.

quinta-feira, 27 de outubro de 2016

PARELHAS: "Vereador eleito pela oposição faz esclarecimento sobre situações envolvendo seu nome"

O vereador eleito Guara da Toca, usou seu perfil no facebook, para esclarecer a população parelhense alguns boatos, que surgiram nos últimos dias a respeito de seu nome. Confira:
Caros amigos, diante dos últimos acontecimentos optei por esclarecer algumas situações envolvendo meu nome.
Em primeiro lugar, gostaria de informar que eu pertenço a um grupo e que este grupo permanece unido. Quanto a isso, gostaria de dar conhecimento a todos que nossa coligação honrará, de todas as formas possíveis, cada voto de confiança e cada gota de suor derramada em prol de uma eleição da qual, sem dúvida, saímos vitoriosos.
Em segundo lugar, gostaria de deixar claro que eu continuo sendo bicudo de coração e que isso, caros amigos, dinheiro nenhum consegue mudar.
Por fim, aproveito a oportunidade para pedir encarecidamente que nenhum de vocês se preocupem com as decisões por mim tomadas.
Acreditem, todas as decisões serão tomadas da melhor forma possível e possuirão o único objetivo de garantir o bem de todos os que nos ajudaram e, principalmente, da minha amada Parelhas.


Atenciosamente,
Guara.

BLOG INFORMA: "Método Top Line de Emagrecimento fecha parceria com clínica de renome em Natal"

 
O Método Top Line de emagrecimento a cada dia que passa ganha mais adeptos e admiradores do projeto que já é sucesso em todo o estado, como também fora dele.
Agora, foi fechada mais uma parceria de sucesso, dessa vez com a Clínica Odonto Médica de Candelária, que é referência na capital potiguar a mais de 15 anos, contando com uma equipe completa, formada por médicos de várias especialidades, entre eles a Drª Dayara Ferro(Dermatologista) e o Drº  Wendell Fernandes(Dentista), odontólogos, esteticistas e enfermeiras especialistas.
E agora com o Método Emagrecedor Top Line, nas pessoas de Márcia Arruda e a parelhense Drª Anna Paula Medeiros.

SANTANA DO SERIDÓ: "Prossegue festa de Nossa Senhora Santa`Ana"

Prossegue a festa da padroeira do município de Santana do Seridó, confira a programação para hoje(27):

DIA 27/10/2016 – QUINTA-FEIRA - INÍCIO DO TRÍDUO SOLENE DA FESTA

5h30min – Caminhada Missionária pelas ruas da cidade até a Igreja Matriz;

6h – Missa na Matriz;

18h30min – Ofício de Sant’Ana na Matriz;

19h – 7ª Novena – Noite da Catequese (1ª Eucaristia, Crisma, Pastoral do Batismo e Matrimônio); Pastoral Litúrgica e Coral de Sant’Ana.

Tema: Missionários da misericórdia (Lc 20, 20 – 26)

Pregador: Pe. Erivan Santos da Costa – Vigário Paroquial da Paróquia de São Sebastião – Parelhas/RN

Responsáveis: Coordenadores do Departamento Doutrinário e Litúrgico (DDL).

POLÍTICA: "Carlos Eduardo poderá ser candidato ao governo de consenso em Parelhas"

O prefeito de Natal Carlos Eduardo Alves, que foi reeleito no último dia 02 de outubro, deverá ser candidato a governador do Rio Grande do Norte nas eleições de 2018.
A estratégia foi montada, desde a escolha de seu vice, o seridoense Álvaro Dias.
Filiado a um partido tido como de esquerda, o PDT, Eduardo possivelmente receberá o apoio da Senadora Fátima Bezerra, haja visto que a mesma já foi apoiada por ele em várias eleições.
Aqui em Parelhas, o cenário poderá dá um giro de 360 graus, uma vez que um dos braços fortes do prefeito da capital potiguar é parente muito próxima do Dr. Tiago Almeida, que foi candidato nas eleições de outubro, disputando com o PMDB, que é comandado no estado pelo primo de Carlos Eduardo.
É aí, exatamente aí, que meu cãozinho Luck, entra mais uma vez em cena, com a informação de que as conversas já se iniciaram, com o fim de costurar o apoio do "Doutor" ao projeto do primo de Henrique.




