.

domingo, 12 de março de 2017

CENTRO INTEGRADO ECON: "Confira a agenda para esta semana de 13 á 18 de março"


HUDSON BRITO: "Quero deixar bem claro que estou ao lado do povo"

Pelo menos três prefeitos já se posicionaram contra a construção dos presídios anunciados pelo Governo do RN no município de Santana do Seridó. Alexandre Petronilo (Parelhas), Amazan Silva (Jardim do Seridó) e Hudson Brito (Santana do Seridó) já utilizaram veículos de comunicação para destacarem posições contrárias ao que foi anunciado pelo governo. Além, disso a Associação dos Municípios do Seridó Oriental (AMSO), vereadores de Santana do Seridó e a própria vice-prefeita do município, Tatiana, também tomaram a mesma posição contrária.

Os dois novos presídios que serão construídos no Rio Grande do Norte já tem local definido: o Governo anunciou na última sexta-feira, 10, que o município de Santana do Seridó receberá as unidades prisionais. Cada um terá capacidade para brigar 603 detentos. O RN tinha até esta sexta-feira para informar o local da obra ao Departamento Penitenciário Nacional (Depen), do que dependia a liberação de R$ 31,9 milhões de recursos do Ministério da Justiça.

“Estou atentamente acompanhando essa situação do Presídio que foi anunciado para o nosso município e em especial na comunidade Tuiuiu. Não me pronunciei mais cedo pois estava procurando informações mais concretas sobre o referido presídio. Conversei desde essa manhã com diversas pessoas do governo onde fiz várias justificativas inclusive com relação ao terreno de propriedade do Estado, o que fui informado não existir. Fui convocado para segunda feira ir a Natal para uma reunião sobre o presídio. Quero deixar bem claro que estou ao lado do meu Povo. Acho que não adianta agir pela emoção”, disse o prefeito Hudson Brito.



ATUAÇÃO: "Vereador Frank Professor participa de manifestação em Santana do Seridó"


O vereador Frank Professor participou, ontem(11), de um grande manifesto realizado pelos moradores da cidade de Santana do Seridó, contra a construção de dois presídios na cidade.
Segundo o vereador Frank, a Região do  Seridó não vai aceitar a construção desses presídios, uma vez que isso traria um grande impacto social.
"É importante a união da classe política e de toda a população não só de Santana, mas de toda Região do Seridó, para que esses presídios não sejam instalados aqui". Discursou o vereador Frank Kleber


POLÍTICA: "PSB santanense participa de seminário em Natal"

PSB Estadual realizou na última sexta-feira(10) um importante seminário com o tema: "Sem Crise,  Desafios do Gestor em Tempos de Recessão", no hotel Holy Day.
O evento contou com a presença de várias autoridades, como o ex senador e governador do ES, Renato Casa Grande, Deputados Estaduais Ricardo Motta , Tomba, Larissa Rosado , Kelps Lima e o deputado Federal Rafael Motta, que em conversa com os membros do partido da cidade de Santana do Seridó, representados por Neilton e Herasmo, colocou seu mandato a disposição das demandas do povo santanense, inclusive já recebeu este ano em Brasília o prefeito Hudson Pereira.  "Foi muito boa nossa participação nesse seminário, dessa forma, seguimos cada dia mais forte no PSB e buscando o melhor para Santana do Seridó", Frisou os membros do partido.


DILMA: “Duvido que vão continuar chamando o PT de corrupto. Sabe por quê? Porque não sobra ninguém nos outros.”

A presidente cassada Dilma Rousseff disse ontem, durante um festival de cinema em Genebra, que não negociou, pediu nem recebeu propina ou recurso ilegal na campanha de 2014, quando disputou a reeleição com o então vice e hoje presidente Michel Temer.

Segundo ela, as delações da Odebrecht mudam o cenário político. “Duvido que vão continuar chamando o PT de corrupto. Sabe por quê? Porque não sobra ninguém nos outros.”

A presidente cassada disse também que, depois que as denúncias atingiram outros partidos, notou uma mudança na forma de tratar o financiamento irregular de campanhas eleitorais. Nesta semana, o presidente do Tribunal Superior Eleitoral (STF), Gilmar Mendes, disse que as empresas “optam” por doações via caixa 2 para evitar serem achacadas por outros políticos.

“Por que será que ele fala sobre isso agora? É muito interessante. Eu passei uma campanha eleitoral e não escutei nada disso. Agora, como o assunto não tem como deixar de chegar ao PSDB, e já chegou, falam essas coisas”, disse. Para ela, os grampos das conversas entre membros da oposição, que acabaram sendo publicadas pela imprensa em 2016, revelaram que havia uma “conspiração” que “envolvia o PSDB”.

O PSDB moveu ação no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) contra a chapa Dilma-Temer sob a acusação de abuso de poder econômico e político. Marcelo Odebrecht, em depoimento ao TSE, afirmou que a presidente cassada tinha conhecimento de caixa 2 na campanha.

Blog do BG
 
 

LAVA-JATO: "Mais um Tucano/ministro envolvido até o pescoço"

Já é praticamente impossível fazer a conta de quantos ministros, aliados e assessores de Michel Temer estão delatados na Lava Jato, o que confirma a tese de que o impeachment foi o golpe dos corruptos contra a presidente honesta.
A bola da vez é o chanceler Aloysio Nunes Ferreira (PSDB-SP), delatado por ter supostamente pedido e recebido R$ 500 mil pelo caixa dois da Odebrecht em 2010, quando se elegeu senador, segundo informa a jornalista Bela Megale.
O delator Carlos Alberto Paschoal, superintendente da empreiteira em São Paulo, afirmou que foi o próprio Aloysio quem pediu os recursos e determinou o recebimento da propina em hotéis de São Paulo.
“O ex-executivo disse a procuradores da Lava Jato que o tucano designou uma pessoa de sua confiança com quem foram combinadas senhas e endereços de entrega dos recursos. Segundo a prestação de contas ao TSE (Tribunal Superior Eleitoral), Aloysio Nunes arrecadou R$ 9,2 milhões naquelas eleições. A Odebrecht não aparece entre os doadores”, informa a jornalista.
Dias atrás, a chanceler da Venezuela, Delcy Rodriguez, afirmou, com razão, que o Brasil se transformou em “vergonha mundial” desde o golpe contra a democracia e a presidente Dilma Rousseff, uma vez que todo o governo Temer está atolado em corrupção.
Aloysio, que já havia sido delatado pela UTC por caixa dois de R$ 200 mil, chamou o novo delator de mentiroso.


RELIGIÃO: "Bispo de Caicó poderá ser transfirido para Campina Grande"

Os diocesanos de Caicó começam a se perguntar se Dom Antônio Carlos Cruz será transferido para a Diocese de Campina Grande, agora vacante, com a saída de Dom Delson para Arquidiocese paraibana.
Praxe
Tem sido assim. Quando Dom Jaime foi transferido para a Arquidiocese de Natal, Dom Delson foi de Caicó, sucedê-lo em Campina.

Por Vlaudey Liberato