.

sábado, 6 de agosto de 2016

BRASIL: "Senador diz ter poder para nomear até melancia"

Às vésperas do julgamento de Dilma Rousseff, o Diário Oficial da União tornou-se um território fértil para os senadores que se dispõem a votar a favor do impeachment. O senador Hélio José (PMDB-DF), por exemplo, acomodou no comando da Superintendência do Patrimônio da União do Distrito Federal, órgão vinculado ao Ministério do Planejamento, um assessor chamado Francisco Nilo Júnior. Os servidores do órgão não gostaram. Abespinhado, o senador foi à repartição na última terça-feria (2). E avisou aos descontentes: “Isso aqui é nosso. Isso aqui eu ponho quem eu quiser aqui. A melancia que eu quiser aqui eu vou colocar!”

SANTANA DO SERIDÓ: "Deputado Rafael Motta anuncia apoio a Hudson e ao pré-candidato a vereador pelo PSB Salim"

O pré-candidato a vereador no município de Santana do Seridó Salim, esteve em Natal na convenção de seu partido, o PSB, onde encontrou com o Deputado Federal Rafael Motta, que garantiu ao pré candidato todo o apoio, uma vez que o Salim é o único pré candidato de seu partido na cidade.
Ainda segundo informações o Deputado Rafael Motta declarou  apoio também ao projetp do pré-candidato a prefeito Hudson Pereira.
"Lá em Santana do Seridó estou com meu amigo pessoal Hudson Pereira e o pré-candidato a vereador, de meu partido, Salim, não só agora, como também depois da campanha, para ajudar a cidade no que for preciso". Declarou Rafael Motta, Deputado Federal pelo PSB

CONFIRA: "Estes são os especialista de hoje(06) no Centro Integrado Econ"


PARELHAS: "Bairro Cruz do Monte recebe o pré-candidato Alexandre Petronilo"

A pré-campanha continua a todo vapor e o pré candidato Alexandre Petronilo, esteve ontem(05) no Bairro Cruz do Monte, onde discutiu com a população  a composição do plano de governo e foi recepcionado por um grande número de pessoas que atentamente ouviram e sugeriam ideias.
"Temos que discutir com o povo quais ações que eles querem no seu bairro.Quando fui Secretário de Assistência Social, essa foi minha principal meta". Disse Alexandre Petronilo.


PARA O MUNDO VER: "Maioria da imprensa internacional elogia abertura da Rio 2016"

A imprensa internacional acompanhou com atenção a cerimônia de abertura da Rio 2016, que foi comentada em tempo real nos principais sites de notícias do mundo. Na maior parte deles, a festa rendeu elogios.
O argentino El Clarín disse que o Rio vibrou com uma festa cheia de música, cores e esporte. “A cerimônia de abertura foi uma exibição à altura da Cidade Maravilhosa. Havia ritmo e beleza em cada passo no estádio do lendário Maracanã”, avalia a publicação. 
O norte-americano The New York Times disse que a cerimônia de abertura dos Jogos Olímpicos no Rio de Janeiro chegou “como um salve” após todas as crises, políticas e econômicas, que o país enfrentou durante a organização dos jogos. Segundo a publicação, a festa disfarçou “as feridas por algumas horas e deixou os brasileiros celebrarem tudo”. 
O jornal francês Le Monde chamou a cerimônia de inovadora e destacou que a abertura foi marcada por uma celebração da música brasileira. O jornal citou que o presidente interino do Brasil Michel Temer, ao falar no evento, foi recebido por vaias de uma parte “importante” do estádio do Maracanã.
 Na página de cobertura ao vivo da BBC inglesa, o veículo se referiu à cerimônia como um “show espetacular”. 
O inglês The Guardian destacou que há um contraste interessante entre a abertura da Rio 2016 e dos jogos de Beijing em 2008 e em Londres, em 2012. As duas cerimônias anteriores abordaram a história dos países-sede, enquanto no Rio a mensagem passada é de que “é preciso fazer algo sobre o meio ambiente ou podemos não ter muitos Jogos Olímpicos para celebrar no futuro”.

