.

sábado, 30 de junho de 2018

FIM DE CARREIRA: "Depois de 32 no Senado Agripino tenta escapar da justiça sendo candidato a Federal"

Em final de carreira, o senador José Agripino Maia tenta respirar na política, tentando em outubro uma das oito vagas de deputado federal.

Com o MPF no seu encalço e vendo o foro privilegiado lhe escorrer pelas mãos, a raposa velha, vai tentar fincar suas unhas em outro cargo eletivo, uma vez que para o senado as chances de vitória seriam poucas.

Sendo assim o quase ex-senador, tentará sua sobrevivência na política, em uma disputa que juga ser bem menos arriscada.


Edílio Lobo segue conquistando apoios em todas as regiões do estado

O pré-candidato a deputado estadual pelo Avante, Edílio Lobo, segue conquistando apoios em todos os cantos do Rio Grande do Norte. Dessa vez, ele conseguiu a adesão do empresário e advogado David Júnior, de Mossoró. O anúncio foi feito na noite desta Sexta-feira (24) pelo próprio pré-candidato.

Edílio agradeceu o apoio e lembrou que esse é o momento de conquistar apoios para consolidar a candidatura. "Estamos  em um momento de buscas por apoios e a vinda de David só mostra que temos um projeto sólido e viável para entrarmos de vez na disputa eleitoral desse ano", disse.

Para David, a escolha do nome de Edílio se deu pela forma com que Edílio trabalha e pela forma com que ele se consolidou como empresário bem sucedido. "Edílio é um homem que veio de família humilde e que cresceu na vida com suor do próprio trabalho. Ele tem ampla experiência na vida pública e privada e tenho certeza que tem muito a contribuir para o nosso Estado", afirmou.

Edílio Lobo nasceu em Cruzeta, onde trabalhou vendendo picolé e cocada produzidos pela mãe. Tem uma carreira nos negócios atuando, inclusive fora do Estado. Já foi vereador de Cruzeta e tem um projeto eleitoral voltado para o Rio Grande do Norte nas eleições desse ano pelo partido Avante.



POLÍTICA: "Reunião define aliança majoritária de Carlos Eduardo, Garibaldi e Antônio Jácome"

Ocorreu a reunião que definiu a aliança para a majoritária entre Carlos Eduardo (PDT), pré-candidato ao Governo, o senador Garibaldi Filho (MDB) e o pré-candidato ao Senado, Antônio Jácome (Podemos), na presença do senador José Agripino (DEM), do prefeito de Natal, Álvaro Dias (MDB), do deputado estadual Albert Dickson (PROS), da vereadora Carla Dickson (PROS), do deputado federal Walter Alves (MDB), prefeitos do interior, vereadores, lideranças e líderes evangélicos.

O anúncio só foi possível pela decisão do senador José Agripino, presente ao encontro, não disputar a reeleição e ir disputar uma vaga na Câmara dos Deputados, ampliando o arco de alianças com a agregação de outros partidos em torno da pré-candidatura de Carlos Eduardo.

Heitor Gregório