.

quarta-feira, 18 de julho de 2018

Conheça a história do médico Dr. Tiago Almeida

Pré-candidato a deputado estadual pelo PSDB Dr. Tiago Almeida é um dos nomes que mais cresce no meio político na atualidade. Visionário por natureza, ver nas causas sociais uma saída para promover o bem ao próximo.

Nasceu em 29 de março de 1979, na cidade de Natal, Rio grande do Norte. Mas suas raízes estão todas ligadas ao Seridó.  Aguardava com expectativa as férias chegarem, para poder passar ao lado dos seus avós. O tempo era divido entre Parelhas, com os avós paternos e Florânia residência dos avós maternos. Desde pequeno falava em ser médico, enxergava no pai um exemplo a ser seguido. Sendo o mais velho de três filhos, sentia a necessidade de ser exemplo e modelo aos demais. Formou-se em julho de 2005 em medicina pela universidade do Oeste Paulista (UNOESTE). Fez sua residência em Ortopedia em Rio Branco no Acre, pelo programa do Ministério da Educação e cultura (MEC) Programa que leva médicos para as cidades mais distantes, um convenio entre o Instituto Nacional de Traumatologia e Ortopedia (INTO) e o Mec.

Durantes os três anos de residência atendeu e cuidou das comunidades ribeirinhas, pelo projeto saúde itinerante. Comunidades essas de difícil acesso. Foi neste período que seu amor por ajudar ao próximo aumentou. Fez seu R4 subespecialidade em joelho em Recife. Concursado do Estado Pela Sesap trabalhou por algum tempo no Hospital walfredo Gurgel.  Não resta dúvidas que o Ortopedista é alguém engajado em causas nobres e preocupado com os demais. Começou seus projetos sociais com o mutirão de cirurgias ortopédicas que acontece uma vez ao mês, sempre ao sábado, agrega o Instituto Mais Saúde e o Doutor na sua casa, todos idealizado por ele.  

Ainda, não satisfeito, quis ir além, com passos destemidos ingressou na política em 2016 onde disputou as eleições para prefeito de Parelhas, sem histórico de políticos na família, o pré-candidato vem trilhando seus próprios caminhos na política do Rio Grande do Norte, sendo um dos nomes que mais cresce pelo Seridó e demais regiões do estado.


ELEIÇÕES 2018: "Grupo de Serra Negra do Norte se reúne para declarar apoio a Caramuru Paiva e Francisco do PT "

A terça-feira (17) foi dia somar novos apoios para as pré-candidaturas de Caramuru Paiva à deputado federal e Francisco do PT à deputado estadual. Os dois estiveram em Serra Negra do Norte, na região do Seridó, onde estiveram reunidos com um grupo formado por educadores, estudantes, militantes de movimentos sociais e filiados ao Partido dos Trabalhadores.
Durante a reunião, o grupo que decidiu apoiar as pré-candidaturas de Francisco e Caramuru deixou claro o motivo do apoio aos dois, reafirmando o compromisso de ambos com as causas sociais e com a boa política, que visa o interesse da população, e não, os interesses particulares. 
Para o vereador Eraldo Alves (PT), que também participou da reunião, a possível eleição de Caramuru Paiva é uma grande oportunidade para o RN. "Caramuru conhece todo o Estado como poucos. Ele sabe debater a nossa realidade junto com os desafios do Brasil. Tenho certeza de que será um excelente representante na Câmara Federal", afirmou o vereador de Serra Negra.


DESAFIO: "As duas rejeições de Carlos Eduardo, segundo Garibalde"

O senador Garibaldi Alves Filho, em entrevista ao Meio Dia RN, avaliou que o desafio do ex-prefeito Carlos Eduardo Alves na campanha deste ano é a rejeição, e sob dois aspectos.

“Há a rejeição de quem conhece demais e a rejeição de quem não conhece”, afirmou o senador, prosseguindo: “esse é o desafio a ser vencido”.

Na sequência, no entanto, afirmou que medidas para contornar o assunto tem sido tomadas.

Blog do BG




ELEIÇÕES 2018: "Tucanos divididos no RN"


O PSDB não abre da coligação com o PSD, do governador Robinson Faria, mas cinco dos oito deputados estaduais, - Tomba Faria, Raimundo Fernandes, Gustavo Fernandes, Márcia Maia e Larissa Rosado -, vão apoiar abertamente a candidatura de Carlos Eduardo Alves(PDT). 

Ficam com Robinson, Ezequiel Ferreira de Souza, Gustavo Carvalho e José Dias.

Tales Vale


BOLSONARO: "Eu tenho uma tara pela Rede Globo"

Em certos pontos, Jair Bolsonaro e Lula são extremos que se tocam. Ambos consideram-se, por exemplo, perseguidos pela mídia. No atacado, atacam a imprensa que cultiva o hábito de imprensar. No varejo, ameaçam varejar a maior emissora de TV do país. “Eu tenho uma tara pela Rede Globo”, declarou Bolsonaro nesta terça-feira, em discurso na Associação Comercial, Industrial e Agropecuária da cidade paulista de Registro.
Bolsonaro afirmou que, eleito, vai “quebrar o sigilo do BNDES.” Soou enfático: “Pode ter certeza, nós vamos entrar no BNDES. Vamos saber a dívida de todo mundo lá.” Sua curiosidade inclui os devedores estrangeiros e os nacionais —“Em especial a Rede Globo”, realçou, antes de alardear sua obsessão: “Eu tenho uma tara pela Rede Globo, sou apaixonado pela Rede Globo.”
Em timbre irônico, Bolsonaro prosseguiu: “Eu gosto das novelas deles, que arrebentam com as famílias no Brasil. Eu gosto daquela que faz um programa de manhã: Fátima Bernardes. Também sou vidrado em BBB. No meu governo não vai ter dinheiro para valorizar esse pessoal que faz esse tipo de programa. Pode continuar fazendo, não vai ter censura. Mas dinheiro público?!?”
Com a sutileza que lhe é peculiar, Bolsonaro não fez mistério sobre os planos que reserva para o alvo de sua tara. Disse que seu objetivo é “quebrar esse sistema que tá aí.” Nesse ponto, o ex-capitão soou mais extremista do que o ex-sindicalista. 
Josias de Souza