.

terça-feira, 14 de julho de 2015

PARELHAS: "Humberto Gondin desiste de pré-candidatura para apoiar Hudson"

Em entrevista à Rádio Cabugi do Seridó, o ex-vereador Humberto Gondim, candidato natural a prefeito de Parelhas nas eleições de 2016 surpreendeu ao anunciar apoio ao projeto de Hudson Pereira em disputar a prefeitura pelo grupo de oposição à atual administração de Francisco Medeiros (PT). Para isso, Humberto reconhece que Hudson terá que convencer os demais líderes da oposição.
Hudson sempre teve muita vontade de comandar os destinos da cidade onde nasceu, que é Parelhas. Ele tem uma eleição muito fácil em Santana, mas vai ter que decidir até setembro deste ano, se ele vier disputar a prefeitura de Parelhas já anuncio meu apoio e dos que me seguem politicamente”, explicou.
Fonte: Marcos Dantas
Título nosso
DO BLOG: Hudson não teria uma eleição tão fácil assim em Santana do Seridó, pelo que se sabe o Prefeito Drill é muito bem avaliado e não existe eleição fácil em lugar nenhum, o estado é um grande exemplo.

REJEIÇÃO: "Federação Nacional dos Jornalista não quer Henrique no conselho de jeito nenhum"

A Federação Nacional dos Jornalistas (Fenaj) questionou a indicação de dois ministros de Estado em vagas de representantes da sociedade civil no Conselho de Comunicação Social do Senado. Henrique Eduardo Alves (Turismo) e Aldo Rebelo (Ciência e Tecnologia) serão empossados na próxima quarta-feira. A entidade pede que o presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), retire os ministros do Conselho.
O órgão do Senado tem caráter consultivo e emite pareceres, recomendações e solicitações sobre temas ligados à comunicação. É composto por quatro representantes dos trabalhadores, três indicados pelas empresas do setor, um engenheiro com atuação na área, além de cinco representantes da sociedade civil. O Conselho estava inativo desde agosto do ano passado e retomará suas atividades na próxima semana com a eleição do seu novo presidente.
Apesar de celebrar o retorno das atividades do Conselho, a Fenaj também manifestou suas ressalvas com relação à escolha dos ministros.
“A Fenaj, entretanto, expressa sua preocupação com a indicação de dois ministros de Estado, Henrique Eduardo Alves e Aldo Rebelo, como representantes, respectivamente titular e suplente, da sociedade civil. Ainda que não haja impedimento legal, vemos na indicação de representantes do Estado brasileiro para representar a sociedade civil como uma impropriedade e um equívoco inadmissível na interpretação do conceito de sociedade civil”, diz trecho da nota da entidade.
A entidade afirma que a indicação fere o espírito da lei que criou o conselho e retira da sociedade civil o papel de “fiel da balança” do órgão.
“Por isso, a Fenaj pede ao presidente do Congresso Nacional, senador Renan Calheiros, que promova a imediata substituição dos conselheiros titular e suplente, integrantes do Governo Federal, por legítimos representantes da sociedade civil”, afirma a entidade.

AMOR VERDADEIRO: "Após 75 anos juntos, marido e mulher morrem abraçados em hospital"

Uma história de amor verdadeira, dessas muito difíceis de se encontrar. Alexander e Jeannette Toczkos conheceram com apenas 8 anos e, desde então, são inseparáveis.

Tão grudados que, 75 anos depois do dia do casamento, morreram juntos e abraçados.


Após mais de 7 décadas felizes e juntos, os dois começaram a ver as coisas irem mal quando Alexander sofreu um acidente e quebrou seu quadril, ficando preso à cama.

Quase que imediatamente, Jeannette também passou a ter uma piora na saúde e teve ser internada.

Vendo o amor incondicional dos dois, o hospital em que ficaram internados fez questão de disponibilizar uma cama especial para que eles ficassem juntos durante a internação.

O amor e cumplicidade entre eles era tão grande que, após um tempo internados, eles morreram abraçados e com apenas algumas horas de diferença.

Aimee, filha do casal, resolveu fotografar o momento para eternizar o amor de seus pais.

O resultado é uma das fotos mais comoventes já vistas e, claro, uma das maiores provas de que o amor verdadeiro existe e resiste a qualquer coisa.