.

terça-feira, 20 de novembro de 2018

Bolsonaro anuncia terceiro Ministro do DEM envolvido em corrupção para pasta da saúde

O presidente eleito Jair Bolsonaro (PSL) anunciou nesta terça-feira (20) o nome do deputado Luiz Henrique Mandetta (DEM-MS) como ministro da Saúde em seu governo.



Ex-secretário de Saúde de Campo Grande (MS), ele é investigado por fraude em licitação e caixa dois. Parlamentar será o terceiro ministro de Bolsonaro filiado ao DEM.


O anúncio foi feito pelo Twitter após encontro de Bolsonaro com representantes das Santas Casas e deputados da Frente Parlamentar da Saúde.


Mandetta será o terceiro ministro do DEM no governo Bolsonaro. Além dele, já foram anunciados Onyx Lorenzoni (DEM-RS) para a Casa Civil e Tereza Cristina (DEM-MS) para a Agricultura.


Médico e ex-secretário de Saúde de Campo Grande, Mandetta está no segundo mandato de deputado federal e não disputou as eleições deste ano.


O nome do futuro ministro já vinha sendo especulado para assumir a Saúde há algumas semanas. O próprio presidente eleito chegou a declarar, no último dia 13, que Mandetta era um dos seus interlocutores para a área e que ele poderia ser o seu ministro da Saúde.


G1


PARELHAS: "O jogo de xadrez para as eleições de 2020 já começou"


Há quem diga que em 2020, Parelhas terá 4 ou 5 candidaturas para prefeito;

Há quem aposte que a oposição indicará o vice ou a vice do MDB;

E há quem jure de pé junto que o PT terá candidatura própria.

Tudo isso não passa de especulações de bastidores, mas o jogo já começou e quem conseguir articular melhor, sairá vencedor ou vencedora.

Quem se saiu vitorioso agora em 2018 e não souber dá as cartas, ficará pelo caminho, porque o cavalo selado poderá passar mais uma vez.

Quem for mais esperto pode montar e cavalgar tranquilo rumo ao Palácio Severino da Silva Oliveira.




EQUADOR: "Carlinho Derick é a bola da vez para sucessão municipal"


O advogado, Sebastião Carlos Derick surge como um forte candidato em 2020 para substituir a atual prefeita Noeide Sabino, nas eleições municipais na cidade de Equador.

Carlinhos deverá contar com apoio do ex-prefeito Dr. Vanildo que governou a cidade por muito tempo e poderá se consolidar como uma possível terceira via na cidade, uma vez que tem carisma e a simpatia do povo equadoense.

Embora ainda falte algum tempo para as eleições, o jogo de xadrez já começa a ser jogado nos municípios e Equador não está fora desse jogo.





Eduardo Bolsonaro compara Folha de São Paulo a papel higiênico


A crise na comunicação do futuro governo Bolsonaro se mostrou ser, de fato, o ponto fraco dos filhos de Jair Bolsonaro. O furo da repórter Monica Bergamo – de que o jornalista Alexandre Garcia estava sendo cogitado para assumir a comunicação do governo – levou Eduardo Bolsonaro a se manifestar no Twitter e mostrar toda a sua fragilidade defensiva. 

Na guerra interna pelo poder na área de comunicação, os filhos do ex-capitão começaram perdendo.

Veja o Twitter de Eduardo Bolsonaro:
Eduardo Bolsonaro 17
✔@BolsonaroSP


Blog do Barbosa

Fátima sugere pacto de solidariedade com poderes


A governadora eleita, senadora Fátima Bezerra, participou nesta segunda-feira (19) como palestrante da 36a edição do Seminário Motores do Desenvolvimento – Caminhos do Brasil e do RN na gestão pública. Na ocasião, ela aproveitou para convocar os demais Poderes para o que chamou de ‘solidariedade em favor do RN’. Fátima se referiu à união das instituições em prol do reequilíbrio das contas e do desenvolvimento do estado. “Da mesma forma, convoco o empresariado, os trabalhadores e a sociedade, para pactuar ações e unir esforços para sairmos da crise em que o estado se encontra”, disse a governadora eleita.
Ela destacou ainda que entre as suas prioridades estão o pagamento dos salários dos servidores em dia, a retomada de ações eficazes de combate à violência, investir em saúde, educação, entre outras. “Serei a governadora de todos os Norte-rio-grandenses. De quem votou em mim e de quem não votou. Esperem de mim muita luta em favor do meu estado”.
Blog do Barreto



