.

terça-feira, 29 de agosto de 2017

JUAREZ BEZERRA: "Não subo em nenhum palanque em 2018"

O Presidente da Câmara Municipal de Santana do Seridó Juarez Bezerra, disse ao Blog nesta segunda(28), que não apoiará nenhum candidato nas próximas eleições.
Juarez  votará apenas na deputada estadual Cristiane Dantas e no seu esposo o vice-governador Fábio Dantas, se ambos forem candidatos.

"Em 2018 não vou subir em palanque nenhum, votarei em Cristiane ou no seu esposo se confirmarem suas pré-candidaturas, voto neles. mas não faço campanha e nem peço votos." Disse




POLÍTICA: "Fátima e Zenaide bem recebidas em Currais"

A dupla de mulheres da política potiguar foi bem recepcionada durante a visita de Lula.

ZENAIDE: primeira a falar destacou que apesar do partido dela ser o PR e estar de azul, em suas veias corria o vermelho do povo e existia um partido maior, o povo. A deputada Federal foi recebida aos gritos de minha senadora.

FÁTIMA: a senadora Fátima Bezerra, foi a mais aplaudida e praticamente foi confirmada sua candidatura a governadora do estado.


JUSTIÇA: "Tribunal de Contas da União isenta presidente Dilma de compra de refinaria em Passadema"

Uma análise do Tribunal de Contas da União isentou o Conselho de Administração da Petrobras, então presidido por Dilma Rousseff, de ter cometido qualquer “ato de gestão irregular” na compra da refinaria de Pasadena pela Petrobras, em 2006.
O TCU já havia isentado Dilma de responsabilidade no episódio em 2014; de lá para cá, porém, Nestor Cerveró, que conduziu o negócio dentro da estatal, e o ex-senador Delcídio do Amaral fecharam acordos de delação premiada com a Lava Jato e disseram que a ex-presidente chancelou o negócio sabendo de todos os seus problemas; relatório dos analistas do TCU e do Ministério Público de Contas contraria a versão dos delatores e mostra que eles mentiram para prejudicar Dilma.

ELEIÇÕES 2018: "Eleitor de Lula não quer nem ouvir falar nos nomes de Robinson, Garibaldi e Agripino"

Um levantamento foi feito ouvindo petistas em todos os municípios onde a Caravana de Lula passou. A sondagem teve como objetivo saber o que pensa o petista, lulista com relação aos demais líderes e partidos do RN.
O resultado revelou que o eleitor que votará em Lula para presidente da República, não votará jamais no governador Robinson Faria e nos senadores José Agripino e Garibaldi Alves Filho..
Caso Lula dispare na preferência do eleitorado potiguar na próxima eleição para presidente, o ex-presidente poderá derrotar Robinson, Garibaldi e Agripino de uma só vez..
A pior rejeição é ao nome de Robinson,  o lulista considera um grande traidor pelo fato de Robinson ter apoiado o impeachment  de Dilma..
Blog do Primo

COMPRA DE APOIO: "Fred Queiroz diz que Henrique Alves gastou R$ 7 milhões na ‘compra’ de vereadores, prefeitos e deputados estaduais"

Empresário Fred Queiroz, preso na Operação Manus, entregou aos investigadores planilha com detalhamento da suposta distribuição de recursos ilícitos a vereadores, prefeitos e deputados estaduais que apoiaram campanha do ex-ministro de Dilma e Temer ao governo do Rio Grande do Norte em 2014
O empresário Fred Queiroz, preso na Operação Manus, afirmou, em delação premiada, que o ex-ministro dos governos Dilma e Temer, Henrique Eduardo Alves (PMDB-RN) comprou apoio de lideranças políticas nas eleições de 2014 com R$ 7 milhões, em espécie, no primeiro turno, ao governo estadual do Rio Grande do Norte.
No relato dele sobre o segundo turno, Fred admitiu ter usado R$ 4 milhões dos R$ 9 milhões que recebeu, por meio de sua empresa, também para angariar aliados a Alves. Como forma de corroboração do relato, o delator entregou planilha com o detalhamento da aquisição, recebimento e distribuição dos recursos aos vereadores, prefeitos e deputados estaduais que apoiaram o ex-parlamentar na candidatura ao Governo do Rio Grande do Norte em 2014.
A Manus, deflagrada no Rio Grande do Norte para apurar fraudes de R$ 77 milhões na construção da Arena das Dunas, prendeu o ex-ministro em 6 de junho. As informações são de Ricardo Araújo e Luiz Vassallo, O Estado de São Paulo.

RN: "Avião levou R$ 7 milhões a Henrique Alves em 2014, diz delação"

O empresário Fred Queiroz, preso na operação Manus, afirmou em delação premiada que o ex-ministro dos governos Dilma Rousseff e Michel Temer Henrique Eduardo Alves (PMDB-RN) comprou apoio de lideranças políticas nas eleições de 2014 com R$ 7 milhões, em espécie, apenas no primeiro turno, ao governo estadual do Rio Grande do Norte. No segundo turno, de acordo com a delação, outros R$ 4 milhões foram destinados à compra de apoio político.
O delator entregou à Procuradoria uma planilha com o detalhamento da aquisição, recebimento e distribuição dos recursos aos vereadores, prefeitos e deputados estaduais que apoiaram o ex-parlamentar na candidatura ao governo do Rio Grande do Norte em 2014. A Manus, deflagrada no Estado nordestino para apurar fraudes de R$ 77 milhões na construção da Arena das Dunas, prendeu o ex-ministro em 6 de junho.
A reportagem teve acesso ao termo homologado na última quinta-feira (24) entre o empresário, o Ministério Público Estadual e a Procuradoria da República do Rio Grande do Norte. Fred Queiroz relatou que articuladores da campanha de Alves ao governo potiguar “precisavam de R$ 10 a R$ 12 milhões para a campanha e que os valores seriam destinados à compra de apoio político”. As informações são da Agência Estado.