.

quinta-feira, 29 de junho de 2017

MANDATO POPULAR INFORMA: "Aulão beneficente neste sábado(01) em prol da Quadrilha Sensação Nordestina"


Acontecerá neste sábado (01), a partir das 14h, em Parelhas, um aulão beneficente preparatório (Enem), no Cursinho Nicolau Neto. 

A inscrição custa R$ 5 e pode ser feita no dia da aulão, no próprio cursinho. As áreas de conhecimento abordadas no aulão são as mesmas que constarão na prova do Enem deste ano. 

O Aulão contará com os professores Deydson (Química), Frank (Matemática) e Jocinha, que ministrará aula de Redação.

Todo valor arrecadado será doado para Quadrilha Sensação Nordestina da cidade de Parelhas, o dinheiro será usado para custear despesas da quadrilha nas apresentações.





REPROVADOS: "Temer, Cunha e Aécio lideram lista de políticos mais reprovados"

As delações dos executivos do grupo J&F, que controla a JBS, e o consequente agravamento da crise política colocaram o presidente Michel Temer (PMDB) e o senador afastado Aécio Neves no pódio das personalidades mais reprovadas pelos brasileiros.
Com isso, a impopularidade de ambos se iguala a de outra figura pouco quista frente a opinião pública: o ex-deputado Eduardo Cunha (PMDB).
Os dados aparecem na pesquisa “Pulso Brasil” realizada pelo instituto Ipsos entre os dias 1º e 13 de junho com 1,2 mil pessoas de 72 municípios do país. A margem de erro é de 3 pontos percentuais.
Segundo a sondagem, em junho, a taxa de desaprovação às ações do presidente Temer é de 93% frente aos 86% registrados na primeira quinzena de maio – antes, portanto, do início do escândalo da JBS, que implica diretamente o presidente e o senador tucano.
A taxa de desaprovação a Temer é superior, inclusive, à impopularidade de Dilma Rousseff nas vésperas de seu afastamento após abertura do processo de impeachment no Senado em maio de 2016. Naquela ocasião, 80% dos brasileiros desaprovavam sua atuação. Hoje o número é de 82%.

RN: "Deputado Fábio Faria poderá abandonar a política"

Alguma coisa está acontecendo, o  deputado federal Fábio Faria desapareceu do RN..
Faz muito tempo que ele não aparece aqui na terra do velho índio Poti.
Contra fatos não existem argumentos, nos festejos juninos Fábio Faria não veio comer pamonha nos municípios que compõe sua base eleitoral.
Comenta-se nas rodas políticas que sua esposa Patricia Abravanel Faria está convencendo ele deixar a política.. Seu sogro Silvio Santos já teria convidado ele para assumir uma diretoria de Relações  Institucionais do Grupo Silvio Santos. 
Mas também tem uma conversa que ele não está nada satisfeito com o governo do sei pai, será?
Blog do Primo

BRASÍLIA: "Senado vai discutir projeto que permite demissão de funcionário público"

O projeto de lei PLS 116/2017 que pretende permitir a demissão de servidor público avaliado com insuficiência no desempenho do cargo fará parte de um ciclo de audiências públicas da Comissão Senado do Futuro. O PLS será examinado pela Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania (CCJ), onde tem como relator o senador Lasier Martins (PSD-RS).
De autoria da senadora Maria do Carmo Alves (DEM-SE), integrante da Comissão Senado Futuro, o texto está aberto a consulta pública no portal e-Cidadania e pode receber o voto dos internautas. Atualmente, as opiniões sobre a proposição estão divididas: 12.238 pessoas votaram a favor e 12.663 votaram contra.

É SABEDOR: "Temer recebe notificação oficial da Câmara sobre denúncia da PGR"

O primeiro-secretário da Câmara, deputado Fernando Lucio Giacobo (PR-PR), compareceu na tarde de hoje (29) ao Palácio do Planalto para notificar o presidente Michel Temer sobre a denúncia oferecida contra ele pela Procuradoria-Geral da República (PGR).
O documento foi entregue às 16h05 ao subchefe de Assuntos Jurídicos da Casa Civil, Gustavo Rocha. Ao entrar no anexo do prédio, acompanhado por grande parte da imprensa, Giacobo disse que cumpre o papel que o cabe com “tristeza” pelo momento que o país está passando. “Espero que tudo se resolva o mais rapidamente possível”, afirmou.
Agora que o Planalto recebeu o documento, Temer estará oficialmente notificado da acusação de que teria cometido o crime de corrupção passiva. O presidente da Câmara, deputado Rodrigo Maia, está reunido com Temer em seu gabinete no Palácio do Planalto.

SANTANA DO SERIDÓ: "Prefeito Hudson assina termo se adesão ao Selo Unicef 2017/2020"

O prefeito de Santana do Seridó Hudson Pereira de Brito, a Secretária de Assistência Social Solange Regina e o Assessor Especial Márcio Alves, estiveram na última terça-feira(27), na capital do estado, para assinar o termo de adesão do município ao Selo Unicef  2017/2020.
O evento aconteceu no auditório da CAERN, no Centro Administrativo, em Natal/RN.