Haddad se torna réu em ação criminal, mas nega as acusações

O ex-prefeito paulistano e candidato derrotado à Presidência Fernando Haddad (PT) se tornou réu por corrupção passiva e lavagem de dinheiro em decorrência da delação do empreiteira Ricardo Pessoa, da UTC.

O juiz Leonardo Barreiros, da 5ª Vara Criminal da Barra Funda, na capital paulista, instaurou uma ação penal ao aceitar denúncia do Ministério Público de suposto pedido de R$ 3 milhões para quitar dívidas de campanha.

Haddad negou as irregularidades e diz que acionará a Justiça para se defender.

"A denúncia é mais uma tentativa de reciclar a já conhecida e descredibilizada delação de Ricardo Pessoa", afirmou sua assessoria de imprensa por meio de nota.

"Com o mesmo depoimento, sobre os mesmos fatos, de um delator cuja narrativa já foi afastada pelo STF (Supremo Tribunal Federal), o Ministério Público fez uma denúncia de caixa dois, uma denúncia de corrupção e uma de improbidade. Todas sem provas, fincadas apenas na desgastada palavra de Ricardo Pessoa, que teve seus interesses contrariados pelo então prefeito Fernando Haddad. Trata-se de abuso que será levado aos tribunais."



É a primeira vez que Haddad se torna réu em ação criminal. Ele responde por ação de improbidade administrativa, por supostas irregularidades na construção de de trechos de ciclovia em São Paulo. 

Com informações da Folhapress.


Será o fim dos Alves no RN?

Só tem uma maneira do ‘clã dos Alves’ escapar na política do Rio Grande do Norte ou ‘desandar’ de vez. É colocar o deputado federal Walter Alvespara ser candidato a prefeito de Natal me 2020. Ou quem sabe, o ex-ministro do Turismo e ex-presidiário, Henrique Eduardo Alves.
Afinal…
Alves por Alves“….
Escapa o senador Garibaldi Alves, mas esse foi ‘esmagado’ nas urnas na eleição passada e não tem mais ‘musculatura’ para concorrer nem a síndico de condomínio.

Robson Pires


Fátima Bezerra recebe informações sobre Governo Cidadão

A governadora eleita Fátima Bezerra se reuniu na noite desta segunda-feira (19) com a coordenação do projeto Governo Cidadão para conhecer as ações desenvolvidas pelo Projeto no estado. O secretário Vagner Araújo apresentou de forma detalhada o andamento das obras e investimentos nas áreas de saúde, educação, segurança, infraestrutura, ação social, turismo e gestão pública, que têm mudado a realidade de milhares de potiguares.
A reunião aconteceu na Governadoria e contou com a presença da secretária-chefe do Gabinete Civil, Tatiana Mendes, que representou o governador Robinson Faria, da gerente executiva do projeto Governo Cidadão, Ana Guedes, do vice-governador eleito Antenor Roberto, do deputado Fernando Mineiro, do suplente de senador Jean-Paul Prates e dos demais membros da equipe de transição.
Em sua explanação, Vagner reforçou a importância da parceria histórica do Estado com o Banco Mundial e as metas do projeto até a sua conclusão, que foi prorrogada recentemente para 2020. Ele mencionou a possibilidade de contratação de uma segunda etapa do empréstimo para investimentos de mais US$ 180 milhões, que se somarão aos US$ 360 milhões que já estão sendo investidos.
“Para enfrentar a crise, o RN dispõe de um projeto multisetorial com importantes obras estruturantes de estradas, hospitais, escolas de alto padrão, apoio ao setor produtivo para criar empregos e combater a pobreza e, também, a melhoria da gestão pública e dos serviços essenciais de educação, saúde e segurança “, destacou Vagner Araújo.