PRECONCEITO: "Atriz da Globo causa polêmica com nordestinos: "Pagamos o Bolsa Família de vocês". Veja o vídeo."


Alexia Dechamps estava na audiência pública na Câmara dos Deputados que avaliava a proibição da vaquejada no país e gerou polêmica com declaração

A atriz Alexia Dechamps esteve presente na audiência pública realizada na terça-feira (25), na Câmara dos Deputados, em Brasília. A sessão avaliava a proibição da prática da vaquejada no Brasil e, a convite do deputado Ricardo Izar (PP-SP), a atriz marcou presença para defender os animais, mas acabou criando uma grande polêmica ao fazer uma declaração sobre os nordestinos.

Durante a discussão, Alexia Dechamps atacou os vaqueiros presentes com sua fala e fez uma declaração polêmica: "Calem a boca que nós já pagamos o Bolsa Família de vocês", disparou. Após a fala da atriz,  a Câmara dos Deputados foi tomada por um bate boca entre os presentes. O momento foi registrado em vídeo e já circula pelas redes sociais.

O deputado Domingos Neto (PSD-CE) reclamou da postura da atriz no plenário. "A convidada se virou para os vaqueiros que ali estavam e disse para que eles calassem a boca porque ela pagava o Bolsa Família do nordestino. Esse ato de preconceito não é apenas contra os vaqueiros, mas contra nós da bancada do Nordeste", afirmou.

A modelo e socialite Maria Paula Maia também estava presente na audiência e repudiou a atitude de Alexia na Câmara. "Estou chocada. Além de completamente alienados, esse pessoal é extremamente preconceituoso e desrespeitoso", disse a modelo em seu perfil no Instagram.

O último trabalho de ‪‪Alexia Dechamps na televisão foi em 2015, quando a atriz atuou na novela "Verdades Secretas", da TV Globo. Ela também trabalhou em tramas como "Ti Ti Ti", "América", "Malhação" e "Cobras & Lagartos".

ROBINSON FARIA: "Não vou demitir pai de família para salvar o Estado"

O Governo e os representantes dos Poderes do Estado do Rio Grande do Norte vão montar uma comissão para estudar possibilidades de contenção de gastos e tentar regularizar a situação financeira do estado. A decisão foi tomada durante reunião realizada nesta quarta-feira (26), na sede da Governadoria. A reunião durou mais de 3h, e reuniu também secretários de Governo.
O governador Robinson Faria disse que ainda não pode adiantar quais medidas serão adotadas para a contenção de despesas. “Tudo será avaliado por essa comissão”, acrescentou. Questionado sobre o pagamento do 13º salário dos servidores e sobre a possível demissão de funcionários efetivos, Robinson Faria foi enfático em dizer que não tem a intenção de prejudicar o funcionalismo público. “Não vou demitir pai de família para salvar o Estado”, afirmou. O governador disse ainda que tem intenção de honrar com o 13º salário.

SEGUNDA VOTAÇÃO: "Zenaide Maia é única potiguar a votar contra a PEC 241 "

O segundo turno da votação para a Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 241/2016, a chamada PEC do Teto dos Gastos, foi marcada por outra vitória dominante dos parlamentares que desejam sua aprovação. Do total dos 478 deputados federais, mais de 75% deram seus votos favoráveis à matéria. O placar ficou 359 a 116.
Na bancada potiguar, a votação também foi dominada pelo “sim” à polêmica PEC. A deputada Zenaide Maia (PR) ignorou mais uma vez a orientação de seu partido e foi a única parlamentar representante do Rio Grande do Norte a votar contra a matéria. Na primeira votação, realizada no início deste mês de outubro, a potiguar votou pelo “não” e chegou a ter sua permanência no PR questionada, inclusive com ameaças de expulsão.

