.

segunda-feira, 24 de agosto de 2015

MALAFAIA PODIA TER DORMIDO SEM ESSA...

Por Revista Fórum
Vem ganhando repercussão nas redes sociais a resposta que Jeferson Monteiro – o criador da personagem ‘Dilma Bolada’ – deu ao pastor evangélico Silas Malafaia. Nesta sexta-feira (21), pelo Twitter, o pastor atacou o publicitário e disse que ele recebe R$20 mil mensais do PT para manter a personagem e atacar partidos adversários.
“Criador de Dilma bolada,Jeferson Monteiro, recebe 20mil de salário do PT,através da agência q faz guerrilha virtual para o PT.BANDIDO!”, tuitou Malafaia.
Jeferson, no entanto, não deixou barato e poucos minutos depois escreveu uma resposta de contra-ataque que foi compartilhada por milhares de internautas.
“Todo dinheiro que ganho é fruto do meu trabalho e declarado. Bandido é quem extorque em nome de Deus e com isenção fiscal!”, postou.
A reportagem da revista Época que Malafaia usou como base para fazer seu tuíte foi publicada na última quinta-feira (20) e diz que documentos provam que Jeferson Monteiro receberia um salário de R$20 mil mensais da agência Pepper – que seria vinculada ao PT – pela personagem ‘Dilma Bolada’.
Como sabia da possibilidade de haver mentiras ou distorção de respostas, porém, o publicitário publicou em seu Facebook a íntegra de sua conversa com o repórter da Época em que desmente a informação e diz que a personagem não tem qualquer tipo de vínculo com a agência.

LAVA-JATO: "Procuradoria quer 184 anos de prisão para Eduardo Cunha"

O procurador-geral da República, Rodrigo Janot, entregou ao Supremo Tribunal Federal (STF) denúncia contra Eduardo Cunha (PMDB), presidente da Câmara.
No texto, de 85 páginas, ele pede a condenação do deputado por corrupção passiva e lavagem de dinheiro.
Com a denúncia em mãos, o STF agora deverá decidir se a aceita ou não. E caso positivo, Cunha automaticamente se torna réu e responderá a ações penais no Supremo.
Por ter foro privilegiado em decorrência de ser deputado, ele não pode ser processado em outra instância da Justiça.
De acordo com a denúncia, Cunha teria recebido, entre junho de 2006 e outubro de 2012, pelo menos US$ 5 milhões para viabilizar a contratação de dois navios-sonda para a Petrobras.
As acusações surgiram após delação premiada do ex-consultor Júlio Camargo, um dos intermediários da propina.

BRASIL: "Fazenda confirma pagamento de 25% do 13º de aposentados em setembro"

O Ministério da Fazenda confirmou neste sábado (22) que o pagamento da primeira parcela do adiantamento do 13º salário dos aposentados e pensionistas, no valor de 25% do benefício total, será creditado na folha de setembro.
Nesta sexta-feira (21), a pasta havia informado que essa era uma proposta que estava sendo encaminhada à presidente Dilma Rousseff, envolvendo a primeira parte do pagamento em setembro e a segunda em outubro, mas que ainda não havia decisão formal sobre o assunto.
A segunda metade do adiantamento (25% do valor total do benefício) deverá acontecer na folha de outubro – cujo pagamento é feito no fim daquele mês e início de novembro. O 13º engloba 28,2 milhões de benefícios.
Neste adiantamento do décimo terceiro salário, que envolve essas duas parcelas, não há desconto de Imposto de Renda (IR). De acordo com a legislação, o IR sobre o 13º só é cobrado em dezembro, quando é paga a última parcela da gratificação natalina.