.

sexta-feira, 20 de julho de 2018

POLÍTICA: "Escândalos de corrupção fragilizam candidatura de Robinson Faria, que tenta conquistar o pobre pelo estômago"

Na campanha de 2014, quando foi candidato à sucessão estadual, o governador Robinson Faria (PSD) orientava os eleitores a digitarem no Google “candidato + escândalos”. A boa sugestão do gestor para se livrar de candidatos sujos agora o coloca numa situação difícil. Robinson é o campeão de escândalos entre os pré-candidatos ao governo.
Dama de Espadas
Ao seguirmos a sugestão do próprio Robinson, o primeiro escândalo envolvendo o gestor é o da investigação da Polícia Federal sobre a compra do silêncio de um delator da Operação Dana de Espadas, na qual o governador é suspeito de ter recebido msis de R$ 5 milhões de funcionários fantasmas, no esquema comandado pela ex-procuradora Rita das Mercês, que o delatou no processo e apresentou provas, como um vídeo exibido pela Rede Globo. Esse é só o primeiro.
Lava Jato
Logo abaixo, o Google mostra matéria do G1 que noticia o fato de o governador der suspeito de receber R$ 350 mil da Odebrecht, em inquérito do Supremo Tribunal Federal.
Delação da JBS
Pesquisando mais a fundo, é possivel encontrar ainda o escândalo da operação Lava Jato. De acordo com a delação da JBS, Robinson, por meio do seu filho deputado federal Fábio Faria (PSD) teria organizado a negociação de propina em troca da venda da Companhia de Águas e Esgotos do Rio Grande do Norte (CAERN). O governador e o filho negam as intenções.
Crime de responsabilidade
Além desses escândalos, que enterram a imagem de ficha limpa do gestor, ele teve as contas rejeitadas pelo Tribunal de Contas do Estado, órgão que apontou crime de responsabilidadei e improbidade administrativa. A Procuradoria Geral da República chegou a recomendar o impeachment, mas a Assembleia não abriu processo de investigação.
Eleições 2018
Recheado de escândalos de corrupção, com uma gestão fiscal rejeitada pelo Tribunal de Contas e reprovado por quase 90% do eleitorado, como as pesquisas mostram, Robinson tentará a reeleição confiando na força de uma robusta coligação, que tem mais dissidentes do que apoios.
Tentativas de salvação
Para tentar reverter toda a carga negativa que gira em torno do seu nome, Robinson aposta no “marketing das obras”, que virou piada na internet e nos programas sociais, como “restaurante cidadão”, “café do trabalhador” e sopa cidadã, para segurar o voto do pobre pelo estômago.
Rede News

ARTIGO: "Nem Lula é santo, nem Bolsonaro é perfeito"

As redes sociais tem trazido todos os dias debates sobre a "santidade" de Lula e a "perfeição" de Jair Messias Bolsonaro.

É comum ver defensores de Lula achando que ele não cometeu crime nenhum e defensores de Bolsonaro achando que ele é o incorruptível salvador da pátria.

Nem uma coisa, nem outra, nem Lula é inocente e nem Bolsonaro é incorruptível, os dois tem defeitos de caráter, que precisam ser explicitado e levar ao eleitor brasileiro a pensar um pouco mais sobre a política brasileira.

O político do Brasil gosta disso, dessa rinha entre eleitores, para se aproveitar e ganhar a eleição, não por meio de uma disputa de ideias ou projetos políticos, mas através da ignorância de um povo que continua como gado, ferrado, marcado, mas feliz!

Quem defende Lula como inocente está tão equivocado quanto quem defende a perfeição de Bolsonaro.




NO DIMINUTIVO: "Apesar de ter votado contra o trabalhador Walter Alves é chamado de "Waltinho" por prefeitos do MDB"

Apesar de ter votado a favor de Temer e contra os trabalhadores brasileiros, o deputado federal do MDB, Walter Alves tem aparecido muito bem nas pesquisas de intenções de votos.

Um dos principais motivos desse "fenômeno", se deve ou a falta de memória do povo potiguar ou as lideranças políticas, em especial aos prefeitos, que tratam o deputado, que é filho do senador Garibalde de Waltinho e escondem do povo como votou o então deputado no congresso nacional.

É sempre bom lembrar que dois oitos deputados federais no Rio Grande do Norte, apenas Zenaide Maia, Rafael Motta e Antônio Jácome votaram contra Temer e a favor do povo, os demais votaram contra o trabalhador e a trabalhadora brasileira.


POLÍTICA: "Palanque de Carlos Eduardo juntará Alves, Maias e Rosados"

Depois de anunciado apoio da ex-governadora Rosalba Ciarline a pré-candidatura de Carlos Eduardo Alves e confirmado o nome do filho da Rosa, como vice-governador na chapa, o palanque do ex-prefeito de Natal contará com a oligarquia potiguar quase que completa.

A chapa que já está sendo chamada de "Chapa Caká"(Carlos Eduardo e Kadú Ciarline), juntará em um único palanque nada menos que as famílias ALVES, MAIAS E ROSADOS.

O acordão, está formado novamente sob as bênçãos de Henrique Alves, resta saber se vão receber o aval do eleitor.



CIRO GOMES: "O Brasil não terá paz enquanto Lula estiver preso"


Reportagem de Catarina Alencastro no Globo informa que, em um breve discurso, de menos de oito minutos a representantes das centrais sindicais, o pré-candidato do PDT à Presidência, Ciro Gomes, disse que o Brasil nunca terá paz enquanto o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva estiver preso e voltou a criticar promotores e “juízes que fazem política”.
De acordo com o jornal, ele chamou de “aberração” as idas e vindas do Judiciário em torno da soltura do petista.
A sinalização à esquerda foi feita para plateia historicamente ligada ao PT, e no mesmo dia em que viu se esvair a possibilidade de fechar uma aliança com o bloco do centrão, diz o jornal O Globo.
Blog do Primo

ELEIÇÕES 2018: "Rosalba Ciarline indica o filho Kadú para vice de Carlos Eduardo"


A prefeita de Mossoró, Rosalba Ciarlini (PP), juntamente com o marido Carlos Augusto Rosado, receberam  em seu apartamento, em Natal, o pré-candidato a governador Carlos Eduardo (PDT), a quem anunciou apoio, dizendo ser “o melhor nome para governar o Rio Grande do Norte a partir do ano que vem”. Também estavam presentes, o prefeito de Natal, Álvaro Dias (MDB), o deputado federal Beto Rosado (PP) e o ex-deputado Betinho Rosado (PP).
Rosalba indicou o filho, publicitário Kadu Ciarlini, para compor a chapa que será oficializada em convenção no próximo dia 04 de agosto.

Heitor Gregório