.

quarta-feira, 27 de julho de 2016

CENTRO INTEGRADO ECON: "Dr. Renato(Endocrinologista) é o especialista desta sexta(29)"


SANTANA DO SERIDÓ: "Convite, papo jovem hoje(27) na residência do ex-prefeito Hudson"

Com o tema: "Vamos construir juntos o nosso plano de governo", os jovens santanenses convidam toda população para participarem do primeiro "PAPO JOVEM",que será realizado hoje á partir das 19hs na residência do pré candidato Hudson Pereira.
Segundo Hudson, será um momento de contato com a juventude, para que através dela, se construa um plano de governo voltado para os interesses do povo santanense.

Participe você também !

ELEIÇÕES 2016: "RN registra crescimento de 3,19% no número de eleitores"

O Rio Grande do Norte tem 2.401.871 eleitores, segundo o Tribunal Superior Eleitoral. Na última eleição em 2014, o estado tinha 2.327.451, eleitores, uma evolução de 3,19% no eleitorado. Em outubro próximo, 1.754.127 eleitores vão votar pelo sistema biométrico e 647.744 sem biometria nos 167 municípios do estado.
Serão 68 municípios que vão votar pela biometria, 39 sem biometria e 60 pelo sistema híbrido. O grau de instrução da maioria do eleitorado potiguar, 28,17%, é o ensino fundamental incompleto e 7,35% são analfabetos e 7,63% tem o nível superior completo. A faixa etária com maior número de eleitores (11.65%) tem entre 30 e 34 anos e 0,94%, 16 anos.
De acordo com os números do TSE, o eleitorado feminino é maioria no RN (52,55%). São 1.262.413 de eleitoras contra 1.139.158 (47,42) homens aptos a votarem nas próximas eleições.

NATAL: "Aliados de Carlos Eduardo desmentem crise política com o PMDB"

As articulações em torno do provável vice do prefeito Carlos Eduardo (PDT) seguem a todo vapor, aliados do chefe do Executivo desmente a informação de uma crise entre o prefeito Carlos Eduardo e o PMDB.
“Não existe isso. O vice vai ser do PMDB”, sentenciou um aliado. Outro revelou que não há impasse e que, na hora oportuna, o nome será apresentado a Natal.
A convenção do PDT estava marcada para o próximo sábado. Em razão das indefinições, foi adiada para o sábado seguinte, 4 de agosto. Aliados do prefeito dizem que a mudança foi feita com o conhecimento do PMDB.

Pesquisa confirma que brasileiros apontam novas eleições como a melhor opção

O que é melhor para o Brasil: a volta de Dilma Rousseff ou a permanência de Michel Temer? Para 52% dos brasileiros, nenhuma das duas opções: o melhor mesmo é que sejam convocadas novas eleições para outubro, mesmo mês em que ocorrem as disputas municipais. Os dados são de uma pesquisa realizada nos primeiros 12 dias deste mês pelo instituto Ipsos e vai na mesma linha do que têm apontado pesquisas recentes, como o polêmico Datafolha da semana passada, em que 62% dos entrevistados disseram preferir escolher novamente o chefe da República – dado inicialmente omitido pela Folha de S.Paulo e pelo instituto.
A tese de novas eleições, ainda que difícil de ser aceita, é a que está sendo costurada pelos apoiadores da presidenta afastada no Congresso. Os senadores aceitariam votar pela permanência dela e, em troca, ela convocaria um plebiscito, já em outubro, para que a população decida se quer ou não novas eleições. Se aceitas, elas seriam realizadas em 2017. Dados que apontam a preferência nesta direção podem ajudar a convencer os parlamentares indecisos, que não estão satisfeitos com o Governo Temer, mas também não querem Rousseff de volta.
A pesquisa Ipsos, feita com 1.200 pessoas em 72 municípios do país, ofereceu quatro opções de resposta para seus entrevistados para a pergunta “O que é melhor para o Brasil?”: Que Temer fique; Temer convoque novas eleições; Dilma volte e fique até 2018; Dilma retome o poder e convoque novas eleições. Para 38% das pessoas entrevistadas, o melhor é que o presidente interino convoque novo pleito para outubro agora. Outros 14% preferem que Rousseff volte e convoque novas eleições. Entre a presidenta afastada e o presidente interino, entretanto, a preferência parece ser por ela. Para 20%, o melhor para o Brasil é que Rousseff volte e cumpra seu mandato. Para 16%, a melhor opção é que Temer permaneça até o final do mandato – 12% não souberam ou não responderam. A margem de erro é de três pontos percentuais, para mais ou para menos.

Assembleia Legislativa vota unificação dos fundos previdenciários na próxima segunda

Os deputados estaduais do RN aprovaram no início da tarde desta terça-feira (26) a admissibilidade do projeto que trata da unificação dos dois fundos previdenciários do servidor público.
O projeto será votado em plenário na próxima segunda-feira, 10 de agosto, em sessão extraordinária.
O governador Robinson Faria (PSD) aposta na aprovação do projeto, visto como decisivo para o Estado cumprir a folha salarial de julho. Segundo o governo, o fundo tem um “resto” de R$ 371 milhões