.

quarta-feira, 14 de fevereiro de 2018

PARELHAS: "Francisco Medeiros prestigia carnaval do Povoado Santo Antônio da Cobra"

Pré-candidato a deputado estadual, Francisco Medeiros prestigiou o tradicional carnaval da Cobra.
Acompanhado da esposa e amigos o ex-prefeito foi  recebido pelos foliões do maior carnaval rural do Brasil.

De acordo com Francisco o Carnaval da Cobra é parada obrigatória para quem quer curtir a festa do Momo.

"O carnaval da Cobra é diferente de tudo que você já viu. Além do calor humano encontrado aqui, a paz e a segurança fazem parte desse que é o maior carnaval rural do Brasil e eu, como todos os anos, não poderia ficar de fora dessa grande festa popular. Parabéns aos organizadores e a todos os cobreiros, que fazem a festa acontecer." Comentou Francisco


QUASE LÁ: "Dr. Tiago Almeida com um pé no AVANTE"

Uma fonte do Blog nos passou agora a pouco que a ida do médico ortopedista Dr. Tiago Almeida para o AVANTE, está dependendo apenas de pequenos detalhes.

Segundo a informação o anúncio deve sair nas próximas semanas.

Dr. Tiago tem conversas agendadas com o vice-governador Fábio Dantas na capital do estado e no interior, com várias lideranças políticas, entre elas o prefeito de Santana do Seridó Hudson Pereira que é ligado politicamente ao vice-governador.


SOLUÇÃO?: "Jair Bolsonaro sugere metralhar Rocinha para acabar com violência"

O deputado Jair Bolsonaro, do Partido Social Cristão (PSC), sugeriu metralhar a Rocinha (Rio de Janeiro) para acabar com os conflitos de violência no estado.

De acordo com a coluna de Lauro Jardim (O Globo), a sugestão foi feita diante de uma plateia de empresários e investidores.
O político disse disse que mandaria um helicóptero derramar milhares de folhetos sobre a favela, avisando que daria um prazo de seis horas para os bandidos se entregarem. Terminado esse tempo, se eles continuassem escondidos, metralharia a Rocinha. 
Ao final da exposição, ele foi aplaudido pelo público.

CARNAVAL: "Por onde passou Fátima foi chamada de governadora"

A senadora Fátima Bezerra esteve durante toda a terça-feira (13), na praia da Redinha, em Natal. Na ocasião, ela aproveitou para acompanhar o percurso de dois dos mais tradicionais blocos carnavalescos do Rio Grande do Norte.
Pela manhã foi a vez do bloco “Os Cão” encher de alegria, irreverência e resistência às ruas, vielas e avenidas da Redinha. No final da tarde Fátima entrou na folia da Banda do Siri.
Por onde passou foi chamada de "governadora" pelos foliões.

POLÍTICA: "Partidos políticos terão mais R$ 880 milhões de fundo público para campanhas"

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) autorizou os partidos políticos a usarem o Fundo Partidário para bancar as campanhas de seus candidatos nestas eleições. Para este ano, o valor aprovado pelo Congresso é de R$ 888,7 milhões, dos quais R$ 780,3 milhões oriundos de dotação da União. Com a decisão do TSE, esse valor se somará ao do fundo público eleitoral de R$ 1,7 bilhão, aprovado pelo Congresso no ano passado.
O uso do Fundo Partidário nas eleições causa divergências entre os partidos. As legendas mais estruturadas queriam barrar o uso dos recursos sob o argumento de que seria desleal a competição com siglas menores, que conseguem guardar verba ao longo do ano para despejar na eleição de seus candidatos, enquanto as siglas maiores precisam investir os valores para manter o dia a dia partidário.
O secretário-geral do PSDB, deputado Marcus Pestana (MG), criticou a decisão do TSE. “Os partidos médios e pequenos saem em vantagem. Perdem MDB, PSDB e PT, que têm uma vida partidária real”, afirmou o parlamentar.
A presidente do Podemos, deputada Renata Abreu (SP), também questionou a decisão. Ela afirma que a regra cria dificuldades para novos partidos. “Não acho justo, pois o fundo eleitoral foi criado justamente para fins eleitorais e com uma distribuição compatível com a representatividade atual de cada partido. O Fundo Partidário se baseia numa eleição anterior, com o objetivo de financiar as atividades partidárias. Neste novo cenário representativo que se desenhou na Casa, a permissão do uso do Fundo Partidário vai gerar um desequilíbrio enorme no jogo”, disse.
Roberto Flávio

RECOLHIDO: "Robinson não quis testar a popularidade neste carnaval"

Mesmo tendo passado o carnaval em Natal, segundo o Secretário de Comunicação, Pedro Ratts, o governador Robinson Faria optou pelo recolhimento.
Não prestigiou os blocos de rua em Natal, nem muito menos foi aos municípios de Caicó e Macau, como costumava fazer.
Os planos do governador era passar o reinado de Momo em terras cariocas. Ficou no RN, mas preferiu não testar sua popularidade nas ruas.
No desfile das Kengas, recebeu cobrança em público, mesmo não estando presente, quando uma das concorrentes pegou o microfone das mãos de Jurita e cobrou o pagamento em dia do funcionalismo.

Heitor Gregório



UTILIDADE PÚBLICA: "Horário de verão termina neste domingo(18)"

O horário de verão, em vigor desde outubro do ano passado, acaba na primeira hora deste domingo (18). À meia-noite entre sábado e domingo, os moradores de 10 estados e do Distrito Federal devem atrasar o relógio em uma hora.
O ajuste vale para as regiões Sudeste, Sul e Centro-Oeste (São Paulo, Rio de Janeiro, Minas Gerais, Espírito Santo, Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Paraná, Goiás, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul e Distrito Federal).
Com isso, o horário no leste do Amazonas e nos estados de Roraima e Rondônia fica 1 hora “atrasado” em relação a Brasília, enquanto oeste do Amazonas e Acre ficam 2 horas atrás.