.

terça-feira, 5 de dezembro de 2017

E O SUCESSO SE REPETE: "Bode Elétrico 2018 já é sucesso garantido"


PARELHAS: "Mayane Carla será a voz femenina no comando da Revista da Rural"

O Blog soube agora a pouco que a também radialista Mayane Karla vai substituir Joelma de Souza na bancada do Programa Revista da Rural.
.
Mayane, apresentará a Revista matinal ao lado do Blogueiro Marcos Silva.

Joelma de Souza, como foi divulgado em primeira mão pelo Blog, será coordenadora da Fundação Educacional Santana em Caicó.


Impeachment de Robinson abriria espaço para Fábio Dantas

Levando em consideração a análise técnica que desencadeou o impeachment da ex-presidente Dilma Rousseff (PT), o governador Robinson Faria (PSD) corre o risco de passar pelo mesmo processo, abrindo espaço na política para o surgimento do vice-governador Fábio Dantas (PCdoB), nome que tem simpatia tanto na esquerda quanto no setor empresarial. 

Fábio é visto como o melhor nome para disputar o Governo em 2018, caso assuma a chefia do Executivo num eventual afastamento do governador Robinson Faria (PSD).

Robson Pires


REAÇÃO: "Militares prometem detonar candidatura de Bolsonaro"

Os militares vão detonar a candidatura de Jair Bolsonaro.
É a opinião de Jorge Bornhausen, em conversa com Eliane Cantanhêde.
Leia aqui:
“A oficialidade das Forças Armadas constitui a mais forte oposição à candidatura de Jair Bolsonaro, que largou a farda em litígio com o Exército, está há um quarto de século como deputado e tenta usar sua ligação antiga com a área militar para se lançar à Presidência.
"O que os políticos falam contra o Bolsonaro conta a favor dele, mas quando os militares começarem a falar, aí, sim, isso vai pesar contra ele’, disse Bornhausen, referindo-se ao desgaste dos políticos e à aprovação dos militares na opinião pública.”

Rogério Marinho recebeu doação eleitoral da Guararapes

O deputado federal do RN Rogério Marinho é investigado em três inquéritos criminais no Supremo Tribunal Federal, mas alega não se preocupar com acusações antigas que não o tornaram réu. Em suas campanhas, o deputado costuma receber contribuições de empresários e companhias do ramo da construção civil, segundo a Agência Estado.
Em 2014, constam entre suas doações declaradas repasses de dinheiro da empreiteira Odebrecht, do banco BTG Pactual, do Café Três Corações, da Ale Combustíveis e da Guararapes Confecções (Lojas Riachuelo), cujo dono Flavio Rocha tem proximidade com Marinho e participa de debates com ele.
Recentemente, Rocha foi denunciado pelo Ministério Público por calúnia e injúria contra a procuradora regional do Trabalho Ileana Mousinho. Ela movera uma ação cobrando indenização coletiva de R$ 37,7 milhões da empresa, por irregularidades em confecções terceirizadas que prestam serviço na cadeia de produção da Guararapes. Marinho classificou a ação do MP como um “atentado” contra o emprego.

PARELHAS: "3ª Festa da Telha acontece nesse dia 23 de dezembro"


RN: "Robinson tem contas reprovadas pelo TCE"

O Tribunal de Contas do Estado (TCE/RN) emitiu nesta segunda-feira (04) parecer prévio pela desaprovação das contas anuais do governador Robinson Faria relativas ao ano de 2016. O parecer prévio tem caráter opinativo e segue para a Assembleia Legislativa, a quem cabe reprovar ou aprovar as contas do governador.
O processo foi relatado pela conselheira Maria Adélia Sales, cujo voto foi acatado à unanimidade pelos demais membros da Corte de Contas. Acompanharam a sessão, como representantes do Governo do Estado, o procurador-geral do Estado, Francisco Wilkie Rebouças Chagas Júnior, e o controlador-geral do Estado, Alexandre Santos de Azevedo.
Segundo o voto da conselheira Maria Adélia Sales, o governador Robinson Faria incorreu em crime de responsabilidade e improbidade administrativa ao abrir créditos suplementares no valor de R$ 131 milhões a título de excesso de arrecadação relativo à Fonte 100, quando não houve excesso de arrecadação; e ao realizar o pagamento de R$ 67,8 milhões em despesas do Programa de Apoio ao Desenvolvimento Industrial do RN (PROADI) por meio de ofícios, sem autorização orçamentária, o que é vedado pela legislação.
Além disso, verificou-se que o Executivo Estadual ultrapassou ao final de 2016 o limite legal de comprometimento da Receita Corrente Líquida com as despesas de pessoal, atingindo a marca de 53,39%, “o que ultrapassa em 4,39 pontos percentuais o limite legal para esse Poder”; e o crescimento do volume de Restos a Pagar, entre 2015 e 2016, de R$ 561 milhões para R$ 1 bilhão, “com impactos potenciais negativos sobre o planejamento e a execução das políticas públicas”.
Por fim, o corpo técnico do Tribunal de Contas identificou que o Ipern não fez a reavaliação atuarial para analisar o equilíbrio econômico-financeiro do Regime de Previdência do Estado. O Executivo Estadual utiliza projeções atuariais de 2013, quando ainda existiam dois fundos previdenciários, comprometendo a análise acerca da saúde financeira da previdência e impedindo uma análise aprofundada da viabilidade do regime.
Foram aprovadas 21 recomendações, entre elas a realização de uma auditoria operacional da Secretaria Estadual de Planejamento (SEPLAN), de uma inspeção nos pagamentos relativos ao PROADI; a vedação por decreto de qualquer pagamento por ofício; a redução dos restos a pagar por parte do Governo do Estado; entre outras.
A Comissão Especial para Análise de Contas foi presidida por Daniel Melo de Lacerda e formada por Giulliane Rangel da Silva Almeida Assis, Héder Azevedo da Rocha, Márcio Roberto Loiola Machado, Severiano Duarte Júnior, Vilmar Crisanto do Nascimento e Katia Regina dos Santos Nobre.

