.

sábado, 10 de junho de 2017

BLOG INFORMA: "Amanhã tem Buchada com certeza, no Restaurante Recanto Verde"


O restaurante Recanto Verde comunica que estará aberto normalmente neste domingo(11), com a melhor panelada da região e Self Service  por apenas 10 reais.
Parafraseando mestres Luiz Gonzaga: "Amanhã tem buchada com certeza". Só no Restaurante Recanto Verde!"

SANTANA DO SERIDÓ: "Multidão participa da primeira noite do 21º Santo Antônio do Povo"

Não podia ser diferente.
A primeira noite do 21º Santo Antônio do Povo em Santana do Seridó, bateu todos os recordes de público.

Confira nas fotos enviadas ao Blog:

DR. TIAGO ALMEIDA: "Se o PC do B decidi apoiar Fátima Bezerra escolherei outro partido"

Ainda sobre a coletiva como o vice-governador e o médico Dr. Tiago Almeida, o radialista Marcos Dantas perguntou a Dr. Tiago se ele ficaria em uma aliança apoiando a Senadora Fátima.
O PC do B é um aliado histórico do PT. E se o partido resolver apoiar a pré-candidatura da Senadora Fátima Bezerra ao governo, o senhor acompanha o partido?

"Aí eu vou procurar outra legenda". Respondeu o Dr.

E qual seria esse outro partido? Insistiu  Marcos.

"PHS, PT do B, ou qualquer outro, que exija um coeficiente menor." Concluiu


POLÍTICA: "Tiago Almeida anuncia pré-candidatura e sua saída do DEM"

Em entrevista coletiva, o vice-governador Fábio Dantas disse que continuará no PC  do B, um vez que não ver motivos para sua saída, e que pretende trazer o médico Dr. Tiago Almeida para o partido.
Em contra partida, Dr. Tiago anuncia sua pré-candidatura a Deputado Estadual nas próximas eleições e a sua saída do partido do Senador José Agripino.
"Para que não fiquem comentando: "Tiago é candidato a isso ou aquilo, anunciou que serei candidato a Deputado Estadual, em uma parceria com o vice-governador e a Deputada Cristiane Dantas". Discursou Tiago.
Perguntado por qual partido disputaria uma cadeira na Assembléia Legislativa, respondeu: "Possivelmente pelo PC do B, partido do vice-Governador".


ELEIÇÕES 2014: "Walter Alves encheu as burras de dinheiro"

O deputado federal Walter Alves foi muito bem contemplado pelo primo e então candidato a governador do RN, Henrique Alves em termos de doações financeiras na eleição de 2014.
Walter Alves recebeu para sua campanha através do do primo Henrique a importância de R$ 1.8 milhão.
Confira as doações levantadas pelo Blog do Xerife:
– Walter Pereira Alves – candidato a deputado federal pelo PMDB: Construtora Queiroz Galvão – R$ 250.000,00 – Vale Energia – R$ 50.000,00 – Companhia Metalurgica Prada – R$ 200.000,00 – Alesat Combustíveis – R$ 50.000,00 – CRBS S.A. – R$ 80.000,00 Gerdau Aços – R$ 50.000,00 – Protour – R$ 20.000,00 – Vale Energia – R$ 50.000,00 – Banco Safra – R$ 30.000,00 – Metalurgica Prada – R$ 100.000,00 – Original Veículo – R$ 125.000,00 – Bradesco – R$ 35.000,00 – Tel Telemática e Marketing – R$ 50.000,00 – Philip Morris Brasil – R$ 30.000,00 – Aceletrica Comercio – R$ 500.000,00 – Phoenix Empreendimentos – R$ 10.000,00 JMJ Veículos – R$ 5.000,00 – Rio Claro Agroindustrial – R$ 190.000,00

FATO: "Com absolvição no TSE, Dilma mantém direito de disputar eleições"

A decisão desta sexta-feira (9) do TSE (Tribunal Superior Eleitoral), de absolver a chapa Dilma-Temer da acusação de irregularidades na campanha de 2014, vai permitir que a ex-presidente Dilma Rousseff (PT) se candidate nas próximas eleições.
Isso porque uma das penas a que Dilma estaria sujeita na ação, se houvesse condenação pelo TSE, era a de inelegibilidade, com a proibição de se candidatar pelos próximos oito anos.
Blog do Primo

SOBRE-VIDA: "Temer ganha fôlego, mas crise segue, dizem aliados"

Líderes da base aliada avaliam que o resultado do julgamento da chapa Dilma Rousseff-Michel Temer no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) a favor do presidente dá um fôlego, mas não traz tranquilidade ao governo. Governistas afirmam que Temer seguirá ameaçado por eventual denúncia que o procurador-geral da República, Rodrigo Janot, deve apresentar contra ele com base na delação da JBS.
“Não acaba com a crise. Temos que monitorar se houver instabilidade para o País com fatos relevantes”, afirmou o líder do PSDB na Câmara, Ricardo Tripoli (SP). Segundo ele, além da absolvição pelo TSE, a legenda vai levar em conta os “14 milhões de desempregados” que o País tem hoje, ao decidir sobre o desembarque ou não do governo. A decisão será tomada durante reunião marcada para esta segunda-feira.
Para o líder do PR na Câmara, José Rocha (BA), a absolvição de Temer pelo TSE é positiva para o governo, mas não encerra a crise política. “A cada dia podem surgir fatos novos. Estávamos na expectativa do TSE, agora da denúncia da PGR e continua a expectativa das delações, se o (doleiro Lúcio) Funaro vai delatar, se (o ex-assessor de Temer e suplente de deputado, Rodrigo) Loures, vai relatar”, afirmou Rocha.