O projeto de articulação do Selo Unicef é uma ação da Secretaria Municipal de Assistência Social e conta com o total apoio do prefeito Hudson Pereira de Brito.

"A nossa equipe de governo tem consciência e sabe que o Selo Unicef é importante para todos e é uma conquista de todos, principalmente da cidade e das crianças, que são o futuro de Santana do Seridó, por isso toda gestão municipal estará comprometida com esse projeto" .Declarou o prefeito.



ECON INFORMA: "Mamografias e Raio X digital. Entrega em até 48h"


PISOU NOS CALOS: "Garibalde bate-boca com Renan em defesa de Henrique Alves"

O Senador Garibalde Alves e o Líder no Governo no Senado Renan Calheiros, bateram boca ontem no Senado. Garibalde cobrou de Renan, fidelidade a bancada na questão da votação da Reforma Trabalhista, Garibalde é a favor da reforma e Renan é contra. Em contra-ataque Renan Calheiros citou a prisão do Henrique Alves, o que irritou o Senador Potiguar.

Confira o Vídeo:




APARELHANDO: "Temer escolhe Raquel Dodge para substituir Janot no comando da PGR"

O presidente Michel Temer escolheu nesta quarta-feira (28) a procuradora Raquel Dodge para o comando da Procuradoria Geral da República, em substituição ao atual procurador-geral, Rodrigo Janot. O mandato de Janot à frente da PGR termina em setembro.
O nome de Raquel Dodge foi anunciado pelo porta-voz da Presidência da República, Alexandre Parola, em pronunciamento que durou poucos segundos.
Na fala, Parola destacou que Raquel Dodge é a primeira mulher a ser nomeada para o comando da PGR.

TÁ COMPLICADO: "PMDB do RN deixa de ser presidido por um preso e passa a ser presidido por um investigado"

O velho PMDB do RN está vivendo um momento muito complicado, o presidente do Diretório Estadual, Henrique Eduardo Alves que está preso, impedido de exercer á presidência do partido, foi substituído pelo vice-presidente, deputado federal Walter Alves que é investigado pela Polícia Federal suspeito de ter recebido propina quando foi citado da delação do ex-senador Sérgio Machado.
Walter Alves é um dos relacionados na famosa Lista de Fachin..
Blog do Primo

POLÍTICA: "Renan renuncia à liderança do PMDB e diz que não vai ceder ao governo Temer"

O senador Renan Calheiros (PMDB-AL) renunciou nesta quarta-feira (28) à liderança do PMDB no Senado. Em discurso no plenário, o político voltou a criticar o governo Temer, como vinha fazendo há semanas.
“Deixo a liderança do PMDB”, foi a primeira frase do senador. “Procurei exercer [a liderança] com dignidade, sempre orientado pelos objetivos do país”.
Renan disse também que renuncia por não compactuar com as ideias do governo e as reformas propostas pelo poder Executivo. “Não estou disposto a liderar o PMDB atuando contra os trabalhadores e estados mais pobres da Federação”, disse ele. “Não vou ceder a um governo que trata o partido como um departamento do poder Executivo”.
Mais cedo, o presidente do Senado, Eunício Oliveira (PMDB-CE), havia afirmado que Renan Calheiros (PMDB-AL) renunciaria porque se “perdeu o ambiente”.
“[Renan] esteve comigo ontem e na conversa que nós tivemos ele me disse que tinha perdido o ambiente de liderar a bancada e achava melhor ir cuidar do mandato”, contou Eunício antes de entrar no plenário nesta quarta. “Por esse motivo ele iria fazer um pronunciamento e na sequência faria uma reunião da bancada para a decisão final, que é da escolha da saída dele e da escolha de um novo líder”, declarou.
Na avaliação de Eunício, a saída de Renan não tem “nada a ver” com o aprofundamento da crise política no país que atinge principalmente o presidente da República Michel Temer desde a revelação da delação de executivos e ex-executivos da JBS, em 17 de maio.
“Pelo contrário, acho que o Renan está tendo a grandeza de pedir para sair exatamente para unificar e harmonizar a bancada”, argumentou.
Na terça-feira, Renan teve um bate-boca ríspido com o presidente do PMDB, senador Romero Jucá (RR), que o ameaçou de tirá-lo da liderança do partido no Senado caso Renan quisesse votar contra a reforma trabalhista. O alagoano retrucou e disse que se fosse para tirar direitos dos trabalhadores, preferiria deixar a liderança da legenda.
Ao longo das últimas semanas, Renan Calheiros tem feito diversas críticas ao governo Temer. No discurso de ontem, no plenário, acusou o presidente de se render aos desmandos do ex-deputado cassado Eduardo Cunha (PMDB-RJ), que está preso, e disse que Michel Temer deveria seguir uma sugestão do ex-presidente Fernando Henrique Cardoso (PSBD) e renunciar ao mandato.