EFEITO TEMER: "Gás de cozinha mais caro á partir de hoje"

A Petrobras elevará os preços do gás liquefeito de petróleo (GLP) envasado pelas distribuidoras em botijões de até 13 kg, o chamado gás de cozinha, em 8,9% a partir de terça-feira (5). O reajuste foi motivado principalmente devido à alta das cotações do produto nos mercados internacionais, segundo nota enviada pela estatal.
A empresa frisou que reflexos no preço final ao consumidor vão depender de repasses feitos especialmente por distribuidoras e revendedores. O aumento não se aplica ao preço do gás destinado a uso industrial e comercial.
No ano, o preço médio do gás de cozinha no país acumula alta de 17,7%, segundo dados da Agência Nacional de Petróleo, Gás e Biocombustíveis (ANP). O valor médio do botijão para o consumidor saltou de R$ 55,74 na primeira semana de janeiro para R$ 65,64 na semana encerrada em 2 de dezembro.
Pela nova política de preços adotada pela Petrobras desde junho, o preço do Gás Liquefeito de Petróleo (GLP) passou a ser revisado todos os meses.
O último reajuste feito pela Petrobras aos preços cobrados das distribuidoras ocorreu há cerca de um mês. Desde junho, foram anunciados seis aumentos e uma redução no preço do gás de cozinha. Confira todas as revisões anunciadas:
4/07: -4,5%
4/08: +6,9%
5/09: +2,2%
25/09: +6,9%
10/10: +12,9%
3/11: +4,5%
04/12: +8,9%
Preços ao consumidor
Em nota, o Sindicato Nacional das Empresas Distribuidoras de Gás Liquefeito de Petróleo (Sindigás), informou que o reajuste oscilará entre 7,3% e 9,9%, de acordo com o polo de suprimento. Pelos cálculos da instituição, o ajuste anunciado deixa o preço praticado pela Petrobras para as embalagens de até 13 quilos aproximadamente 1,3% abaixo do preço de paridade internacional.

POLÍTICA: "Fernando Mineiro reafirma que é pré-candidato a Federal"

A respeito dos boatos infundados sobre a suposta desistência da minha pré-candidatura a deputado federal, divulgados em alguns blogs do estado, reafirmo que nada mudou com relação ao nosso projeto para 2018. Além de manter a minha pré-candidatura, continuo defendendo que o PT lance o maior número possível de candidatos/as a deputado/a federal, a fim de que tenhamos condições de atingir o coeficiente eleitoral.
"Tenho andado o estado estimulando e incentivando as candidaturas dos/as nossos/as companheiros/as petistas. A hora é de mudar a representação de deputados/as federais do Rio Grande do Norte, uma vez que a maioria da atual bancada está de costas para o estado e não representa os anseios da sociedade potiguar."
"Essas notícias falsas, certamente, comprovam que nossa pré-candidatura está efetivamente preocupando aqueles que querem manter a atual representação da bancada potiguar restrita ao filhotismo político do RN."
Fernando Mineiro – Deputado Estadual/PT-RN


NAS MÃOS DOS TUCANOS: "PSDB é fundamental para reforma da previdência, diz Rodrigo Maia"

Sem o apoio do PSDB não há “nenhuma condição” de se aprovar a reforma da Previdência, disse nesta segunda-feira (4) o presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), que afirmou ainda ter mudado sua visão em relação às chances de aprovar a reforma de pessimista para realista, após uma reunião na noite de domingo.
“Otimista não dá ainda para ser otimista. No sábado eu estava pessimista, com a reunião de domingo agora eu estou realista. Acho que a gente tem um caminho”, disse Maia a jornalistas após evento em São Paulo.

INDO AS COMPRAS: "Por Previdência, governo sinaliza R$ 2 bilhões a prefeitos em 2018"

O governo sinalizou aos prefeitos que pode liberar mais recursos para os municípios em 2018, caso a reforma da Previdência seja aprovada e a situação econômica do país continue melhorando, disse o presidente da Confederação Nacional dos Municípios (CNM), Paulo Ziulkoski.
Na reta final do ano legislativo, o governo está fazendo um “pente-fino” nas demandas da base aliada para verificar quais delas podem ser atendidas. O presidente Michel Temer já havia prometido liberar R$ 2 bilhões neste ano em troca do apoio dos prefeitos para conseguir votos para a reforma da Previdência.
A sinalização agora é de que pelo menos outros R$ 2 bilhões podem sair dos cofres da União para as prefeituras em 2018. “É daí para cima, dependendo da situação fiscal e vinculado à questão da reforma da Previdência. Se ela passar, tem mais espaço”, afirmou Ziulkoski. As informações são da Agência Estado.