.

domingo, 23 de abril de 2017

ECON: "Confira a agenda da semana de 24 á 29 de abril"


POLÍTICA: "Dr Tiago Almeida poderá deixar o DEM"

O médico ortopedista Dr. Tiago Almeida, que disputou a prefeitura de Parelhas pelos Democratas, está de malas prontas para deixar a sigla.
Segundo contam nos bastidores políticos, Dr. Tiago pretende disputar uma cadeira na Assembléia Legislativa e possivelmente  trocará o DEM de José Agripino, por outro partido que não exija um coeficiente muito alto.
Cogita-se sua ida para o PC do B, partido comandado no estado, pelo vice-governador Fábio Dantas, mas há quem diga, que o médico desembarcará no PSDB, a pedido do Deputado Ezequiel Ferreira.
O fato é que, pelo DEM, fica mais difícil uma possível eleição, devido o coeficiente eleitoral.

Aguardemos os próximos capítulos!



PARELHAS: "Vereador Netinho Senador poderá apoiar Vivaldo Costa para deputado estadual"

O Blog do Roberto Flávio, destaca que ontem sábado (22), o Deputado Estadual Vivaldo Costa, o Papa Jerimum, recebeu em seu Programa o Vereador de Parelhas, Netinho Senador. 
Netinho, destacou alguns projetos que vai implantar na cidade  e falou um pouco de sua biografia, o Vereador aproveitou para pleitear alguns benefícios para a cidade de Parelhas e falou um pouco de política.
Nos Bastidores da Política do Seridó, já se falam da proximidade do experiente político o Deputado Vivaldo Costa o Papa, e o Jovem Vereador Netinho Senador, á quem diga que o namoro politico entre o Papa e o Vereador já começou, e o deputado já colocou seu mandato na ALRN a disposição do vereador Netinho Senador.


RODRIGO MAIA: "Sindicatos não querem perder a boquinha"

Ao defender a reforma trabalhista para a elite empresarial do País, o presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), fez fortes críticas aos sindicatos, que resistem às mudanças nas leis trabalhistas. Segundo ele, a resistência dos sindicatos acontece porque eles não querem perder “a boquinha”.
“Os sindicatos não querem perder a boquinha, aquilo que ganham sem nenhum esforço, então, é legítimo que se mobilizem”, disse Maia durante a cerimônia do Prêmio Lide, no 16.º Fórum Empresarial, em Foz do Iguaçu (PR).
A afirmação do presidente da Câmara é feita no momento em que há forte tendência na Casa pela extinção do imposto sindical, que é a principal fonte de recursos dos sindicatos.



REFORMA DA PREVIDÊNCIA: "“O importante é aprovar”, diz Meirelles sobre votação"

O ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, disse ontem à noite (21) que um eventual atraso de “uma semana ou duas” na votação do relatório da reforma da previdência não fará diferença. “O importante é aprovar a reforma”, disse.
Meirelles se reuniu pela manhã com ministros das Finanças de países do G20 e, ao longo dos últimos dois dias, em Washington, também teve encontros com investidores. Segundo ele, há uma percepção positiva do Brasil entre os investidores internacionais e um consenso de que as reformas estão caminhando.
Com relação a eventuais temores de um aumento do protecionismo devido a mudanças no comando de potências mundiais, como França e Estados Unidos, o ministro afirmou que isso não deve impactar negativamente o Brasil, já que a pauta de exportações do país é muito centrada em commodities, e não em produtos manufaturados, que costumam ser o principal alvo do protecionismo. Segundo ele, “os riscos que se vê hoje na economia mundial não são riscos que afetam o Brasil no médio prazo”.