NATAL: ""Mamaço" marcará Semana Mundial da Amamentação"

Mais de 200 mulheres são esperadas na Cidade da Criança, em Natal, para participar de diversas ações em torno da Semana Mundial da Amamentação. Um dos pontos altos da programação do AMARmentar Natal, marcado para este sábado (6), será o "mamaço", um momento de amamentação coletiva com as mães participantes e seus bebês, a partir das 16h.
O evento AMARmentar Natal é promovido pelo grupo Mais Mães, formado por 17 mães natalenses que atuam nas redes sociais. A proposta é propagar e exaltar o ato de amamentar e possibilitar melhor qualidade de vida aos bebês e crianças.
A programação acontece das 14h às 18h e conta com palestras, oficinas e estandes com prestação de diversos serviços. Não será cobrada entrada para o evento, todavia, o parque possui uma taxa simbólica de acesso, no valor de R$ 1. As pessoas que comparecerem poderão contribuir com doações de produtos de higiene pessoal infantil, alimentos não perecíveis ou fraldas para o Lar Bom Jesus, localizado em Pium e para o Associação Macaibense de Acolhimento Institucional (AMAI), em Macaíba.

COLUNA DO BARBOSA: "A pindaíba das campanhas políticas"

A falta de dinheiro para custear as campanhas políticas está grande. Depois do escândalo da Lava Jato envolvendo grandes empreiteiras que financiavam megas campanhas principalmente majoritárias, o que levou a que empreiteiros fossem presos, e com a decisão do Supremo de proibir doações de empresas para campanhas eleitorias, resta agora aos candidatos recorrer ao fundo partidário ou apelar para um empresário amigo que queira fazer doação como pessoa física, o que, convenhamos, é mais difícil.
Em Natal, por exemplo, pelo menos duas campanhas que poderiam fazer sombra a candidatura a reeleição do prefeito Carlos Eduardo Alves (PMDB), desistiram antes do round se iniciar, caso do deputado estadual Jacó Jácome (PSD) e do deputado federal Rafael Motta (PSB). Por mais motivos que aleguem para desistir de suas candidaturas, todos sabem que com pouca grana para investir em suas campanhas Jacó Jácome e Rafael Motta preferem apoiar outros candidatos.
A própria deputada estadual Márcia Maia (PSDB), filha da ex-governadora e atual vice-prefeita de Natal, Wilma de Faria (PT do B), chegou a cogitar desistir de sua candidatura pelos mesmos motivos que seus colegas parlamentares. O que levou ela a não desistir foi a promessa tucana de que o PSDB vai liberar recursos do fundo partidário para bancar principalmente o seu marketing, a cargo do ex-secretário de Planejamento do governo de sua mãe, Vagner Araújo, que vinha atuando com o conhecido marqueteiro João Santana, citado na Lava Jato.
Caixa 2 nem pensar, ao menos nesta campanha que se aproxima. A Justiça Eleitoral e o Ministério Público estão de olho, embora haja sempre o jeitinho brasileiro. Contudo, não custa lembrar que as investigações da Lava Jato ainda caminham a passos largos e qualquer mala preta será suspeita.
Fato é que a decisão do STF vai beneficiar principalmente os prefeitos candidatos a reeleição, caso de Carlos Eduardo Alves, porque detém a máquina e isso facilita sobremaneira a cooptação de “apoiadores”, como a doação de recursos por parte de pessoas físicas.
E quando a campanha começar vamos ver até onde os candidatos sem dinheiro vão resistir. Será que os partidos vão bancar mesmo candidaturas sem robustez? Será que os marqueteiros vão topar arriscar no escuro, sabendo que na metade da campanha pode faltar dinheiro?
A conferir!

Agronegócio computa saldo positivo de 824 empregos gerados no RN

Em junho, o setor que teve o melhor desempenho na geração de empregos formais no Rio Grande do Norte foi o da agropecuária, que encerrou o mês com um saldo positivo de 824 empregos. Depois, somente o segmento da indústria de transformação e o extrativismo mineral tiveram saldos positivos, com 76 empregos e 59 empregos respectivamente.
Os demais setores – construção civil, comércio, serviço e administração pública – apresentaram saldo negativo. Com isso, o Rio Grande do Norte ficou com um saldo total negativo em 1.163 vagas. Os dados são do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), do Ministério do Trabalho.
O ramo com perdas mais significativas foi no setor de serviços, que admitiu 4.013 pessoas, mas, demitiu 4.905, finalizando com um saldo negativo de 912 vagas. No ranking de bolsa de empregos eletivos, a construção civil ficou com o segundo pior saldo. Nesse setor, foram criados 1.535 empregos e, em contrapartida, foram efetivados 2.197 desligamentos, o que gerou um saldo de -662 empregos. No comércio, o déficit no saldo de emprego chegou a 536 vagas. Isso porque foram feitas 3328 demissões e apenas 2792 contratações formais nesse setor.