NO RASTRO DA LAVA-JATO: "Poderes em guerra"

A guerra dos Poderes em Brasília está pegando fogo. No figurino "Rei do Cangaço", o senador alagoano Renan Calheiros, partiu para o ataque na defesa das prerrogativas da Polícia Legislativa do Senado, alvo de investigações da Polícia Fedral pro obstrução da Lava Jato.
Renan chamou o juiz federal de Brasília, que autorizou a operação métis, de JUIZECO, e chamou o ministro da Justiça Alexandre de Moraes de CHEFETE da Polícia Federal por dar apoio à operação.
Fez bem a ministra Cármen Lúcia, presidente do Supremo, de pedir respeito ao Judiciário e dizer que quando um juiz é agredido, diminuído ou desmoralizado fora dos autos, a Justiça toda é destratada. Inclusive, ela.
Na sexta-feira (28), ela recebe no STF os chefes dos poderes para uma discussão sobre segurança pública, ocasião para todo mundo acalmar os ânimos.
Por trás de destempero de Renan Calheiros, há o medo enorme da Lava Jato.

CORRUPÇÃO: "Henrique Alves e Cunha viram réus por esquema milionário na Caixa Econômica Federal"

O juiz Vallisney de Souza Oliveira, da 10ª Vara Federal, em Brasília, aceitou hoje (26) a denúncia oferecida pelo Ministério Público Federal contra o deputado cassado Eduardo Cunha (PMDB-RJ), o ex-ministro Henrique Eduardo Alves (PMDB-RN), o operador do mercado financeiro Lúcio Funaro e mais duas pessoas por esquema de desvio de recursos na Caixa. 
Os envolvidos agora passam à condição de réus e responderão a ação penal por crimes de corrupção, lavagem de dinheiro, prevaricação e violação de sigilo funcional.
Eduardo Cunha, Henrique Alves e os demais réus são acusados de cobrar propina de empresas para liberar investimentos do FGTS pleiteados por elas. 
A denúncia foi originalmente oferecida pelo procurador-geral da República, Rodrigo Janot, ao Supremo Tribunal Federal (STF). 
Com a cassação, o ex-presidente da Câmara perdeu o foro privilegiado e o caso foi enviado à Justiça de primeiro grau. 
Também são réus Alexandre Margotto, apontado como parceiro de Funaro em negócios, e Fábio Cleto, ex-vice-presidente da Caixa que fez acordo de delação premiada e detalhou o suposto esquema de desvios.
Na decisão, o magistrado explica que a peça de acusação está “jurídica e perfeitamente íntegra”, merecendo ser recebida, pois cumpre os requisitos do Código do Processo Penal (CPP). 
Ele afirma que o MPF detalha os crimes atribuídos a cada acusado e contextualiza as operações financeiras no exterior, “a fim de que os valores da propina chegassem aos denunciados por meio de mecanismos variados”.
“A presente denúncia faz referência e traz como prova a farta documentação que relata com precisão de detalhes as operações junto à Caixa e os dados bancários de contas no exterior, planilhas, recibos e anotações feitas por alguns dos acusados”, escreveu o juiz. Ele registrou também que a acusação se lastreia “em depoimentos, a título de colaboração premiada, do codenunciado Fábio Cleto e depoimentos de outros investigados e testemunhas, tais como Ricardo Pernambuco (também delator) e outros, que tiveram intensa atividade no acobertamento e entrega do dinheiro indicado como ilícito a seus destinatários aqui denunciados”.
Vallisney Oliveira determinou a citação, com urgência, dos réus, para que respondam à acusação em até dez dias, apresentando documentos e indicando testemunhas. Ele destacou a necessidade de tramitação célere da ação, pelo fato de haver réu preso. O juiz marcou audiência de custódia para avaliar a pertinência de mantê-lo na Penitenciária da Papuda.
Eduardo Cunha está preso em Curitiba, mas por causa de inquérito que apura seu envolvimento em corrupção na Petrobras.