assembleia Legislativa, Dr. Alyson respondeu: "Nós somos adversários apenas  no campo político, Francisco tem serviços prestados por nossa cidade, é inegável o avanço de Parelhas durante seu governo."  Destacou




ATUAÇÃO: Fátima Bezerra sai em defesa dos funcionários dos correios: "Não podemos aceitar o fechamento das agências"

A senadora Fátima Bezerra cobrou, nesta segunda-feira, 7, a que a direção dos Correios volte atrás na decisão de fechar 513 agências e que, segundo informações, pode chegar a 750. Com o corte, deverão ser demitidos também mais de 5 mil funcionários. A intenção de mais essa ação de desmonte dos Correios foi divulgada pelo jornal O Estado de São Paulo, na semana passada, e confirmada pelo diretor interino dos Correios, Carlos Fortner. Fátima lembrou que a empresa Correios foi criada para prestar um relevante e importante serviço público social.
“Não podemos aceitar o fechamento das agências porque a maior prejudicada será a população, principalmente a os mais pobres, aqueles que têm dificuldade de estar se deslocando das cidades pequenas para as médias e grandes cidades. No meu estado, Rio Grande do Norte, na maioria dos municípios, nós só temos uma agência dos Correios”. A parlamentar destacou ainda que, nesta lista, existem agências com alto faturamento.
Em Minas Gerais, por exemplo, 14 das 20 agências mais rentáveis devem deixar de funcionar. “O fechamento de centenas de agências coloca no olho da rua pais de família, mães de família, trabalhadores de todo o país. O negócio deste governo é só cortar. Quer lá saber se lá na pequena cidade do meu Rio Grande do Norte, há Banco Postal, se há ou não agência bancária? Quer lá saber se existe alguma lá em Venha-Ver, em Lagoa Nova? Não quer saber disso. Para o governo, o povo que se lixe”, ressaltou.
Fátima adiantou também que a Comissão de Desenvolvimento Regional e Turismo do Senado, presidida por ela, fará uma audiência pública para debater o tema. “ A exemplo da luta que nós desencadeamos aqui na CDR , no ano passado, que impediu o fechamento dos bancos postais, nós vamos fazer o mesmo agora, posicionando-nos contra o fechamento das agências próprias dos Correios do Brasil. Com esse debate, esperamos que a empresa reveja essa decisão desastrada, que vai causar muito dano ao povo brasileiro, especialmente à população mais carente do nosso País”, concluiu.

CORRUPÇÃO: "Ministro Dias Toffoli no encalço de Rogério Marinho"

O ministro Dias Toffoli, do Supremo Tribunal Federal (STF), enviou nesta terça-feira, 8, para a primeira instância de Natal o inquérito que investiga o deputado federal tucano Rogério Marinho. O inquérito apura suposta prática de peculato por Marinho quando ocupava o cargo de vereador da Câmara Municipal de Natal, nos períodos de março de 2003 a março de 2004 e de maio de 2005 a dezembro de 2006.
Na sexta-feira, Toffoli já havia determinado o envio de processos contra sete parlamentares para outras instâncias. A decisão desta terça foi tomada após o plenário da Corte reduzir na semana passada o alcance do foro privilegiado, no caso de deputados federais e senadores, para crimes cometidos no exercício do mandato e em função do cargo, conforme o entendimento defendido pelo ministro Luís Roberto Barroso.
“Tratando-se de crimes que não foram praticados no exercício do mandato de Deputado Federal e diante da inaplicabilidade da regra constitucional de prerrogativa de foro, remetam-se os autos a uma das Varas Criminais da Comarca de Natal/RN, para prosseguimento”, determinou o ministro, ao declinar competência em relação ao inquérito.
A reportagem entrou em contato com a defesa do deputado, mas não obteve retorno.
Ontem, o ministro Edson Fachin, relator da Lava Jato no Supremo, decidiu retirar da Corte e encaminhar para o juiz Sérgio Moro, da 13ª Vara Federal de Curitiba, a denúncia envolvendo o senador Fernando Bezerra Coelho (MDB-PE) no caso da Refinaria Abreu e Lima, que fica em Pernambuco.
Foi a primeira decisão de Fachin após o plenário do STF ter restringido o foro privilegiado para deputados federais e senadores para crimes cometidos no exercício do mandato e em função do cargo.
Robson Pires

CASO MARIELLE: "Vereador e miliciano estão envolvidos no assassinato"

Testemunha chave, que está ameaçada por milícia da Zona Oeste, fez revelações à polícia sobre o assassinato da vereadora Marielle Franco (PSOL) e de seu motorista, Anderson Gomes. Em três depoimentos, cujo teor foi obtido com exclusividade pelo GLOBO, ela relatou reuniões entre um miliciano, que hoje está preso em Bangu 9, e um político do Rio. 
As conversas, que tratavam dos prejuízos causados pelo combate da vereadora ao avanço de grupos paramilitares em comunidades de Jacarepaguá, começaram ainda no ano passado. Nos depoimentos, além do político e do chefe da milícia, também foram mencionados os nomes de outros integrantes do bando, que teriam participado da execução.
O Globo